Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    A Semana da Minha Vida
    Críticas AdoroCinema
    2,5
    Regular
    A Semana da Minha Vida

    Música, fé e paixão

    por Katiúscia Vianna
    A Netflix tem sucesso quando o assunto é filmes teen. A partir de obras populares como A Barraca do Beijo e Para Todos os Garotos que Já Amei, ela pode se comunicar com uma parcela do público que andava meio esquecida pelo mercado. Mesmo longas coming of age aclamados como Quase 18Fora de Série não conseguiam alcançar uma grande audiência, algo que a plataforma faz muito bem. Porém, o serviço de streaming pretende abrir seus horizontes com sua nova aquisição, pois A Semana da Minha Vida fala diretamente com o jovem cristão.

    A trama acompanha o jovem rebelde Will (Kevin Quinn) que, após uma confusão com a polícia, tem apenas duas opções: ir para o centro de detenção juvenil ou participar de um acampamento cristão. Optando pela segunda chance, ele vai para o local de férias, relutantemente, mas começa a ganhar interesse quando conhece Avery (Bailee Madison) — filha do líder do lugar. A partir daí, começa uma história com romances, autodescoberta e fé.

    A Semana da Minha Vida é o novo High School Musical?



    O grande diferencial de A Semana da Minha Vida é que trata-se de um musical, cuja boa parte da trilha é composta por canções famosas cristãs. O objetivo do filme é apresentá-las para uma nova geração, ganhando uma roupagem mais pop — que combina com o clima de diversão da juventude que um acampamento de férias se propõe a fazer. Tendo dito isso, as versões vão te entreter, mas você não deve sair cantarolando, ficando com as músicas na cabeça por dias a fio.

    A única que ganha uma performance mais marcante é o cover de "Place in this World", que se torna um momento importante do filme, tão visto em suas fotos promocionais. Além disso, existem quatro faixas inéditas, produzidas por Adam Watts (High School Musical 3), mas também ficam meio apagadas. O que faz um bom musical é quando suas canções ajudam a contar a história, são essenciais para avançar determinada jornada - o que não acontece aqui.

    A verdade é que, apesar do filme ter uma pegada bem leve, se torna pouco marcante, com uma direção bem básica de Roman White (responsável por clipes de Taylor Swift e Carrie Underwood). Sua história é simplista demais, acumulando os dramas para tentar resolver tudo magicamente nos 15 minutos finais. A trama vem sendo comparada com High School Musical, só que é mais parecida com os clichês de Camp Rock ou Teen Beach Movie.

    A Semana da Minha Vida possui uma trama simples demais



    A Week Away (no original) quer passar uma mensagem sobre o poder do amor e da fé, então foca bem nesses aspectos, deixando de lado outras coisas, como sutileza ou complexidade. Não faz questão de responder as dúvidas de Kevin sobre Deus, pois qualquer questionamento é resolvido em questão de minutos. Sem falar que somente os dois protagonistas tem "algum" desenvolvimento, enquanto o roteiro exagera no melhor amigo, que é considerado nerd e loser porque tem um mínimo de cultura pop.

    Pelo lado positivo, o elenco funciona, na medida que o roteiro permite. Eles realmente parecem estar se divertindo em cada performance, o que ajuda no clima que o longa quer passar. Kevin Quinn é, basicamente, uma versão 2.0 de Zac Efron (sério, eles são muito parecidos), enquanto Bailee Madison tem o carisma necessário para segurar o papel protagonista. Já o veterano David Koechner (O Âncora) rouba a cena, com umas tiradas boas, interpretando o pai de Avery.

    Por fim, A Semana da Minha Vida não comete os erros de produções do gênero, ficando apenas com duração de uma hora e meia. Sem enrolações, ele conta o que é essencial e vai embora, te dando umas músicas de brinde. Então, se você faz parte do público alvo e quer distrair a mente, divirta-se. Se não é sua praia, o catálogo da Netflix é bem grande, tenho certeza que encontrará algo bacana.


    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema

    Comentários

    Mostrar comentários
    Back to Top