Minha conta
    Lázaro Ramos no Amazon Prime Video: Um brinde ao futuro de um dos artistas mais completos do Brasil
    18 de out. de 2021 às 01:00
    Nathalia Jesus
    Nathalia Jesus
    -Redatora
    Apaixonada por filmes e séries (principalmente sul-coreanos), a redatora é uma contadora de histórias no mundo do entretenimento. No AdoroCinema, ela acompanha os principais lançamentos, premiações, festivais e solta o verbo em discussões relacionadas à diversidade e inclusão na sétima arte.

    Após 17 anos de trabalho na Rede Globo, o ator está prestes a deixar sua marca no streaming, começando pelo novo filme Um Ano Inesquecível — Outono.

    Em setembro, o Brasil foi surpreendido pela notícia de que Lázaro Ramos deixaria o casting de talentos da Rede Globo após 17 anos. Depois de termos nos arrepiado com cada monólogo seu em Ó Pai, Ó (filme posteriormente transformado em uma das séries mais memoráveis da emissora, chegando a ser indicada ao Emmy Internacional em 2009) e chorarmos de tanto rir com as trapalhadas de Foguinho em Cobras & Lagartos, este longo e glorioso ciclo foi concluído.

    E, ainda que términos e despedidas sejam momentos tristes, não há o que se lamentar: Lazinho — como gosta de ser chamado — está a um clique de distância, chegando ao catálogo do Amazon Prime Video e prontíssimo para ocupar as telas brasileiras com seu carisma e talento. E estamos cada vez mais próximos desta realidade pois, nesta quarta-feira (13), o serviço global de streaming anunciou o mais novo trabalho de Lázaro Ramos como diretor do filme adolescente Um Ano Inesquecível — Outono.

    Os melhores filmes nacionais no Amazon Prime Video

    Baseado no livro homônimo co-escrito por Thalita Rebouças, Paula PimentaBruna Vieira e Babi Dewet, o longa-metragem faz parte de uma nova franquia de quatro filmes — abordando histórias sobre juventude, encontros, amores e descobertas em cada uma das estações do ano. Na publicação original, Babi Dewet é a responsável por contar a história de Anna Júlia e João Paulo no outono.

    Protagonizado por Gabz e Lucas Leto, o filme acompanha a história de um casal que, a primeira vista, parece incompátivel. Anna Júlia odeia música e sua maior preocupação no momento é ter estabilidade para ajudar o pai. Em paralelo, ela se apaixona por João Paulo, que é totalmente o oposto: amante de música, exibe seus trabalhos na imprevisibilidade que as ruas lhe proporcionam e sonha em viver da arte.

    Legado de Lázaro Ramos atravessou algumas gerações de famílias brasileiras

    Ator, diretor, roteirista, escritor, apresentador, produtor… Lázaro Ramos já esteve em todas estas posições e, sem dúvidas, você já presenciou tais aparições nas telas da televisão ou dos cinemas. O artista nascido em Salvador, na Bahia, se dedica às artes desde jovem, onde iniciou sua carreira efetivamente no Bando de Teatro Olodum, companhia composta apenas por atores negros na época.

    Ainda no teatro, Lázaro Ramos participou de diversas peças, entre elas Ó Paí Ó, em 1993, que depois de 14 anos viraria filme e série da Rede Globo. Em 1994, recebeu destaque em sua apresentação de A Máquina, que o tornou um rosto ainda mais conhecido entre Rio de Janeiro e São Paulo — abrindo portas para outras aparições em atrações como Mamãe Não Pode Saber e Sabor da Paixão.

    Em 2002, o ator conquistou o público geral ao protagonizar o filme Madame Satã e sua trajetória nos cinemas se expandiu cada vez mais após estrelar longa-metragens como O Homem Que Copiava, Meu Tio Matou Um CaraCorrendo Atrás e O Beijo No Asfalto, remake do filme anteriormente estrelado por Tarcísio Meira, que nos deixou este ano. Além de atuar, também esteve por trás das câmeras em produções como Amor e Sorte, Medida Provisória, Espelho e o emocionante especial Falas Negras, exibido em 2020 na Rede Globo.

    8 atores da Globo que trocaram a emissora pelos streamings

    Na televisão, Lázaro Ramos já interpretou personagens reconhecidos por um público que vai de crianças a idosos, tendo marcado a história do entretenimento ao atual em Cobras & Lagartos, Lado a Lado, Mister BrauDuas Caras e Insensato Coração. Como apresentador, brilhou nos domingos com o programa Lazinho Com Você, além de ser o rosto de Trip Transformadores.

    Vale mencionar também que o premiado ator também publicou o livro “Na Minha Pele”, onde desnuda suas experiências de vida e também debate temas como gênero, racismo no Brasil, afetividade, família e discriminação. Reiterando cada vez mais sua posição como um dos grandes pensadores da luta racial brasileira, Lázaro Ramos é uma figura de extrema importância para a história da televisão e para toda a população negra que assiste, se inspira e sonha com mais pluralidade cultural e social na mídia mainstream.

    Apesar de ter feito história por sua longa passagem pela Rede Globo, Lázaro Ramos merece mais — sempre mereceu. Brindamos o futuro brilhante do ator em sua nova trajetória no Amazon Prime Video, jamais apagando todos os seus feitos anteriores, mas desejando que o palco para sua arte seja cada vez maior, mais visível e expansivo, sem limitações de horários e datas pouco acessíveis. Um brinde a Lázaro Ramos, à sua mente inigualável, à força, respeito e representatividade que seu nome carrega e aos próximos trabalhos que, sem dúvida, serão de extrema importância para a cultura brasileira.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top