Minha conta
    Robin Williams foi proibido de fazer Harry Potter por motivo polêmico; entenda
    18 de out. de 2021 às 15:42
    Caio Garritano
    Caio Garritano
    -Redator | Community Manager
    Redator e Community Manager do AdoroCinema. Especialista em filmes e séries de ficção, principalmente ligadas ao Universo Marvel e Harry Potter.

    O ator levou o Oscar de melhor ator coadjuvante em 1998 por ‘Gênio Indomável’, além de ter sido indicado por outros três trabalhos ao longo de sua carreira.

    A saga Harry Potter completou 20 anos do lançamento do seu primeiro filme nos cinemas, mas parece que o ator Daniel Radcliffesonha com um possível reboot para a franquia. Animais Fantásticos 3 ganhou recentemente um título oficial e uma nova data de estreia, enquanto alguns rumores afirmam que a Warner Bros. estaria investindo em uma possível série sobre o mundo mágico para o HBO Max. São muitos os projetos envolvendo o universo criado por J.K Rowling, mas em uma recente entrevista, o diretor Chris Columbus revelou que Robin Williams queria ter participado da franquia e já tinha até um personagem à vista.

    Harry Potter: Feito por fãs, filme sobre as origens de Voldemort está finalmente disponível

    Responsável pelos dois primeiros filmes da saga Harry Potter, o diretor contou à Total Film que o ator tinha interesse no papel como Remo Lupin, que aparece pela primeira vez em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban. Acontece que a produção tinha uma regra básica que não podia ser quebrada, nem mesmo se tratando de um profissional do tamanho de Williams: “Esse era o objetivo. Nenhum ator americano neste filme”, revelou o diretor. “Tive uma conversa com Robin Williams, que queria interpretar Lupin”, contou. “Foi muito difícil, para mim, ter que dizer a ele: ‘São todos britânicos. Não há nada que eu possa fazer’”, relembra Columbus. 

    O papel de Remo Lupin acabou ficando com o ator inglês David Thewlis, que aparece em cinco dos oitos filmes da saga. Ele entra na trama como novo professor de Defesa Contra as Artes das Trevas. Já Robin Williams teve uma carreira brilhante com títulos como Gênio IndomávelUma Babá Quase PerfeitaSociedade dos Poetas Mortos no currículo, mas ele acabou falecendo aos 63 anos no dia 11 de agosto de 2014. Em sua luta, Robin Williams foi diagnosticado erroneamente com mal de Parkinson. Somente mais tarde, foi descoberto que o ator sofria, na verdade, com uma doença cerebral degenerativa, a demência por corpos de Lewy. 

    Ator de X-Men xingou produtores de Harry Potter ao recusar papel
    Outro rejeitado

    Durante uma entrevista ao Collider, o ator Jack Whitehall, que faz parte do elenco de Jungle Cruise, novo filme da Disney, protagonizado por Dwayne “The Rock” Johnson e Emily Blunt, revelou que chegou a participar de uma seleção para o elenco da franquia de Harry Potter, mas acabou sendo reprovado pela produção. "Fui levado a este teste pelos meus pais e eles disseram, por favor, não bagunce tudo, isso pode ser uma grande oportunidade de carreira para você como ator mirim”, contou Whitehall. 

    “Aprendi todas as minhas falas, senti que dei o meu melhor. E no final eles decidiram que Emma Watson era melhor para o papel. O que posso dizer?”, brincou o ator. No final, Whitehall explicou que o que realmente deu errado durante o seu teste foi o fato dele não ser um grande fã da saga, e por isso, ainda não tinha lido os livros de J.K. Rowling. “Eu não tinha lido o livro, esse era o problema. Eles começaram a me fazer muitas perguntas sobre Harry Potter, e eu não tinha concluído o livro naquela época. Isso não funcionou muito bem. Acho que comecei a falar sobre goblins e elfos e coisas assim e fiquei um pouco confuso. Não foi um grande momento”, ele admitiu.

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top