Minha conta
    Medida Provisória: "Fui salvo pela educação", reflete Lázaro Ramos sobre momento catártico do filme com Emicida (Entrevista Exclusiva)
    15 de abr. de 2022 às 19:03
    Diego Souza Carlos
    Apaixonado por cultura pop, latinidades e karê, Diego ama as surpresas de Jordan Peele, Guillermo del Toro e Anna Muylaert. Entusiasta do MCU, se aventura em estudar e falar sobre cinema, TV e games.

    Longa-metragem já está em exibição em cinemas de todo o Brasil.

    Medida Provisória já pode ser assistido em salas de cinema de todo o país. A estreia de Lázaro Ramos na direção cinematográfica é marcada por uma história intensa, que reflete o Brasil de hoje a partir de uma distopia. Na trama, o governo brasileiro decreta uma medida que obriga os cidadãos negros a voltarem à África como forma de reparar os tempos de escravidão – a partir desse conflito e do romance vivido pelos personagens de Taís Araujo e Alfred Enoch, o longa debate questões sociais e mistura humor, drama e thriller.

    Em entrevista exclusiva ao AdoroCinema, Lázaro, que acumula múltiplas atuações no cinema, no teatro e na televisão, explica como o projeto abre um debate sobre a sociedade bélica que vivemos a partir do poder transformador da educação.



    Em determinada cena, Antonio (Enoch) e André (Seu Jorge) se deparam com um dilema envolvendo uma arma de fogo, no qual um deles toma uma decisão definitiva para o rumo da narrativa. Sobre a questão, Lázaro afirma que a discussão sobre o tema foi inserida no longa para apresentar diferentes ângulos do complexo assunto."Os debates todos sobre armas no filme são justamente para trazer outros pontos de vista e perspectivas para uma sociedade bélica como a que a gente vive", explica.

    Medida Provisória: Distopia ou filme de época? Lázaro Ramos reforça tom político do longa (Entrevista Exclusiva)

    Durante a entrevista, o cineasta evoca outro momento do filme que tem conexões com a cena citada: durante uma delicada transição, que se passa no Afrobunker, o personagem de Emicida troca a arma de rapaz por um livro. “É talvez um pensamento utópico, mas dentro de um filme distópico, qual é o remédio para a distopia? A utopia, pensar além! Não sei nem se é possível na sociedade de hoje, que a gente vive, essa discussão se concluir aí, mas é uma meta, é um lugar a se chegar. Eu Lázaro, por exemplo, acho que o saber, o conhecimento, um livro, a educação, a informação são poderosíssimos. Em alguns casos é a coisa que te salva. Na verdade, na maioria dos casos”, declara o diretor. “Eu sou um exemplo de uma pessoa que foi salva pela educação e pela informação. É isso. Simples assim. Onde é que está a salvação? A minha salvação esteve na educação.”

    Medida Provisória: Conheça o primeiro filme dirigido por Lázaro Ramos

    O cineasta acrescenta: “O filme faz isso em vários momentos, é embasado em uma pesquisa muito legal que a Aline Maia Nascimento, antropóloga e pesquisadora fez para alimentar o filme. Em algum momento me deu uma certa angústia porque várias janelas são abertas e não dá para concluir tudo, mas eu entendi que se o filme fosse poderoso emocionalmente e envolvesse as pessoas, ele continuaria após a sala de cinema.”

    No livro "Medida Provisória: Diário do Diretor", Lázaro relata que conheceu Aline por intermédio de Taís. A socióloga preparou um dossiê com mais de 100 páginas, que foi utilizado de inúmeras formas: do formato de direção até a construção do roteiro e dos conceitos que englobam a película.

    Medida Provisória já está disponível nas telonas. Além dos artistas citados, o grande elenco de 77 atores ainda reúne Adriana Esteves, Renata Sorrah, Mariana Xavier e Flávio Bauraqui.

    Medida Provisória
    Medida Provisória
    Data de lançamento 14 de abril de 2022 | 1h 34min
    Criador(es): Lázaro Ramos
    Com Taís Araújo, Alfred Enoch, Seu Jorge, Adriana Esteves, Aldri Anunciação
    Usuários
    3,5
    Adorocinema
    3,5
    Assista agora
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top