Meu AdoroCinema
    Cinderela: Disney+ lança versão mais revolucionária do conto de fadas
    Por Katiúscia Vianna — 16 de fev. de 2021 às 16:00

    Com direito a Whitney Houston como Fada Madrinha.

    O catálogo do Disney+ está cheio de diversas adaptações dos contos de fadas que encantaram gerações por todo o mundo. Mas desde sexta-feira, 12 de fevereiro, foi disponibilizada a versão mais revolucionária de Cinderela: trata-se do telefilme de 1997, que trazia a primeira princesa negra da Disney, com Brandy Norwood como protagonista.. 12 anos antes de Tiana surgir em A Princesa e o Sapo.

    Descubra quais são os próximos live-actions da Disney

    Lançado diretamente para a televisão, Rodgers & Hammerstein's Cinderella tinha ninguém mais, ninguém menos que Whitney Houston como a Fada Madrinha. A icônica cantora também foi produtora do filme, que se destacou por trazer um elenco diversificado — muito antes de Hamilton fazer moda com color-blind casting, ou seja, a escalação que não considera a raça dos atores, pois seu principal foco é o talento de cada candidato.  

    Conheça o elenco de Cinderela

    Muito antes de Lily James assumir o papel no live-action de 2015, a cantora e atriz Brandy Norwood foi escolhida por Whitney Houston para interpretar Cinderela. Inicialmente, o projeto teria a própria Whitney como protagonista, mas anos se passaram no desenvolvimento, e ela se sentiu mais adequada para viver a Fada Madrinha. 

    Outro grande destaque do elenco é Whoopi Goldberg como a rainha Constantina, a mãe do príncipe encantado, Christopher — responsabilidade do filipino Paolo Montalban. Para completar a família real, o rei Maximillian foi vivido por Victor Garber (Titanic). Estrela de SeinfeldJason Alexander assumiu o papel de Lionel, seu leal servo.

    Bridgerton: O que representa a escalação de atores negros na série da Netflix?

    O caminho de toda Cinderela encontra uma Madrasta Má e, nesse caso, ela foi interpretada pela diva da Broadway, Bernadette Peters. Por fim, suas filhas, Calliope e Minerva, eram encarnadas por Veanne Cox (Erin Brockovich) e Natalie Desselle Reid (série Eve). Já a direção foi de Robert Iscove (Ela É Demais). 

    Qual foi a repercussão de Cinderela?

    Produzido pela Disney e pela ABC, Essa versão de Cinderela foi um sucesso de audiência, atraindo cerca de 60 milhões de espectadores norte-americanos. Quando foi lançado em home video, vendeu 1 milhão de cópias apenas em sua primeira semana, apesar das críticas mistas entre a imprensa. Além disso, recebeu sete indicações ao Emmy Awards.

    Sem falar em como quebrou paradigmas com uma versão mais popular de um musical clássico; além de, obviamente, investir na representatividade. Basta ver como, 17 anos depois, Keke Palmer fez história como a primeira Cinderela negra da Broadway. E ainda tem a versão que vem por aí, com a princesa latina de Camila Cabello e a Fada Madrinha Billy Porter.

    Após fazer legado nos Estados Unidos, essa é a chance de Rodgers & Hammerstein's Cinderella atingir o público mundial, através de sua exibição no Disney+.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top