Meu AdoroCinema
    A Mulher na Janela: Entenda o final cheio de reviravoltas no suspense da Netflix
    Por Bruno Botelho dos Santos — 14 de mai. de 2021 às 22:00

    A Mulher na Janela, protagonizado por Amy Adam, é um suspense psicológico com diversos plot twists na Netflix.

    A Mulher na Janela, estrelado por Amy Adams e dirigido por Joe Wright, é um dos lançamentos da Netflix em filmes para maio de 2021. O suspense psicológico não agradou muito a crítica especializada e conta com muitas reviravoltas que vão bagunçar a mente do público, provavelmente por causa das refilmagens que a produção passou.

    Adaptação cinematográfica da obra de A.J. Finn, o filme segue Anna Fox (Amy Adams), que é uma alcoólatra reclusa e passa os dias em seu apartamento em Nova York, assistindo a filmes antigos e observando seus vizinhos. Quando a família Russell se muda para o prédio da frente, ela passa a espionar o que seria a família perfeita, até testemunhar uma cena chocante que muda sua vida.

    A Mulher na Janela conta com pelo menos três plot twists surpreendentes. O AdoroCinema vai explicar todas as reviravoltas para que tudo fique bem claro – COM SPOILERS!

    Entenda o final cheio de reviravoltas em A Mulher na Janela

    Anna Fox é uma terapeuta que sofre de agorafobia – um tipo de transtorno de ansiedade que explicamos aqui no AdoroCinema – e não consegue sair de seu apartamento em Nova York. Ela passa o tempo bebendo vinho, assistindo filmes antigos, conversando com seu ex-marido Ed (Anthony Mackie) e sua filha Olivia no telefone e observando seus vizinhos do outro lado da rua, incluindo os recém-mudados da família Russell.  

    Ela conhece o filho de 15 anos dos Russell, Ethan (Fred Hechinger) e mais tarde sua mãe Jane (Julianne Moore), quando ela ajuda Anna depois de um desmaio fora de casa e passa um tempo com ela conversando e tomando vinho. Um tempo depois, ela testemunha de sua janela Jane sendo esfaqueada até a morte. Ela liga para a polícia e quando eles chegam, acham que Anna se enganou, afinal, Alistair Russell (Gary Oldman) diz que ela nunca conheceu sua esposa e quando Jane aparece, não é a mesma pessoa que ela havia conhecido – agora interpretada por Jennifer Jason Leigh.

    Ela está alucinando realmente? Caso contrário, quem era a mulher que ela conheceu e viu sendo assassinada?

    6 filmes marcantes de terror psicológico

    Anna Fox estava alucinando em A Mulher na Janela?

    Quando todos se reúnem em sua casa e ela começa a acusar Alistair de assassinato e David (Wyatt Russel) de ser foragido da justiça, ela menciona sua família e a policial diz que eles estão mortos. Assim, é revelado que a causa da agorafobia de Anna foi a morte de seu ex-marido e sua filha em um acidente de carro depois de uma discussão entre ela e Ed. Ou seja, todas as conversas telefônicas que ela teve com eles no início do filme eram imaginação e, por isso, a polícia acha que ela imaginou o assassinato.

    Ela aceita a verdade e, quando fica sozinha em casa, grava um vídeo de último testamento e prepara alguns comprimidos para tirar sua própria vida. Ela apenas espera a chegada de David, que vai tirar o resto de suas coisas para se mudar. Enquanto isso, ela procura fotos antigas em seu telefone e dá de cara com uma que tirou de seu gato: ali está o rosto original de Jane, refletido em uma taça de vinho.

    Anna mostra a foto para David e ele diz que teve um caso com a mulher e seu nome verdadeiro é Katherine – o que prova que ela não estava alucinando quando viu a mulher sendo assassinada no apartamento vizinho.

    Quem era a mulher que Anna viu sendo assassinada?

    Segundo David, Katherine revelou que era a verdadeira mãe de Ethan, uma ex-viciada em drogas que rastreou a família Russell para que ela pudesse vê-lo. David não que ir à polícia com Anna e começa a sair, quando é golpeado na cabeça por Ethan, que estava escondido. É revelado que Ethan é um assassino em série adolescente, que tem se escondido na casa de Anna.

    Ele diz que matou Katherine depois de descobrir que ela dormiu com David, além de ter matado a secretária de seu pai, Pam – crime que Anna descobriu anteriormente e acusou Alistair de ter cometido, por isso eles se mudaram de Boston para Nova York. Ethan quer matar Anna e, por isso, ela finge que vai engolir seus comprimidos, mas o acerta com sua garrafa de vinho e foge. Mesmo caído, David tenta agarrar o assassino, mas acaba sendo esfaqueado.

    Anna e Ethan lutam no telhado em plena chuva, com ele acertando um garfo de jardinagem no rosto dela e tentando afogá-la nas poças de chuva. Como foi mostrado anteriormente, o telhado de vidro precisava de conserto e Anna aproveita para empurrar Ethan nele, quebrando tudo e caindo para a morte.

    Lançamentos da Netflix em 2021 que vão enlouquecer o público

    Anna acorda no hospital e o detetive Little (Brian Tyree Henry) gentilmente devolve seu telefone para ela deletar o vídeo que fez de testamento. Ele também diz que o corpo de Katherine foi encontrado, mas Alistair não ajuda na investigação – ele deve ter encoberto o filho, ajudando a esconder o corpo –, enquanto Jane está cooperando com a polícia.

    Nove meses se passam e a casa dos Russell está sendo leiloada, enquando Anna aparece se mudando. Ela olha no quarto vazio de sua filha e sai de casa, entrando em um táxi para ir embora – mostrando que ela está conseguindo lidar melhor com a agorafobia. O que achou dessa final?

    A Mulher na Janela está disponível no catálogo da Netflix.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top