Meu AdoroCinema
12 atores que se recusam a sair do personagem
Por Renato Hermsdorff — 16/08/2015 às 13:55
facebook Tweet

Têm aqueles que entram no personagem assim que o diretor grita “ação!”; e têm outros que não saem do papel nem quando estão em casa fazendo aquela maratona de Game of Thrones.

É o tal do “método” – surgido nos palcos norte-americanos nas décadas de 1930/ 1940, a partir dos estudos de Constantin Stanislavski, que consiste, grosso modo, na técnica segundo a qual o ator deve procurar reproduzir em si mesmo os sentimentos e emoções de seus personagens.

Não entendeu? Os exemplos a seguir não vão deixar dúvidas. Sigam-me os bons.

Fonte: BusinessInsider.com

Heath Ledger foi o Coringa.


Algumas pessoas especulam que a dedicação de Heath Ledger ao papel do Coringa de Batman – O Cavaleiro das Trevas (2008) teria o levado à morte – o que configuraria um caso extremo de recusa em sair do personagem.

O fato é que o ator se trancou em seu apartamento por um mês inteiro e dormiu cerca de duas horas apenas por noite durante uma semana de filmagem – porque não conseguia parar de pensar no personagem. Os membros do elenco chegaram a ficar preocupados porque ele se recusava a falar se não fosse como Coringa – mesmo quando não estava filmando, claro.

Eventualmente, Ledger até deixava o apartamento, nos dias de folga, e sempre se dirigia para... o local das filmagens, como contou à Fox News um integrante da equipe. “Ele passeava pelo set assustando todo mundo. Lá para o final das gravações, algumas pessoas disseram pra ele que ele tinha ido longe demais”.

Será mesmo? Heath Ledger faleceu no mesmo ano, antes do lançamento do filme, em decorrência da overdose de medicamentos legais, prescritos após o envolvimento com o trabalho – e o papel rendeu a ele um Oscar póstumo. Mas, a respeito da teoria de que a superdedicação ao personagem teria sido responsável pela morte dele, o próprio pai de Ledger discorda.

Isso [o envolvimento] era típico de Heath em qualquer filme. Ele certamente mergulharia assim em um próximo personagem. Acho que isso era um novo nível", Kim Ledger declarou em depoimento ao documentário alemão Too Young to Die (2014), que traz imagens do “diário do Coringa” da época das filmagens e voltou a ser assunto na imprensa recentemente.






facebook Tweet
Links relacionados
Pela web
Comentários
Mostrar comentários
Siga o AdoroCinema
Matérias especiais recomendadas
Oscar 2019: Confira as apostas do AdoroCinema
NOTÍCIAS - Festivais e premiações
quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019
Oscar 2019: Confira as apostas do AdoroCinema
Guia do Festival de Berlim 2019
NOTÍCIAS - Festivais e premiações
quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019
Guia do Festival de Berlim 2019
Retrospectiva 2018: Momentos marcantes do cinema e das séries
NOTÍCIAS - Visto na Web
sábado, 29 de dezembro de 2018
Retrospectiva 2018: Momentos marcantes do cinema e das séries
Retrospectiva 2018: Os 20 melhores filmes do ano segundo a redação do AdoroCinema
NOTÍCIAS - Lançamentos
sábado, 22 de dezembro de 2018
Retrospectiva 2018: Os 20 melhores filmes do ano segundo a redação do AdoroCinema
Todas as Matérias especiais de cinema
Trailers
Assista ao trailer de Cemitério Maldito
Patrocinado
Vingadores: Ultimato Trailer Legendado
O Último Lance Trailer Legendado
O Ano de 1985 Trailer Legendado
La Cama Trailer Legendado
Sobibor Trailer Legendado
Todos os últimos trailers
Back to Top