Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Homem-Aranha: Os filmes que jamais iremos assistir
    Por João Vitor Figueira — 09/07/2017 às 11:20
    facebook Tweet

    James Cameron quase dirigiu filme sobre o herói. Leonardo DiCaprio esteve cotado para interpretar Peter Parker. Homem-Aranha 4, com Sam Raimi, poderia ter sido muito bom.

    A segunda trilogia de Sam Raimi

    Tobey Maguire como um Peter Parker emo em Homem-Aranha 3.

    Homem-Aranha (2002) e Homem-Aranha 2 (2004) não foram apenas dois dos melhores feitos sobre o herói aracnídeo, mas são também dois dos melhores filmes de super-heróis de todos os tempos. Ao lado de X-Men - O Filme (2000), essas produções ajudaram a consolidar a chamada "renascença" dos superhero movies, movimento que pavimentou o terreno para o sucesso do Universo Cinematográfico Marvel e para a criação do Universo Estendido da DC.

    Entrentanto, a saga estrelada por Tobey Maguire teve em Homem-Aranha 3 (2007) seu ponto mais baixo. Some o visual emo de Peter Parker e sua personalidade irritante, o número musical brega, o mau desenvolvimento de três dos principais vilões do Cabeça de Teia — como um filme consegue desperdiçar um vilão como o Venom? — e um roteiro pouco inspirado e o resultado foi o filme que recebeu as piores avaliações da crítica especializada entre a trilogia de Raimi.

    "As pessoas me odiaram por isso", comentou o diretor em 2015. "As pessoas ainda me odeiam. [Homem-Aranha 3] É um filme que simplesmente não funcionou muito bem. Eu tentei fazer com que desse certo, mas eu não acreditava em todos os personagens, então isso não poderia passar despercebido pelas pessoas que amam Homem-Aranha."

    Só que nem só de críticos profissionais são feitas as plateias de cinema e o longa-metragem obteve a maior arrecadação nas bilheterias de toda a franquia (incluindo O Espetacular Homem-Aranha 1 e 2) até então, o que deixava Raimi em bons lençóis, com a confiança da Sony Pictures para seguir à frente da franquia.

    Em 2008, começou o desenvolvimento de Homem-Aranha 4, que contaria com o retorno de Maguire e Kirsten Dunst (Mary Jane Watson). Assim como em De Volta ao Lar, o vilão principal do quarto filme de Raimi seria o Abutre e John Malkovich negociava para o papel. O diretor gostaria que o Abture, e não o Venom, fosse o vilão de Homem-Aranha 3, o que explica parte de sua frustração com o filme.

    Antes de interpretar a Mulher-Gato de Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge, a atriz Anne Hathaway esteve perto de viver Felicia Hardy, alter-ego da Gata Negra em Homem-Aranha 4. A cena de abertura do filme mostraria um combate do herói contra diversos vilões, como o Mystério, Shocker, Gatuno e Rhino.

    Em 2010, após conflitos entre os interesses comerciais da Sony e os interesses artísticos de Raimi, o filme foi cancelado. O diretor disse que não seria capaz de entregar o filme pronto a tempo do longa ser lançado no dia 6 de maio de 2011, data marcada pelo estúdio. A intenção de Raimi era trabalhar mais tempo no projeto, pois sentia que precisava compensar a pouca qualidade de Homem-Aranha 3. O cineasta chegou a encomendar quartro versões diferentes do roteiro feitas por escritores distintos, mas ainda não estava satisfeito a ponto de começar a rodar filme. Antes do projeto ser limado, a Sony chegou a planejar que o filme seria o início de uma nova trilogia, que contaria ainda com Homem-Aranha 5 e Homem-Aranha 6.

    O (nem tão) espetacular terceiro filme da franquia O Espetacular Homem-Aranha

    Emma Stone e Andrew Garfield como Gwen Stacy e Peter Parker.

    Após dispensar Raimi, a Sony contratou Marc Webb para comandar um reboot da franquia. Após a estreia de O Espetacular Homem-Aranha (2012), o estúdio se sentiu confiante em anunciar que a nova saga ganharia, no mínimo, quatro filmes. Entretanto, bastou O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro (2014) chegar aos cinemas com números frustrantes nas bilheterias e avaliações negativas da imprensa para a coisa começar a desandar.

    Primeiro Andrew Garfield não deu certeza se faria um quarto filme. Em seguida, Webb afirmou que iria dirigir O Espetacular Homem-Aranha 3, mas que não seria o cineasta responsável pela sequência. Depois disso, o produtor Roberto Orci deixou o projeto e a Sony adiou a data de estreia do filme para 2018. 

    Em novembro de 2014, uma série de e-mails confidenciais da Sony Pictures foi divulgada na internet após o estúdio ser hackeado por um grupo autodenominado Guardiões da Paz, em represália ao conteúdo da comédia A Entrevista. Entre as informações reveladas, estavam as conversas entre Sony e Marvel que culminaram na entrada do Homem-Aranha no Universo Cinematográfico Marvel e no novo reboot da franquia. Quando nova franquia foi confirmada, em fevereiro de 2015, todas as sequências de O Espetacular Homem-Aranha foram canceladas.

    Com Garfield como Peter Parker, os filmes nunca lançados de sua franquia poderiam ter contado com Shailene Woodley como Mary Jane Watson e com o retorno à vida da Gwen Stacy interpretada por Emma Stone.

    "Em última análise, história e personagem não estavam no topo da lista de prioridades e achei isso bastante complicado", disse Garfield em novembro do ano passado em tom crítico à franquia na qual foi estrela. "Assinei contrato para participar de uma trama interpretando esse incrível personagem cujo uniforme uso desde que tinha três anos de idade. De repente tudo é comprometido e meu coração é partido. Fiquei um pouco desolado." O ator também já alegou que o roteiro de O Espetacular Homem-Aranha 2 foi prejudicado por cortes do estúdio "durante a pré-produção, produção e pós-produção".

    Atirando pra todo lado

    Antes de assumir que não estava disposta a seguir com a saga O Espetacular Homem-Aranha, a Sony anunciou uma série de projetos que apontavam para intenção de criar um universo compartilhado próprio, nos moldes do Universo Marvel Cinematográfico. O estúdio chegou a anunciar que realizaria Sexteto Sinistro, espécie de Esquadrão Suicida formado pelos inimigos do Homem-Aranha, com roteiro e direção de Drew Goddard. Além disso, foi anunciado o filme solo do Venom (posteriormente intitulado Venom Carnage), que teria a direção de Alex Kurtzman. Também foi noticiado que a Sony preparava um filme focado com heroínas mulheres que cercam o mundo de Peter Parker, incluindo a Garota Aranha, Sabre de Prata, Gata Negra, Firestar e Mulher-Aranha.

    Em 2014, um rumor inusitado foi levantado pelo site Latino Review. A Sony supostamente estaria desenvolvendo um filme derivado da franquia Homem-Aranha para contar a história da juventude da tia May que teria similaridades com a série Agent Carter. O filme seria levemente baseado na HQ "Trouble", de 2003. O rumor nunca deixou de ser boato e Sony jamais confirmou a história.

    Após o acordo de Marvel e Sony, o filme do Sexteto Sinistro foi cancelado. O projeto de Venom foi reformulado e o filme conta agora com Ruben Fleischer na direção e Tom Hardy no papel principal. O filme das múltiplas heroínas foi descartado e a Sony pretende seguir com um projeto chamado Silver and Cable, focado apenas na Sabre de Prata e na Gata Negra.

    A conexão de Venom e Silver and Cable com o universo criado pelo Homem-Aranha de Tom Holland já é alvo de disputa. Afinal, os filmes vão integrar o Universo Cinematográfico Marvel? Holland fará alguma aparição? Kevin Feige e Amy Pascal chegaram a "bater cabeça", mas após dar a entender que a resposta para essas perguntas era um animador sim, Pascal afirmou que os projetos "são franquias independentes, separadas".

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Siga o AdoroCinema
    Matérias especiais recomendadas
    Os 20 Melhores Filmes dos últimos 20 Anos, escolhidos pelo AdoroCinema
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    quarta-feira, 1 de abril de 2020
    Os 20 Melhores Filmes dos últimos 20 Anos, escolhidos pelo AdoroCinema
    Guia do Festival de Berlim 2020
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020
    Guia do Festival de Berlim 2020
    Guia da Temporada de Premiações 2020
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    quarta-feira, 1 de janeiro de 2020
    Guia da Temporada de Premiações 2020
    Retrospectiva 2019: Os 20 melhores filmes do ano segundo a redação do AdoroCinema
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    sexta-feira, 27 de dezembro de 2019
    Retrospectiva 2019: Os 20 melhores filmes do ano segundo a redação do AdoroCinema
    Todas as Matérias especiais de cinema
    Trailers
    Sergio Trailer Legendado
    Milagre na Cela 7 Trailer Legendado em Inglês
    Resgate Trailer Legendado
    Soul Trailer Dublado
    O Poço Trailer Original
    Mulan Trailer Legendado
    Todos os últimos trailers
    Back to Top