Minha conta
    Antologia de A Maldição da Residência Hill pode ganhar 3ª temporada na Netflix, com uma condição
    14 de set de 2021 às 16:38
    Bruno Botelho dos Santos
    Bruno Botelho dos Santos
    -Redator | crítico
    Bruno é redator e crítico do AdoroCinema, que divide seu tempo na cultura pop entre tomar susto com os mais diversos filmes de terror, assistir os clássicos do cinema ou os grandes blockbusters e enaltecer o trabalho de David Lynch e Stanley Kubrick.

    Os sucessos A Maldição da Residência Hill e A Maldição da Mansão Bly fazem parte de uma antologia de terror da Netflix.

    A antologia de terror A Maldição, composta pelas temporadas de A Maldição da Residência Hill e A Maldição da Mansão Bly, foi um verdadeiro sucesso no catálogo da Netflix e muitos fãs se perguntam se veremos uma 3ª temporada da produção. O criador da franquia, Mike Flanagan, vai lançar em breve a minissérie de terror Missa da Meia-Noite na Netflix, mas revelou que, embora não tenha planos para uma nova temporada de A Maldição, poderia retornar para o projeto no futuro com as condições adequedas.

    A Maldição da Residência Hill
    A Maldição da Residência Hill
    Data de lançamento 12 de outubro de 2018 | 60min
    Séries : A Maldição da Residência Hill
    Com Michiel Huisman, Carla Gugino, Elizabeth Reaser, Oliver Jackson-Cohen, Kate Siegel
    Usuários
    4,6
    Streaming

    Em entrevista para o Entertainment Weekly, Mike Flanagen repetiu o que havia dito em 2020: que não tem planos atualmente para uma 3ª temporada da antologia de A Maldição. Apesar disso, o criador acrescentou que isso poderia acontecer eventualmente se ele e seu parceiro produtor Trevor Macy encontrassem a obra literária perfeita para fazer uma nova adaptação para a Netflix. 

    "Uma das coisas que define a antologia A Maldição para mim é que ambos até agora tratam de atualizar e remexer na literatura clássica existente", disse Flanagan. "A Missa da Meia-Noite sempre foi tão original, importante e pessoal que nunca parecia que faria parte daquele universo." Escolher um livro não é tão simples como pode parecer, pois uma terceira temporada teria que reforçar a ideia implementada na antologia de que fantasmas são a materialização de traumas e arrependimentos humanos.

    "Se as estrelas se alinham de tal forma que decidimos voltar para o mundo A Maldição, isso teria que ser muito naquele caminho que estabelecemos", contou Mike Flanagan. "Teria que ser com o pedaço certo de propriedade intelectual, teria que ser com a história certa centrada em fantasmas, e teria que realmente se encaixar com Bly e Residência Hill." 

    A Maldição da Mansão Bly: Quais as diferenças para A Maldição da Residência Hill? (Sem spoilers)
    Quais histórias foram adaptadas na antologia A Maldição da Netflix?

    A Maldição da Residência Hill adaptou o livro A Assombração da Casa da Colina, de Shirley Jackson. Na história da primeira temporada, Shirley (Elizabeth Reaser/Lulu Wilson), Theo (Kate Siegel/Mckenna Grace), Nell (Victoria Pedretti/Violet McGraw), Luke (Oliver Jackson-Cohen/Julian Hilliard) e Steven (Michiel Huisman/Paxton Singleton) são cinco irmãos que cresceram na mansão Hill, a casa mal-assombrada mais famosa dos Estados Unidos. Agora adultos, eles retornam ao antigo lar e são forçados a confrontar os fantasmas do passado, após o suicídio da irmã mais nova.

    A Maldição da Mansão Bly adaptou A Outra Volta do Parafuso, de Henry James. Na história da segunda temporada, que se passa na Inglaterra de 1987, a jovem Dani Clayton (Victoria Pedretti) é contratada por Henry Wingrave (Henry Thomas) para trabalhar numa enorme e antiga mansão, cuidando de seus dois sobrinhos órfãos. Mas tudo se complica quando os irmãos Flora (Amelie Bea Smith) e Miles (Benjamin Evan Ainsworth) começam a apresentar um comportamento estranho.

    Missa da Meia-Noite vai ter conexão com A Maldição da Residência Hill na Netflix?

    A próxima produção de Mike Flanagan, Missa da Meia-Noite, lidará com seus demônios pessoais relacionados à sua experiência com a religião. Na trama, Riley Flynn (Zach Gilford) retorna para sua cidade natal depois de anos e esconde um passado sombrio. E com a chegada de padre Paul (Hamish Linklater), um homem carismático e misterioso, nessa comunidade costeira e isolada, eventos milagrosos e presságios assustadores começam a acontecer, causando comoção entre os moradores da pequena ilha.

    Missa da Meia-Noite estreia em 24 de setembro na Netflix, contando com sete episódios.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top