Minha conta
    Somos Todos Iguais, na Netflix: Ator revela que chorou ao receber convite para o filme e descobrir história real
    Por Aline Pereira — 10 de ago. de 2021 às 16:15

    Filme emocionante da Netflix é baseado em fatos reais e tem no elenco o indicado ao Oscar Djimon Hounsou. O ator revelou que não conteve as lágrimas ao conhecer a história.

    Quem é fã de filmes com histórias emocionantes e inspiradoras precisa conhecer Somos Todos Iguais, lançado originalmente em 2017, mas que chegou ao catálogo da Netflix em agosto, já conquistando seu posto entre os títulos mais assistidos do streaming. O longa tem como um dos protagonistas o ator duas vezes indicado ao Oscar Djimon Hounsou, que revelou não ter segurado a emoção ao descobrir a história real que inspirou o longa.

    Quem é o ator que interpreta Denver em Somos Todos Iguais?

    Pinnacle Peak Pictures

    Djimon Hounsou tem uma longa carreira no cinema, que inclui duas indicações ao Oscar de Melhor Coadjuvante: em 2004, por Terra dos Sonhos, e em 2007, por Diamante de Sangue. Além disso, faz parte do Universo Cinematográfico Marvel como Korath, que apareceu em Guardiões da GaláxiaCapitã Marvel e em outras superproduções, como As Panteras (2019), no papel de Bosley, e Velozes & Furiosos 7, como Jakande.

    Mas o papel de Denver Moore, em Somos Todos Iguais, foi um dos trabalhos que mais marcou o ator, como ele contou em entrevista ao NBC News. “A história me tocou, o personagem era muito forte e poderoso. Ele sentia uma raiva profunda pela sociedade e foi muito intimidador me envolver com ele. Enquanto Ron [Hall, um dos autores] me contava a história, percebi que esse cara realmente existia, ele estava me pedindo para interpretar uma pessoa real. Fiquei com os olhos marejados o tempo todo. Não podia dizer não para uma história que me comoveu tão profundamente”, disse.

    Somos Todos Iguais é uma história real?

    Pinnacle Peak Pictures

    O filme conta a história da amizade entre o milionário negociante de arte Ron Hall (Greg Kinnear) e Denver Moore (Djimou Hounsou), um homem em situação de rua. A trama começa quando a esposa de Ron, Deborah (Renee Zellweger), que está lutando contra um câncer grave, insiste para que o marido se aproxime de Denver. Na tentativa de salvar o casamento em crise, Ron aceita o pedido da esposa, o que o leva a uma jornada emocionante que transforma a vida dos dois homens. 

    O longa é um drama inspirado em fatos reais e conta a história de Ron e Denver, narrada pelos dois no livro de mesmo nome, publicado originalmente em 2008. A obra começa com Denver contando sua história de vida: nascido em 1937, ele passou toda a juventude trabalhando em uma plantação em um regime análogo à escravidão até que conseguiu fugir de trem e passou a viver nas ruas da região de Dallas e Fort Worth, no estado norte-americano do Texas. 

    Pinnacle Peak Pictures
    5 filmes inspiradores na Netflix que irão mudar sua vida

    Do outro lado, conhecemos a história de Ron, que enriqueceu com a compra e venda de obras de arte caríssimas, e é retratado como um homem fútil e alienado. Sua esposa, Debbie, costumava ajudar pessoas carentes até descobrir um câncer grave. A mulher passa por uma espécie de “chamado espiritual” quando Denver cruza o caminho dos dois e o casal acaba oferecendo ajuda e o trazendo para dentro de suas casas. À medida que a doença de Debbie se agrava, a cumplicidade entre Ron e Denver também se agrava.

    Somos Todos Iguais
    Somos Todos Iguais
    Data de lançamento fevereiro 2018 | 1h 59min
    Criador(es): Michael Carney
    Com Greg Kinnear, Renée Zellweger, Djimon Hounsou
    Usuários
    4,2
    Assistir em streaming
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top