Minha conta
    Marvel: Kevin Feige afirma que Vingadores não é mais o ponto alto do estúdio e defende espera pelo quinto e sexto filme
    29 de jul. de 2022 às 11:15
    Rafael Felizardo
    Rafael Felizardo
    -Redator | Crítico
    Sonhador desde pequeno e apaixonado por cinema de A a Z, encontrou em David Lynch um modo de sonhar acordado.

    Após as revelações feitas a respeito da Fase 5 e 6 do MCU, Feige voltou a falar sobre o futuro da Marvel.

    A San Diego Comic Con 2022 ficou marcada não só pelo seu aguardado retorno presencial, mas também pelas revelações a respeito do Universo Cinematográfico da Marvel para os próximos anos. Durante o painel do estúdio, Kevin Feige divulgou os planos futuros da companhia, chocando o público ao revelar as novas Fases 5 e 6 – projetadas para ganhar as grandes e pequenas telas a partir de fevereiro do ano que vem.

    Marvel: Kevin Feige revela qual "ator vai carregar a Saga do Multiverso nas costas"

    A partir daí, um pequeno grupo de fãs começou a fazer barulho na internet, reclamando a respeito do extenso período de espera por Vingadores. Ausentes da quinta fase do estúdio, Avengers: The Kang Dynasty e Avengers: Secret Wars estreiam apenas em maio e novembro de 2025, respectivamente.

    Com base nisso, durante uma entrevista para a MTV News, Feige defendeu a decisão de lançar o quinto e sexto capítulos da franquia com um intervalo tão grande para Ultimato. Segundo o executivo, durante as primeiras 3 fases do MCU, havia menos projetos em um espaço maior de tempo, além de muitos dos filmes serem menores em escopo e escala. Com isso, na época, fazia mais sentido que, depois de poucos anos, eles pudessem fazer um novo filme dos Vingadores. Agora, no entanto, com a gama de novos personagens a serem apresentados, produções de tons diferentes estão sendo lançadas a cada ano, levando a uma maior espera pelo grupo de heróis.

    “A verdade é que, quando estávamos fazendo a Fase 1, Fase 2 e Fase 3, havia menos projetos ao longo de mais anos. Eram projetos menores e histórias de personagens individuais, e parecia apropriado, naquele momento, que a cada dois ou três anos nós fizéssemos um filme dos Vingadores”, afirmou Feige. “Com a chegada da [fases] 4, 5 e 6, passou a haver mais projetos em menos anos – por conta de todas as coisas incríveis que agora podemos fazer no Disney +; além de obtermos personagens da Fox, Quarteto Fantástico e Deadpool. Passei a sentir que, certamente depois de Guerra Infinita e Ultimato, os filmes dos Vingadores não são mais o ponto alto. Muitos dos nossos filmes agora, Multiverso da Loucura e outros que vocês verão, todos são grandes filmes com equipes, introduzindo grandes partes da mitologia”, completou.

    Fase 5 do MCU.

    Ou seja, para Feige, muitos dos filmes recentes do MCU têm a tarefa de introduzir ideias e conceitos massivos que são cruciais na configuração das Fases 5 e 6. O ponto central do multiverso é claramente ser o centro do planejamento, começando a ser explorado a fundo nas próximas obras do estúdio e precisando ser estabelecido antes da introdução da nova equipe dos Vingadores.

    Avengers: The Kang Dynasty
    Avengers: The Kang Dynasty
    Criador(es): Destin Daniel Cretton
    Vingadores: O que Dinastia Kang e Guerras Secretas significam para o futuro da equipe na Marvel?

    O AdoroCinema está concorrendo mais uma vez ao Prêmio iBest, a mais importante premiação da internet, na categoria Cinema, TV e Streaming e gostaria de contar com o seu voto. Então, clique aqui para votar na gente e nos seus favoritos em diversas categorias!

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top