Minha conta
    Pinóquio: O conto original é medonho e MUITO diferente da versão da Disney
    13 de set. de 2022 às 18:35
    Lucas Leone
    Lucas Leone
    -Redator
    Lucas só continua nesta dimensão porque Hogwarts ainda não aceita alunos brasileiros. Ele até tentou ir para Westeros ou o Condado, mas perdeu a hora do Expresso do Oriente. Hoje, pode ser visto escrevendo no Central Perk mais próximo.

    A baleia era para ser um tubarão branco? Gepeto vai parar na cadeia? Pinóquio esmaga o Grilo Falante? Confira essas e outras mudanças que o estúdio fez.

    O conto de Pinóquio foi adaptado muitas vezes para as telas e de variadas formas. A versão mais conhecida é a de Walt Disney, lançada em 1940 e que serviu de base para o novo live-action do estúdio, já disponível no Disney+. Ambas são, de fato, voltadas para as crianças, mas existem outras bem mais sombrias. É o caso do filme comandado pelo italiano Matteo Garrone e estrelado por Roberto Benigni em 2019, ou então da ainda inédita releitura em stop-motion que Guillermo del Toro prepara para a Netflix.

    Em todos os exemplos citados, a história original passou por mudanças para se adequar ao público-alvo ou à visão criativa do diretor. Afinal, como a maioria das fábulas, ela é extremamente medonha, trazendo situações extremas para ensinar aos pequenos as morais da vida.

    Ficou curioso? Então confira a seguir as principais diferenças entre a verdadeira trama de Pinóquio e a eternizada pela Casa do Mickey:

    UM MENINO LONGE DE SÁBIO

    Walt Disney Animation Studios

    A animação de 1940 é baseada em "As Aventuras de Pinóquio", um clássico da literatura infantil escrito por Carlo Collodi e publicado em 1883, como uma série em um jornal italiano. Nesta que é uma das obras mais vendidas do século 20 no país, encontramos o trio que também protagoniza o filme da Disney: Pinóquio, Gepeto e o Grilo Falante – este último tem um papel muito menos importante e só aparece no Capítulo 4.

    Na coletânea, o boneco é um malandro horrível, que sempre faz o que quer, mente o tempo todo, claro, e desobedece aos adultos. Pior, ele não parece aprender ou tirar nenhuma lição de suas desventuras. E não tem um pingo de consideração pelo Grilo Falante, a ponto de jogar um martelo nele, que o esmaga.

    8 referências sexuais bizarras escondidas em animações da Disney

    Mais tarde em sua jornada, ele se revela inconsequente com seu próprio corpo de madeira: "Como não tinha mais forças para ficar de pé, Pinóquio sentou-se em um banquinho e colocou os dois pés no fogão para secá-los. Ele acabou adormecendo, e seus pés começaram a queimar em seu sono. Lentamente, muito lentamente, eles escureceram e se transformaram em cinzas."

    Gepeto chega a construir amorosamente novos membros para ele, mas Pinóquio foge de casa com a mesma displicência. Seu pobre pai até vai preso depois que o filho declara ter sido maltratado por ele.

    UM FIM MUITO VIOLENTO

    Walt Disney Animation Studios

    Outra modificação importante está ligada ao personagem Monstro, descrito no conto como uma espécie de tubarão branco enorme, apelidado de "o Átila dos peixes e dos pescadores". Na versão da Disney, é uma enorme baleia franca que remete a Moby Dick. Uma maneira de o estúdio fazer também um aceno para a famosa baleia de Jonas, que aparece no Antigo Testamento da Bíblia.

    Na saga literária, há um momento em que o Grilo Falante retorna como um fantasma, tentando (novamente) dissuadir Pinóquio de seguir o conselho de estranhos, que afirmam que plantar moedas de ouro no chão pode fazer uma árvore de ouro crescer. Mais uma vez, o boneco não se importa – tanto é que termina enforcado por esses sujeitos:

    "Eles foram atrás dele e finalmente o pegaram. Então, amarraram uma corda em seu pescoço e o penduraram em uma árvore, dizendo-lhe: 'Quando voltarmos amanhã, você estará morto e sua boca escancarada, e é nessa hora que pegaremos as moedas de ouro que você escondeu debaixo da língua.'"

    Assim são os castelos das princesas da Disney na vida real

    Inicialmente, esse era o fim macabro que deveria encerrar o texto de Collodi. No entanto, o editor do jornal pediu ao autor que revisasse seu exemplar alterando o desfecho, pois queria algo mais leve e otimista. Daí a ideia da Fada Azul, que salva o boneco da morte certa.

    Pinóquio
    Pinóquio
    Data de lançamento 8 de setembro de 2022 | 1h 51min
    Criador(es): Robert Zemeckis
    Com Tom Hanks, Benjamin Evan Ainsworth, Joseph Gordon-Levitt
    Usuários
    2,6
    Assista agora em Disney +
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top