Minha conta
    Bixa Travesty
     Bixa Travesty
    21 de novembro de 2019 No cinema / 1h 15min / Documentário
    Direção: Kiko Goifman, Claudia Priscilla
    Roteiro Claudia Priscilla, Linn da Quebrada
    Elenco: Linn da Quebrada, Jup do Bairro, Liniker de Barros
    Assista agora
    Imprensa
    3,5 3 críticas
    Usuários
    2,4 43 notas e 14 críticas
    Adorocinema
    4,5
    Avaliar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse

    Não recomendado para menores de 18 anos
    O corpo político de Linn da Quebrada, cantora transexual negra, é a força motriz desse documentário que captura a sua esfera pública e privada, ambas marcadas não só por sua presença de palco inusitada, mas também por sua incessante luta pela desconstrução de esteriótipos de gênero, classe e raça. 


    Assista ao filme

    SVOD / Streaming
      GloboplayInscrições
    Veja todas as ofertas de streaming

    Críticas AdoroCinema

    4,5
    Ótimo
    Bixa Travesty

    Algumas mulheres têm pênis

    por Bruno Carmelo
    Para uma artista iconoclasta, um filme iconoclasta. Este documentário brasileiro acompanha o fluxo criativo tão rico quanto anárquico de Linn da Quebrada, cantora, performer e ativista trans. Ela reivindica sua posição de mulher, enquanto preserva o pênis e o evita o implante de seios. O corpo de Linn constitui um ato político, e também o material através do qual constrói a sua arte. Para ela, o masculino e o feminino são questões de identidade, ao invés de genitalidade. Além disso, acredita que os indivíduos são livres para buscarem o prazer onde quiserem, com quem quiserem, do modo que quiserem. Os corpos são livres, fluidos, transformáveis e transformadores. Estas são apenas algumas das ideias de Bixa Travesty, articuladas através de uma estética igualmente libertária. Os cineastas Kiko Goifman e Cláudia Priscilla intercalam apresentações de Linn, trechos de suas reflexões numa rádio
    Ler a crítica
    Bixa Travesty Trailer Original 1:53
    Bixa Travesty Trailer Original
    32.217 visualizações

    Entrevistas, making-of e cenas

    Bixa Travesty Entrevista (1) MC Linn da Quebrada no Festival de Berlim 2018 2:52
    Bixa Travesty Entrevista (1) MC Linn da Quebrada no Festival de Berlim 2018
    848 visualizações
    Bixa Travesty Entrevista (2) Cláudia Priscilla e Kiko Goffman no festival de Berlim 2018 3:53
    Bixa Travesty Entrevista (2) Cláudia Priscilla e Kiko Goffman no festival de Berlim 2018
    164 visualizações
    Cinema brasileiro no Festival de Berlim 2018 1:49
    Cinema brasileiro no Festival de Berlim 2018
    182 visualizações
    Pela web

    Últimas notícias

    Quem é Linn da Quebrada do BBB 22? Cantora já fez filmes e série da Globo; conheça sua carreira
    NOTÍCIAS - Personalidades
    segunda-feira, 17 de janeiro de 2022
    Além de dois álbuns, o currículo da artista inclui o documentário Bixa Travesty e as séries Segunda Chamada e Manhãs de…
    Bacurau lidera indicações ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2020
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    quinta-feira, 27 de agosto de 2020
    A Vida Invisível, Simonal e Turma da Mônica - Laços também surgem na disputa pelo Oscar do cinema nacional.
    Mês do Orgulho LGBTQI+: 5 filmes para celebrar
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    sexta-feira, 5 de junho de 2020
    Produções de diferentes gêneros e nacionalidades para ver em junho.
    Bixa Travesty: Diretores falam sobre como a ideia do filme nasceu ao conhecerem Linn da Quebrada (Entrevista exclusiva)
    NOTÍCIAS - Entrevistas
    sábado, 23 de novembro de 2019
    Documentário foi apresentado no Festival de Berlim em 2018 e está em cartaz nos cinemas brasileiros.
    20 Notícias e Matérias Especiais

    Elenco

    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Caya
    Caya

    Seguir usuário Ler as 2 críticas

    5,0
    Enviada em 7 de dezembro de 2019
    LINN DA QUEBRADA É UMA ARTISTA ÚNICA, UMA Travesti que destruiu pra construir. O filme é uma obra de arte DIRECIONADO A COMUNIDADE LGBTTQIA, héteros chacota fazendo qualquer crítica negativa e justamente pra manter as suas imagens tão sucateadas de macho que já não conseguem mais manter a mente junto ao órgão.... As turnês dela mostram justamente que ela é uma artista completa dentro e fora do país de origem e que seu diário de ...
    Leia Mais
    Diogenes Ruiz
    Diogenes Ruiz

    Seguir usuário Ler a crítica

    5,0
    Enviada em 26 de novembro de 2019
    Impecável. Fotografia, roteiro, tudo!!!!
    Iracema J
    Iracema J

    Seguir usuário 6 seguidores Ler as 48 críticas

    5,0
    Enviada em 30 de janeiro de 2021
    Pseudo documentário experimental, energético, apaixonante e visceral em torno da arte da poetiza, compositora, cantora e atriz transexual Lina Pereira, conhecida como Linn da Quebrada que tem claras influências da banda Secos e Molhados de Ney Matogrosso. A direção de Claudia Priscilla e Kiko Goifman é segura e tem o poder de mexer nas feridas sócio-políticas de forma erótica, fetichista e bem humorada, com a poesia agressiva de Linn e ...
    Leia Mais
    Lilian M
    Lilian M

    Seguir usuário 6 seguidores Ler as 76 críticas

    5,0
    Enviada em 7 de janeiro de 2020
    06.01.20: procure datar suas interpretações de um filme. os melhores filmes costumam nos causar efeitos por anos. (quem esquecerá de Titanic?). Você já assistiu algum filme maluco, que aparentemente parece inusitado, feito para chocar, mas que lá pelas tantas, te faz chorar de tanta emoção? Pois é, eles conseguiram. Na real, esse jovens artistas brasileiros são a luz no fim do túnel. Para os caretas, sugiro assistir em casa, com ...
    Leia Mais
    14 Comentários do leitor

    Fotos

    12 Fotos

    Curiosidades das filmagens

    Honra

    Selecionado para a Mostra Panorama do Festival de Berlim 2018.

    Festival de Berlim

    A obra faz parte da seleção oficial da Mostra Panorama do 68º Festival de Berlim (2018).

    Festival de Brasília

    Longa exibido na mostra competitiva da 51ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.
    curiosidades

    Detalhes técnicos

    Nacionalidade Brasil
    Distribuidor Arteplex Distribuidora
    Ano de produção 2018
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 4 curiosidades
    Orçamento -
    Idiomas Português
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Comentários

    • Jorge Maciel
      Horrendo, horrível, horroroso. Sou cinéfilo, vejo produções norte-americanas, indianas, inglesas, canadenses, argentinas...Esses cineastas metidos a eruditos são uma piada, produção barata (nada a ver com recursos financeiros). Fico aqui prevendo: a menos que seja um gay em conflito, nenhum ser humano vai ver esse lixo. O Brasil tem ótimos atores, cineastas, e ver esse coisa deprime qualquer um que posa pensar em cinema nacional nesses moldes. Há tantos temas, do cotidiano, político, sociais, históricos. O Brasil não é um país com tantos véios cultrurais para produzir coisas desse naipe.
    • Jorge Maciel
      Não compreendo alguns elogiando essa coisa horrorosa. Filme feio, sem argumento, amador, sem luz, sem enquadramento correto, sem um roteiro que valha alguma coisa. Quando será que algum cineasta talentoso e profissional vá produzir algo que preste. O Cinema brasileiro é de medíocre prá baixo. Esse aí, nem tem classificação
    • Paulo Silva
      Espero que não tenha dinheiro dos impostos que eu pago, para financiar essa porcaria
    • Melficeee
      Mas que droga de nome de filme é esse? Outro fracasso, sem dúvidas.
    • Thiago Soares Mota
      LIXO!!! NENHUMA MULHER TEM PÊNIS!!! Só espero que não tenham gastado dinheiro dos impostos que o sofrido povo brasileiro paga com tanta dificuldade pra fazer isso...
    • Paty
      Sem comentários...
    Mostrar comentários
    Back to Top