Minha conta
    Opinião: Precisamos falar sobre SPOILERS!
    Por Lucas Salgado — 21 de nov. de 2015 às 08:39

    Vamos tratar de um dos grandes males do nosso tempo...

    SPOILER! É possível evitar? Estão perdendo a noção? Há prescrição? Qual a punição para quem comete? Hoje, no Globo Repórter AdoroCinema!!!

    Há algumas semanas, aqui na redação, decidimos criar um "potinho do spoiler". Num local de trabalho que passa o dia falando de filmes e séries, volta e meia uma pessoa acabava soltando uma informação a mais. Com o potinho, quem revelar detalhes demais acaba compelido a "fazer uma doação" em dinheiro. Acredite, a situação melhorou bastante por aqui.

    Mas... Infelizmente, não é possível fazer da internet um "grande potinho do spoiler" (ou seria potão?). Todos nós continuamos sofrendo online pelo simples motivo que o pessoal simplesmente perdeu o parâmetro com relação a spoilers. É natural um personagem morrer em um episódio de série e tudo sobre a morte estar nas redes sociais instantes depois? O pior é que muitas vezes o spoiler é oficial, com redes dos próprios canais fazendo posts in memoriam. Isso aconteceu recentemente com The Good Wife e Grey's Anatomy. Você pode nunca ter visto um episódio da série médica, mas se acompanha o mundo da TV, muito provavelmente sabe que um importante personagem faleceu na temporada passada.

    E quando não ficamos sabendo por fontes oficiais, muito provavelmente vamos descobrir por causa de pessoas próximas que não conseguem se conter. Neste sentido, temos aquela pessoa que quer alguém com quem conversar sobre algo chocante que acabou de ver e acaba jogando a informação no mundo para compartilhar. E pior, temos ainda aquela que simplesmente sente prazer em estragar a felicidade alheia. E as redes sociais estão cheias destas. Olha o nosso Facebook, por exemplo. Podemos fazer um post sem revelar spoiler de uma produção, mas a parte dos comentários está sempre repleta de pessoas dispostas a falar: "quem morreu foi XYZ! kkkkk".

    Séries como Game of Thrones e The Walking Dead são exibidas no final da noite de domingo. Faz sentido que o espectador não consiga passar a segunda sem saber o que aconteceu? E olha que estamos falando de séries exibidas simultaneamente por aqui, o que já ajuda muito. As duas séries, por sinal, são as que mais sofrem com spoilers na atualidade. Se não for conseguir ver no horário da primeira exibição, torça pra ninguém morrer. Caso contrário, a internet vai acabar te contando.

    Internet, por sinal, que é grande responsável pela propagação e potencialidade dos spoilers. Mas é importante destacar que o termo já existe há muito tempo. Em 1971, a revista de humor National Lampoon publicou um texto chamado "Spoilers", de Doug Kenney, em que ele contava os finais de vários filmes de Alfred Hitchcock. "Psicose: Os múltiplos assassinatos do filme são cometidos por Anthony Perkins disfarçado de sua mãe, falecida há muito tempo", revelou.

    No final dos anos 70, o termo passou a ser usado por fãs de ficções científicas. E foi ganhando cada vez mais aceitação. Mas só veio a ser popularizado mesmo agora nos anos 2000, com a força das redes sociais.

    Hoje, estamos diante de uma epidemia. Que conta com dois principais tipos de "doentes" (com todo respeito). Além daquele que ama soltar spoilers, temos aqueles que acham que tudo é spoiler. É importante deixar claro que contar fatos históricos não é spoiler. Sim, Maria Antonieta é decapitada em Maria Antonieta, Hitler morre em A Queda - As ÚLTIMAS Horas de Hitler e o Titanic afunda em Titanic. Outra coisa, dizer que um filme é bom, que a fotografia é bonita e os atores se destacam também não é spoiler. The Big Bang Theory brincou bem com este tipo de gente que acha tudo spoiler, não é mesmo Sheldon?

     

    Stuart - Ei Sheldon, separei o novo Hellboy pra você, é incrível.
    Sheldon - Com licença!!! Alerta de spoiler!!!

    Outra coisa importante a se tratar sobre o assunto é que spoiler tem prescrição! É claro que se você sabe que uma pessoa não viu filme ou série e conta pra ela, é sacanagem. Mas, numa mesa de bar, você pode falar que o Darth Vader é pai do Luke, que o Mufasa morre, que o Bruce Willis tá morto o tempo todo, que o Brad Pitt e o Edward Norton são a mesma pessoa, que o menininho morre picado por abelhas... Acho que podemos fechar com uns 10 anos como tempo básico de prescrição, não? Se não viu um filme depois de 10 anos de seu lançamento, aí a culpa também é um pouco sua.

    Para série, temos que aceitar que a prescrição é ainda mais curta. Não tem jeito. Com o tanto de gente que morre em Game of Thrones, não dá pra aguentar indivíduo reclamando de informação sobre a morte do Ned Stark ou sobre o Casamento Vermelho. Neste sentido, a Netflix preparou um simpático vídeo na ocasião da terceira temporada de House of Cards. Toda a campanha da série foi em cima da presidência de Frank Underwood. Quem não tinha visto até o final do segundo ano, acabou recebendo revelação importante da própria Netflix.

    "Acho importante diferenciar o 'spoiler babaca' do 'spoiler inevitável'. O primeiro é quando alguém estraga por puro prazer no ato. O que significa que essa pessoa deve ter amigos muito compreensíveis ou não ter amigos nenhum. O segundo tipo é quando você está tão atrasado numa série e qualquer informação parece um spoiler. Mas é apenas um conhecimento básico pra quem quer falar sobre o assunto. Não é à toa que chamamos de mídias sociais... É claro que a gente quer falar do assunto! Olha só... Walter White tem câncer. O Titanic afunda. E sim, Frank Underwood agora é o presidente dos Estados Unidos. Você teve mais de um ano para saber disso. Mas não se preocupe, essa não é a melhor parte. A melhor parte é como ele chegou lá. Então ninguém estragou nada. Sério.", destacou ótimo comunicado estrelado por Michael Kelly, o Doug de HOC.

     

    No WhatsApp, no Facebook, no Twitter, nos sites de notícia, nas sessões de comentários, nos blogs... Os spoilers estão por todos os lados, com ou sem maldade, oficial ou não oficial. Cabe a cada um tentar melhorar isso. Tem até gente que gosta de receber spoilers, mas sobre esse tipo de pessoa... Não há o que comentar.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top