Minha conta
    Shang-Chi: Por que o Mandarim do filme não vai ser como os fãs da Marvel esperam?
    5 de ago de 2021 às 01:00
    Bruno Botelho dos Santos
    Bruno Botelho dos Santos
    -Redator | crítico
    Bruno é redator e crítico do AdoroCinema, que divide seu tempo na cultura pop entre tomar susto com os mais diversos filmes de terror, assistir os clássicos do cinema ou os grandes blockbusters e enaltecer o trabalho de David Lynch e Stanley Kubrick.

    Tony Leung vai interpretar o vilão Mandarim em Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis, muito aguardado pelos fãs da Marvel.

    Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis vai ser o primeiro filme com super-herói asiático na Marvel e promete muitas emoções com a introdução do verdadeiro vilão Mandarim no Universo Cinematográfico Marvel, que vai ser interpretado pelo ator Tony Leung, depois da polêmica apresentação falsa do personagem em Homem de Ferro 3 (2013). Mas, ao invés de uma adaptação precisa do temido vilão Mandarim nos quadrinhos da Marvel, os criadores do filme reveleram recentemente que o personagem tão aguardado vai ser mais complexo e profundo em Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis do que sua versão nas HQs.

    Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis
    Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis
    Data de lançamento 2 de setembro de 2021 | 2h 12min
    Criador(es): Destin Daniel Cretton
    Com Simu Liu, Tony Leung Chiu-Wai, Awkwafina, Meng'er Zhang, Florian Munteanu
    Adorocinema
    4,0
    Ver sessões

    Em entrevista para um artigo da Empire Magazine sobre Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis, o roteirista David Callaham e o diretor Destin Cretton comentaram sobre a introdução de Mandarim, nomeado como Wenwu no filme. Callaham disse que esta versão é "um personagem muito mais profundo" do que o conhecido nos quadrinhos da Marvel, enquanto Cretton revela que foi muito cuidadoso para não torná-lo um estereótipo, não focando simplesmente nos fatores motivadores de suas ações. 

    “Nossa versão do personagem não é o Mandarim da maneira que as pessoas esperam que ele seja. O Mandarim é um título que foi aplicado a ele no passado por pessoas que não entendem sua cultura. Mas ele é um personagem muito mais profundo do que eu acho que muitas pessoas esperariam”, explicou David Callaham.

    “Foi para mim a parte dos quadrinhos Shang-Chi que eu realmente me conectei. Foi muito importante para nós encontrarmos a raiz dessa raiva e dessa dor. Esse era o objetivo desde o início, e provavelmente o medo número um de todos nós era criar um Mandarim que contribuísse ainda mais para o tipo de estereótipos 'Perigo Amarelo' [metáfora racista que descreve os asiáticos orientais como um perigo para o mundo ocidental] que ainda estão circulando”, completou Destin Cretton.

    Quem é o Mandarim? Conheça o vilão de Homem de Ferro 3 que terá destaque na Fase 4 da Marvel

    Isso não é novidade no Universo Cinematográfico Marvel, que costuma reinventar os vilões dos quadrinhos. Essa reinvenção e aprofundamento na personalidade do Mandarim se mostra ainda mais importante por causa da orgigem problemática do vilão na Marvel. Nas HQs, Shang-Chi é filho de Fu Manchu, um gênio do crime criado por Sax Rohmer em sua série de romances. Na época, a Marvel tinha o direito de publicar quadrinhos com o personagem. A empresa perdeu esses direitos em 1983, tornando-o uma parte complicada da origem de Shang-Chi, pois Fu Manchu é considerado uma caricatura oriental racista, um motivo para a Marvel evitar o uso do personagem e que levou à mudança dele nos cinemas.

    Por que a versão falsa do Mandarim foi apresentada em Homem de Ferro 3?

    Recentemente, Kevin Feige, o presidente da Marvel Studios, explicou o motivo para a apresentação do Mandarim falso em Homem de Ferro 3. Para quem não se lembra, os Dez Anéis foram apresentados brevemente como uma rede terrorista internacional no primeiro Homem de Ferro (2008), onde colaborou com Obadiah Stane (Jeff Bridges) para sequestrar Tony Stark (Robert Downey Jr.). Mandarim apareceu em Homem de Ferro 3, porém, tudo não passou trapaça usada por Aldrich Killian (Guy Pearce) para enganar o mundo, se aproveitando do ator Trevor Slattery (Ben Kingsley) para se passar pelo antagonista. Ou seja, os fãs não viram o verdadeiro vilão sendo adapatado para os cinemas até a chegada de Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis, que segundo Kevin Feige, foi uma escolha intencional:

    “E voltando ao Homem de Ferro, temos falado sobre isso quando trazemos esse personagem para a tela, [nós] só queríamos fazer isso quando sentíamos que poderíamos fazer justiça suprema e realmente mostrar a complexidade desso personagem, o que francamente não poderíamos fazer em um filme do Homem de Ferro porque um filme do Homem de Ferro é sobre o Homem de Ferro; um filme do Homem de Ferro é sobre Tony Stark", esclareceu em entrevista ao Rotten Tomatoes.

    Shang-Chi: Conheça o primeiro super-herói asiático do Universo Cinematográfico Marvel

    Na história do filme, Shang-Chi (Simu Liu) é um jovem chinês criado por seu pai Wenwu (Tony Leung) em reclusão, sendo treinado em artes marciais. Quando ele tem a chance de entrar em contato com o resto do mundo, logo percebe que seu pai não é o humanitário que dizia ser, vendo-se obrigado a se rebelar. Toda essa história de fundo no filme que o conecta com outras produções gira entorno da organização Dez Anéis. 

    Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis tem estreia programada para 2 de setembro de 2021 e vai contar com 98% do elenco asiático.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top