Minha conta
    7 filmes nacionais que vão te fazer conhecer realmente a favela
    Por Bruno Botelho dos Santos — 19 de jun. de 2021 às 21:00

    O cinema nacional costuma utilizar a temática das favelas e alguns filmes mostram bem a realidade das periferias.

    O cinema brasileiro é um dos mais importantes do mundo e nos proporciona grandes obras que retratam a realidade do Brasil e sua cultura – muitos desses filmes se destacaram internacionalmente, como é o caso de Cidade de Deus. Uma das temáticas recorrentes em muitas produções nacionais são as favelas, principalmente no Rio de Janeiro, mas suas narrativas acabam caindo nos velhos clichês, geralmente de bandidos ou mocinhos, e esteriótipos sobre a vida nas periferias e seus moradores.

    Por isso, o AdoroCinema separou alguns filmes que vão te fazer conhecer realmente a favela. Eles mostram a realidade da vida nas periferias do Brasil e discutem questões sociais importantes para desmistificar a visão de favela que ocupa o imaginário popular – muitas vezes de forma preconceituosa pelas pessoas.

    5x Favela - Agora por Nós Mesmos


    5x Favela - Agora por Nós Mesmos (2010) é um filme dirigido e criado por jovens cineastas moradores de favelas do Rio de Janeiro e produzido por Carlos Diegues e Renata Almeida Magalhães. Ele é dividido em 5 episódios com temas reflexivos que sempre tratam da interação humana e social em cada uma das comunidades retratadas. Tratam da ética e da educação, da amizade e do amor, da solidariedade e da tolerância, da família e da comunidade, sem deixar de lado a violência e as dificuldades cotidianas de seus moradores nas periferias.

    Os títulos dos episódios são: Fonte de Renda, Arroz com Feijão, Concerto para Violino, Deixa Voar e por último Acende a Luz.

    5x Favela - Agora por Nós Mesmos
    5x Favela - Agora por Nós Mesmos
    Data de lançamento 27 de agosto de 2010 | 1h 36min
    Criador(es): Wagner Novais, Manaira Carneiro, Rodrigo Felha, Cacau Amaral, Luciano Vidigal
    Com Ruy Guerra, Hugo Carvana, Flavio Bauraqui, Roberta Rodrigues, Silvio Guindane
    Usuários
    3,2
    Adorocinema
    2,0
     
    Orfeu

    Orfeu (1999) segue Orfeu (Toni Garrido), que é um popular compositor de uma escola de samba carioca. Residente de uma favela, ele se apaixona perdidamente quando conhece a bela Eurídice (Patrícia França), uma mulher que acaba de se mudar para o local. Mas entre eles existe ainda Lucinho (Murilo Benício), chefe do tráfico local, que irá modificar drasticamente a vida de ambos.

    Para quem não sabe, o filme retrata a lenda da mitologia grega sobre Orfeu e Eurídice, mas passando ela para contexto moderno do Brasil, durante o Carnaval no Rio de Janeiro.

    Orfeu
    Orfeu
    Data de lançamento 21 de abril de 1999 | 1h 50min
    Criador(es): Carlos Diegues
    Com Toni Garrido, Patricia França, Murilo Benício, Zezé Motta, Milton Gonçalves
    Usuários
    3,2
    Branco Sai, Preto Fica

    Branco Sai, Preto Fica (2014) acontece quando tiros em um baile de black music na periferia de Brasília ferem dois homens, que ficam marcados para sempre. Um terceiro vem do futuro para investigar o acontecido e provar que a culpa é da sociedade repressiva.

    A ficção científica nacional é estruturada com uma espécie de narrativa documental e com forte discurso político, o que torna Branco Sai, Preto Fica um grande exemplo de afrofuturismo no cinema – movimento que aborda a ideia de um futuro protagonizado a partir de perspectivas negras.

    Branco Sai, Preto Fica
    Branco Sai, Preto Fica
    Data de lançamento 19 de março de 2015 | 1h 33min
    Criador(es): Adirley Queirós
    Com Marquim do Tropa, Shockito, Dilmar Durães, Gleide Firmino
    Imprensa
    4,1
    Usuários
    2,5
    Adorocinema
    4,0
    Streaming
    Era uma Vez...

    Era uma Vez... (2008) segue Dé (Thiago Martins), que mora na favela do Cantagalo, em Ipanema. Filho da empregada doméstica Bernadete (Cyria Coentro) e abandonado pelo pai, Dé viu seu irmão Beto ser assassinado por um traficante e seu outro irmão, Carlão (Rocco Pitanga), ser exilado da favela pelos bandidos. Decidido a não seguir o caminho do crime, Dé trabalha vendendo cachorro-quente num quiosque da praia. De lá ele observa Nina (Vitória Frate), filha única de uma família rica que mora na Vieira Souto, avenida em frente à praia. Os dois se conhecem e acabam se apaixonando, porém as diferenças entre seus mundos geram diversas críticas e preconceitos velados.

    O filme é uma adaptação de Romeu e Julieta para a realidade das favelas cariocas, o que deixa ele entre os melhores romances entre adolescentes no cinema.

    Era uma Vez...
    Era uma Vez...
    Data de lançamento 25 de julho de 2008 | 1h 56min
    Criador(es): Breno Silveira
    Com Thiago Martins, Vitória Frate, Rocco Pitanga, Cyria Coentro, Paulo César Grande
    Usuários
    4,3
    Quase Dois Irmãos

    Quase Dois Irmãos (2004) acompanha Miguel, um Senador da República que visita seu amigo de infância Jorge, que se tornou um poderoso traficante de drogas do Rio de Janeiro, para lhe propôr um projeto social nas favelas. Apesar de suas origens diferentes eles se tornaram amigos nos anos 50, pois o pai de Miguel tinha paixão pela cultura negra e o pai de Jorge era compositor de sambas. Nos anos 70 eles se encontram novamente, na prisão de Ilha Grande. Ali as diferenças raciais eram mais evidentes: enquanto a maior parte dos prisioneiros brancos estava lá por motivos políticos, a maioria dos prisioneiros negros era de criminosos comuns.

    Quase Dois Irmãos
    Quase Dois Irmãos
    Data de lançamento 1 de abril de 2005 | 1h 42min
    Criador(es): Lucia Murat
    Com Flavio Bauraqui, Caco Ciocler, Antonio Pompeo, Werner Shunemann, Maria Flor
    Usuários
    3,1
    Linha de Passe

    Linha de Passe (2008) se passa em São Paulo e segue Reginaldo (Kaique de Jesus Santos), um jovem que procura seu pai obsessivamente. Dario (Vinícius de Oliveira) sonha em se tornar jogador de futebol mas, aos 18 anos, vê a idéia cada vez mais distante. Dinho (José Geraldo Rodrigues) dedica-se à religião. Dênis (João Baldasserini) enfrenta dificuldades em se manter, sendo também pai involuntário de um menino. Os quatro são irmãos, tendo sido criados por Cleuza (Sandra Corveloni), sua mãe, que trabalha como empregada doméstica e está mais uma vez grávida, de pai desconhecido. Eles precisam lidar com as transformações religiosas pelas quais o Brasil passa, assim como a inserção no meio do futebol e a ausência de uma figura paterna.

    Linha de Passe é considerado um dos filmes mais marcantes na história do cinema brasileiro.

    Linha de Passe
    Linha de Passe
    Data de lançamento 5 de setembro de 2008 | 1h 53min
    Criador(es): Walter Salles, Daniela Thomas
    Com Sandra Corveloni, João Baldasserini, José Geraldo Rodrigues, Vinicius de Oliveira, Ana Carolina Dias
    Usuários
    3,5
    Antonia

    Antonia (2006) acontece na Vila Brasilândia, periferia de São Paulo. Preta (Negra Li), Barbarah (Leilah Moreno), Mayah (Quelynah) e Lena (Cindy Mendes) são amigas desde a infância e sonham em viver da música. Elas deixam o trabalho de backing vocal de um conjunto de rap de homens para formar seu próprio conjunto, o qual batizam de Antônia. Descobertas pelo empresário Marcelo Diamante (Thaíde), elas passam a cantar rap, soul, MPB e pop em bares e festas da classe média. Mas quando o sonho delas parece começar a se tornar realidade o cotidiano de violência, machismo e pobreza em que vivem afeta o grupo.

    Antonia
    Antonia
    Data de lançamento 9 de fevereiro de 2007 | 1h 30min
    Criador(es): Tata Amaral
    Com Negra Li, Leilah Moreno, Quelynah, Cindy Mendes
    Usuários
    3,2
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top