Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    12 Atores que se recusaram a fazer (algum) sacrifício por determinados papéis
    Por Renato Hermsdorff — 22 de jan. de 2016 às 20:22
    facebook Tweet

    "Não, obrigado".

    Porque, tão comum quanto se recusar a sair de um personagem, é rejeitar a oferta para entrar em um.



    Leonardo DiCaprio não quis se indispor com a viúva de Steve Jobs

    Reuters/ Danny Moloshok
    Não me meta em confusão.

    Depois de quatro indicações ao Oscar e nenhuma estatueta na prateleira Deus, esse assunto de novo, não!, bem que Leonardo DiCaprio poderia ter sido mencionado duas vezes na categoria de melhor ator este ano.

    Isso porque, além da nomeação por O Regresso agora, vai, Leo!, o astro de Titanic estava inicialmente escalado para viver também o papel principal em Steve Jobs, filme que teve um início de carreira conturbado – com a perda do(s) protagonista(s), do diretor e até do estúdio original –, e pelo qual Michael Fassbender disputa o prêmio em 2016.

    DiCaprio não quis se indispor com a viúva do executivo da Apple que, de acordo com reportagem do The Hollywood Reporter, ofendida, fez de tudo para que o projeto não ganhasse as telas de cinema.

    O curioso é que, em uma recente entrevista à Entertainment Weekly, o ator revelou ter recusado os papéis de Anakin Skywalker, em Star Wars: Episódio 2 - Ataque dos Clones (por não se sentir pronto para "mergulhar" naquele universo); de Homem-Aranha, que acabou indo para Tobey Maguire; e Robin, de Batman & Robin (que ficou com Chris O'Donnel).

    Por isso, resolvemos listar 12 casos (DiCaprio incluído) de atores que se recusaram a fazer sacrifícios por determinados papéis. A gente sabe que há mais exemplos, mas julgamos esses bem curiosos.

    Christian Bale não quis engordar (de novo) para viver Enzo Ferrari

    Em Trapaça: Ah, não vou ganhar essa barriga de novo, não.

    Se você clicou no primeiro link, acima, sabe que Christian Bale recusou o mesmo papel de Steve Jobs, pelos mesmos motivos que Leonardo DiCaprio e, dada a indicação ao Oscar de melhor ator coadjuvante por A Grande Aposta este ano, poderia, também, ter sido lembrado duas vezes pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas na mesma cerimônia (considerando que, qualquer um deles que interpretasse o protagonista teria chances reais de ser indicado).

    Mas vamos falar de Enzo Ferrari. Depois de perder quase 30 Kg para O Operário (2004), voltar a ganhar peso para fazer Batman Begins (2005), emagrecer novamente para assumir O Sobrevivente (2006), encorpar para Batman - O Cavaleiro das Trevas (2008), definhar para O Vencedor (2010), malhar para encarar Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge (2012) e engordar um tanto para Trapaça (2013), Bale recusou o papel principal na cinebiografia do criador da icônica escuderia porque precisaria... ganhar peso (em um curto espaço de tempo). O ex? camaleão alegou motivos de “preocupação com a saúde”.

    Mel Gibson não quis encorpar (de novo) para o épico (de novo) Gladiador

    Vê se eu estou com cara de quem está arrependido.

    No Oscar 1996, Coração Valente abocanhou dez indicações – e cinco prêmios: incluindo melhor filme e diretor para Mel Gibson, o grande nome por trás do projeto.

    Quando Ridley Scott resolveu, cinco anos depois, investir em outro épico, Gladiador (outro que se revelou um tremendo papa-Oscar), em quem o diretor de Alien, o 8º Passageiro pensou como protagonista? Sim, Mel.

    O papel, no entanto, exigia um treinamento físico a que Gibson, então com 43 anos, não topou fazer – ainda mais depois de todo o esforço (físico) de Braveheart (no original).

    E o Oscar foi para Russell Crowe, dessa vez.
    facebook Tweet
    Links relacionados
    • 12 atores que se recusam a sair do personagem
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top