Minha conta
    O Rei Leão: Como a famosa cena da morte de Mufasa quase foi diferente
    Por Katiúscia Vianna — 22 de mai. de 2021 às 18:00

    A traição de Scar, que destrói a vida de Simba, prometia ser mais inspirada em Hamlet.

    No mundo do cinema, existem alguns spoilers que já são de conhecimento geral da nação... Bruce Willis estava morto em O Sexto Sentido. Darth Vader é pai do Luke em Star Wars. E, é claro, Mufasa morre em O Rei Leão. Esse trágico momento marcou (e traumatizou) gerações por todo o mundo, enquanto a animação se tornou um dos filmes mais icônicos da história da Disney. Porém, um aspecto especial dessa cena quase foi bem diferente...

    A morte de Mufasa em O Rei Leão

    Todo mundo já conhece bem essa cena, não é mesmo? Em um plano para conquistar o reino da natureza, Scar orquestra a morte de Mufasa, que fica se segurando em um desfiladeiro para não cair. Porém, o vilão solta as garras do irmão, jogando-o para ser pisoteado por uma manada que passava por ali. Ainda por cima, ele coloca a culpa no pequeno Simba, que foge desesperado e abalado com a perda do pai, se afastando da família. Sem falar que existe a teoria que Scar comeu o corpo de Mufasa, só que isso já é outra história...

    O Rei Leão 2: Disney desenvolve prelúdio com diretor de Moonlight

    Mas você lembra o que Scar diz ao trair seu próprio irmão? O vilão declara "Long Live the King" (ou "Vida Longa ao Rei" na versão dublada), antes de jogá-lo para seu trágico fim, mostrando toda sua ambição e crueldade. Logo, tal fala se tornou um dos momentos mais icônicos da Disney. Mas isso quase foi completamente diferente.

    Como O Rei Leão podia ter sido diferente?

    Na primeira versão de O Rei Leão, Scar não dizia "Long Live the King". Ao invés disso, ele soltava a frase "Good Night Sweet Prince" (ou "Boa Noite Amado Princípe" na versão nacional). Para quem não conhece, essa é uma das falas icônicas da peça Hamlet, de William Shakespeare. (Sim, existem outras falas icônicas, além de "Ser ou Não Ser, Eis a Questão"!). Tal frase acontece no final da elogiada obra, quando o protagonista está morrendo nos braços de seu grande amigo, Horácio — que diz a poética fala.

    15 animações que te fizeram chorar

    Mas por que essa mudança aconteceu? Assim como muitos outros filmes de Hollywood, o roteiro de O Rei Leão passou por diversas versões, tentando encontrar o formato ideal para conquistar o público. Nesse processo, a Disney chamou o produtor Don Hahn para assumir o projeto. Por sua vez, o moço não aprovou os primeiros resultados e pediu diversas revisões no script.

    Parte delas significava diminuir as referências diretas à Hamlet, trazendo mais originalidade ao filme. Bem, O Rei Leão foi um sucesso mundial (inclusive em sua recente versão), mas muitos acusam o longa de ser "muito influenciado" por Kimba, O Leão Branco, um anime muito aclamado no Japão, criado por Osamu Tezuka. De qualquer forma, a cena da morte de Mufasa segue como um dos momentos mais marcantes do cinema. 

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top