Minha conta
    A Menina Que Matou Os Pais: Onde estão os envolvidos no crime de Suzane von Richthofen?
    Por Aline Pereira — 25 de set. de 2021 às 16:00

    O que aconteceu com Suzane von Richthofen e Daniel Cravinhos? Veja onde estão hoje os condenados a um dos crimes mais midiáticos do Brasil.

    Um dos casos policiais mais repercutidos na história da televisão, o assassinato de Manfred e Marísia von Richthofen, planejado pela filha deles, Suzane von Richthofen, se tornou tema dos filmes A Menina Que Matou os PaisO Menino Que Matou Meus Pais - o segundo, conta a história a partir da perspectiva de Daniel Cravinhos, namorado de Suzane na época e executor do crime. 

    As duas produções já estão disnponíveis para assinantes no catálogo do Amazon Prime Video são estreladas por Carla Diaz e Leonardo Bittencourt e vão reconstituir o planejamento e execução do casal a partir de depoimentos de Suzane e Cravinhos. Já são quase 20 anos desde que eles foram a julgamento e, claro, muitas coisas mudaram na vida dos dois. 

    A Menina que Matou os Pais
    A Menina que Matou os Pais
    1h 20min
    Criador(es): Mauricio Eça
    Com Carla Diaz, Leonardo Bittencourt, Allan Souza Lima, Leonardo Medeiros, Vera Zimmermann
    Assista agora
    Suzane Richthofen ainda está presa?

    Domingo Espetacular/YouTube

    Em 2006, quatro anos após o assassinato dos pais, Suzane von Richthofen foi sentenciada a 39 anos de prisão e está na penitenciária feminina de Tremembé, no interior de São Paulo. Desde o final de 2015, ela cumpre pena em regime semi-aberto e seu processo foi revisado, diminuindo a sentença para 34 anos. Além disso, o comportamento de Suzane na cadeia e o trabalho que ela realiza por lá garantiram cerca de dois anos a menos na prisão - a legislação brasileira concede redução de um dia de pena a cada três dias trabalhados. 

    Mais recentemente, em setembro de 2021, Richthofen recebeu autorização da Justiça para dar início ao curso de Farmácia na Universidade Anhanguera, em Taubaté, cidade próxima à penitenciária. Segundo a Folha de S. Paulo, para conseguir a liberação, a defesa argumentou que a prisioneira apresenta bom comportamento e que conseguiu a vaga no curso pelo Enem. 

    O Ministério Público de São Paulo, por outro, se manifestou contra a participação presencial de Suzane na universidade, alegando que não é possível garantir sua segurança - dada a repercussão nacional do crime, Richthofen se tornou um rosto facilmente reconhecível. 

    Dom: Conheça a história real que inspirou a nova série brasileira do Amazon Prime Video
    Daniel Cravinhos: O que aconteceu com o namorado de Suzane Richthofen?

    Domingo Espetacular/YouTube

    Assim como Suzane, Daniel Cravinhos foi condenado a 39 anos e seis meses de prisão e, em 2013, passou a cumprir pena em regime semi-aberto. Além de ter tido a sentença reduzida pelos dias de trabalho e com comportamento, em 2017, passou para regime aberto, com autorização para ir trabalhar e dormir em sua própria casa. Já o destino do irmão dele, Cristian Cravinhos, foi diferente - na época do crime, ele foi condenado a 38 anos de prisão por participação no assasinato do casal Richthofen.

    Em 2017, Cristian também foi autorizado a cumprir pena em regime aberto, mas voltou à prisão em 2018, após se envolver uma confusão em um bar, quando foi acusado de tentativa de suborno a policiais. Com isso, sua pena foi aumentada em quase 5 anos. 

    O Menino que Matou Meus Pais
    O Menino que Matou Meus Pais
    1h 20min
    Criador(es): Mauricio Eça
    Com Carla Diaz, Leonardo Bittencourt, Allan Souza Lima, Leonardo Medeiros, Vera Zimmermann
    Assista agora

    Mais uma vez, o AdoroCinema chegou ao top 3 do Prêmio iBest, a mais importante premiação da internet. Estamos concorrendo à melhor iniciativa digital na categoria Cinema, TV e Streaming e gostaríamos de contar com o seu voto. Clique aqui para votar na gente!

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top