Minha conta
    Johnny Depp estava de saco cheio de Leonardo DiCaprio quando trabalharam juntos nos anos 90 — mas ele se arrepende
    26 de nov. de 2022 às 19:00
    Nathalia Jesus
    Nathalia Jesus
    -Redatora e crítica
    Apaixonada por filmes e séries (principalmente sul-coreanos), a redatora é uma contadora de histórias no mundo do entretenimento. No AdoroCinema, ela acompanha os principais lançamentos, premiações, festivais e solta o verbo em discussões relacionadas à diversidade e inclusão na sétima arte.

    As duas grandes estrelas de Hollywood se desentenderam por estarem em diferentes momentos da vida.

    Nunca saberemos como são as estrelas de Hollywood de perto, mas Johnny Depp e Leonardo DiCaprio parecem personalidades completamente diferentes. Embora ambos sejam atores de grande importância internacional e reconhecíveis em qualquer parte do mundo, ambos os intérpretes têm seguido percursos bastante diferentes ao nível profissional.

    Além de seu famosíssimo Jack Sparrow na saga Piratas do Caribe, Johnny Depp foi uma grande estrela nos anos 90 e 2000 pelas mãos de Edward Mãos de Tesoura, A Fantástica Fábrica de Chocolate e Alice no País das Maravilhas, enquanto Leonardo DiCaprio se tornou um dos melhores atores das últimas décadas. Sempre elogiado em suas atuações, o astro de Titanic e Romeu + Julieta há muito deixou de ser um ídolo teen para se tornar seis vezes indicado ao Oscar e um dos favoritos dos grandes cineastas como Martin Scorsese ou Quentin Tarantino.

    Mas, sabia que Johnny Depp e Leonardo DiCaprio trabalharam juntos? Aconteceu apenas uma vez e foi no filme Gilbert Grape — Aprendiz de Sonhador, dirigido por Lasse Hallström e lançado em 1994.

    Gilbert Grape - Aprendiz de Sonhador
    Gilbert Grape - Aprendiz de Sonhador
    Data de lançamento 15 de julho de 1994 | 1h 58min
    Criador(es): Lasse Hallström
    Com Johnny Depp, Leonardo DiCaprio, Juliette Lewis
    Usuários
    4,4
    Assista agora em HBO Max

    Nele, Johnny Depp interpretou o protagonista, Gilbert Grape, um jovem que tem que sustentar sua humilde família, enquanto Leonardo DiCaprio, bem mais jovem, interpretou seu irmão mais novo, Arnie Grape. Por esse filme, DiCaprio receberia sua primeira indicação ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante.

    DiCaprio tinha apenas 19 anos na época e já revelava ter um talento especial que ia muito além de sua atratividade física. Depp, porém, já tinha mais de 30 anos e, embora o melhor de sua carreira ainda estivesse por vir, já havia sido bem elogiado por Edward Mãos de Tesoura.

    De sua experiência com DiCaprio no set de Gilbert Grape — Aprendiz de Sonhador, Johnny Depp falou em uma ocasião e, pelo que disse, não se comportou muito bem com o talentoso ator em ascensão. Ele afirma que o ator de Titanic o deixou um pouco nervoso, segundo suas declarações à Cosmopolitan em 2016.

    Foi um momento difícil para mim, aquele filme, por algum motivo. Não sei por quê. Eu o torturei. Realmente o fiz. [Leonardo DiCaprio] estava sempre falando sobre esses videogames, sabe?

    Com o passar do tempo, Depp é perfeitamente capaz de reconhecer que não o tratou bem e parece que se arrepende. Agora, só tem elogios a ele, principalmente pelo brilhante trabalho que fez no filme: "A verdade absoluta é que respeito muito o Leo. Ele trabalhou muito nesse filme e passou muito tempo pesquisando."

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top