Minha conta
    Terror surpreendente e filme com estrela de 50 Tons são os grandes vencedores do Festival de Sundance 2022
    Por Katiúscia Vianna — 31 de jan. de 2022 às 12:00

    Nanny e Cha Cha Real Smooth foram os premiados em ficção, enquanto as categorias de documentário deram vitórias para o Brasil!

    Voltado para o cinema independente, o Festival de Sundance sempre revela grandes talentos para o mundo, além de indicar possíveis candidatos para o Oscar. No ano passado, o grande vencedor foi o emocionante No Ritmo do Coração, um dos favoritos para a atual temporada de premiações. Será que os vitoriosos de 2022 vão repetir a dose? O terror Nanny levou o prêmio do júri, enquanto a comédia dramática Cha Cha Real Smooth foi o queridinho do público. Conheça mais sobre esses projetos abaixo:

    Nanny e Cha Cha Real Smooth saem vitoriosos em Sundance

    O principal vencedor do Festival de Sundance 2022 foi o terror Nanny, que usa o gênero para fazer uma crítica social. Protagonizado por Anna Diop (Titans), a obra acompanha uma imigrante ilegal nos Estados Unidos, que cuida da filha de uma família elitizada, enquanto faz os preparativos para trazer o seu próprio filho do Senegal. Até que ela é forçada a confrontar algo que pode destruir seu sonho americano. Michelle Monaghan (franquia Missão Impossível) e Sinqua Walls (Fugindo do Amor) também atuam no filme de estreia da cineasta e roteirista Nikyatu Jusu.

    Por outro lado, o prêmio da audiência foi para Cha Cha Real Smooth, uma comédia dramática protagonizada e dirigida por Cooper Raiff. Ele vive um jovem que acabou de se formar na faculdade, mas ainda não tem grandes planos na sua vida, até que começa a produzir festas para os amigos de seu irmão mais novo. Nessa empreitada, acaba ficando amigo da mãe de uma menina autista — vivida por Dakota Johnson, que também produz o projeto. Vale ressaltar que o longa já foi comprado pela Apple, pela bagatela de US$ 15 milhões. 

    Atriz de Cinquenta Tons de Cinza confessa incômodo ao mostrar o corpo em novo sucesso da Netflix: 'É difícil'

    Quando o assunto são documentários, The Exiles levou o prêmio do júri, enquanto Navalny foi o favorito do público. O primeiro gira em torno da ativista e documentarista Christine Choy, que filmou os líderes do movimento democrático da Praça Tiananmen durante o massacre de 1989 na China. Anos após o projeto ser abandonado, ela retoma o processo, contando as histórias dessas três figuras, que seguem exiladas até hoje. Já Navalny é um thriller documental focado na vida pessoal do líder da oposição russa, Alexei Navalny, após ele ser vítima de um envenenamento que quase tirou sua vida.

    E ainda tem Brasil nessa lista! O documentário The Territory (co-produzido com Dinamarca e Estados Unidos) foi vitorioso na categoria popular de World Cinema Documentary e com um prêmio do júri. O longa mostra os conflitos do povo Uru-eu-wau-wau, de Rondônia, com pessoas não indígenas que ameaçam a Floresta Amazônica. Além disso, o curta Uma Paciência Selvagem Me Trouxe Até Aqui ganhou como melhor elenco, com nomes como Zelia Duncan e Bruna Linzmeyer

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top