Meu AdoroCinema
    Globo de Ouro: Ava DuVernay e Regina King ironizam ausência de membros negros no comitê
    Por Nathalia Jesus — 25 de fev. de 2021 às 14:10

    As cineastas responsáveis por Olhos Que Condenam e Uma Noite Em Miami não estão surpresas com a composição da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood.

    Ao longo desta semana, foi relatado pelo jornal LA Times que o HFPA (Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood), do Globo de Ouro, não tem membros negros. Quando a apuração veio à tona, Ava DuVernay se pronunciou no Twitter, afirmando que essa informação não é uma novidade para ninguém.

    A cineasta, que esteve por trás de produções como Olhos Que CondenamA 13ª Emenda e O Tigre Branco, respondeu a uma publicação que falava sobre a reportagem e usou um gif para ilustrar sua legenda: “Revela? As pessoas estão agindo assim como se não fosse amplamente conhecido? Por anos?”



    A Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood é composta por um grupo de 87 jornalistas internacionais, que determinam os indicados e vencedores do Globo de Ouro a cada ano. Quando a polêmica veio a público, um representante do comitê informou que possui conhecimento sobre o problema e que está “comprometido em resolvê-lo”.

    Diretora de One Night In Miami também se pronunciou

    Após a manifestação de Ava DuVernay, Regina King também apareceu na publicação para apoiá-la. A cineasta, indicada ao Globo de Ouro 2021 na categoria de “Melhor Diretor” por Uma Noite em Miami, respondeu com um gif do cantor Drake apontando o dedo em concordância.



    Cineastas e atores negros esnobados pelo Globo de Ouro 2021

    Esta não é a primeira vez em que a Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood é criticada pela ausência de diversidade entre os membros e, consequentemente, pela falta de indicações de obras que visem a consciência racial. No ano passado, Olhos Que Condenam, série limitada da Netflix, foi desprezada pela 77ª edição do Globo de Ouro, apesar de ter recebido 16 indicações ao Emmy Awards meses antes.

    Netflix é a líder em indicações do Globo de Ouro 2021

    Quanto aos projetos mais recentes liderados por negros, o Globo de Ouro também esnobou produções como Destacamento Blood, de Spike Lee, e a série da HBO, I May Destroy You, apesar de terem sido aclamados pela crítica. Além disso, Jonathan Majors e Jurnee Smollett, estrelas de Lovecraft Country, também foram excluídos das indicações, assim como Uzo Aduba (Mrs. America), que foi vencedora na categoria de “Melhor Atriz Coadjuvante” na recente edição do Emmy.

    O Globo de Ouro vai acontecer virtualmente neste domingo, 28 de fevereiro, com a apresentação de Tina Fey e Amy Poehler. Confira a lista com todas as apostas do AdoroCinema para os vencedores desta edição.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top