Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Rasga Coração
    Rasga Coração
    Data de lançamento 6 de dezembro de 2018 (1h 53min)
    Direção: Jorge Furtado
    Elenco: Marco Ricca, Chay Suede, Drica Moraes mais
    Gênero Drama
    Nacionalidade Brasil
    Ver o trailer
    Assista agora
    Imprensa
    3,6 7 críticas
    Usuários
    3,4 28 notas e 4 críticas
    Adorocinema
    4,5
    notar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Manguari Pistolão (Marco Ricca) é ao mesmo tempo um herói e um homem comum. Atuante na militância em boa parte da vida, agora ele terá que enfrentar o mesmo que seu pai enfrentou: o seu filho Luca (Chay Suede) pretende deixar a faculdade de Medicina e ingressar de vez no movimento hippie. Em um crescente conflito com as escolhas do filho, ele verá seu passado sendo reiventado na figura dele.

    Classificação indicativa a definir por http://www.culturadigital.br/classind.
    Distribuidor SONY PICTURES
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 2018
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 3 curiosidades
    Bilheteria no Brasil 6 042 entradas
    Orçamento -
    Idiomas Português
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Assista ao filme

    Online
    Alugar
    Assista agora
    Veja todos os filmes online

    Críticas AdoroCinema

    4,5
    Ótimo
    Rasga Coração

    A política é feita de afeto

    por Bruno Carmelo
    Existe algo curioso na psicologia das lutas sociais: muito mais difícil do que compreender porque as pessoas se revoltam contra o sistema, é entender porque param de se revoltar. Se a história guarda as trajetórias de militantismo com orgulho ou desdém – dependendo do lado do espectro político em que você se encontre –, pouco se diz sobre o esfacelamento dos movimentos, a dissolução dos grupos e a adesão, ainda que parcial, ao sistema criticado como forma de sobrevivência. Muitos jovens devem ter estudado como começou, e como se desenvolveu, o maio de 1968 na França. Mas de que modo ele terminou? Acima de tudo, que impacto aquele instante produziu nas gerações posteriores? Rasga Coração busca compreender, com generosa dose de afeto, a herança da resistência contra a ditadura militar no Brasil de hoje. O símbolo principal destas gerações é Manguari Pistolão (Marco Ricca), pai de famíli...
    Ler a crítica

    Trailer

    Rasga Coração Trailer 2:41
    Rasga Coração Trailer
    3 088 visualizações

    Entrevista, making-of e cena

    Rasga Coração Entrevista (1) Jorge Furtado, Marco Ricca, Chay Suede e Drica Moraes 5:03
    Rasga Coração Entrevista (1) Jorge Furtado, Marco Ricca, Chay Suede e Drica Moraes
    101 visualizações
    Pela web

    Elenco

    Marco Ricca
    Personagem : Manguari
    Chay Suede
    Personagem : Luca
    Drica Moraes
    Personagem : Nena
    João Pedro Zappa
    Personagem : Manguari Jovem
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Angela S
    Angela S

    Segui-los Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 25 de agosto de 2019
    Vocês estão dando a ficha técnica do filme sem nomes e fotos dos atores negros...no mais, gosto muito do adorocinema. Quanto ao filme, ele é necessário nos dias de hoje!!!
    Alan David
    Alan David

    Segui-los 36 seguidores Ler as 610 críticas deles

    3,5
    Enviada em 8 de dezembro de 2018
    Rasga Coração é o cotidiano, contraponto e choque de gerações, aonde temos narrativa que se sustenta e que se tivessem uns 15 minutos a menos entregaria algo mais fluente, mesmo assim é a prova que se souber construir de forma correta um roteiro... Você consegue entregar uma trama interessante dentro de uma narrativa de ritmo cadenciado. Ficou bom mesmo. Para lê completo no blog ParsaGeeks, acesse o link a seguir: ...
    Leia Mais
    Victor K.
    Victor K.

    Segui-los Ler a crítica deles

    4,0
    Enviada em 9 de dezembro de 2018
    A qualidade técnica do filme (imagem, som e direção) é excelente, assim como o desempenho dos atores e atrizes. A única falha do filme, é que os que não vivenciaram os eventos abordados no filme e relativos às duas gerações subsequentes, tais como como estrangeiros ou cinéfilos mais jovens, não sentirão na pele a emoção dos que viveram os tempos do pai e do filho. Eu teria iniciado o filme com um texto explicatório desses eventos ...
    Leia Mais
    Taína-Cã
    Taína-Cã

    Segui-los Ler as 2 críticas deles

    2,5
    Enviada em 26 de fevereiro de 2019
    Se o roteiro fosse considerado original, poderíamos contar com uma boa obra. No entanto, como se trata da adaptação de uma obra-prima de Oduvaldo Vianna Filho, torna-se imperdoável a omissão de um diálogo fundamental para o sentido da pela, quando Camargo Moço (na peça), defende a postura e o legado de Manguari Pistolão como revolucionário. Isso após seu filho afirmar que ele não aceita ter vivido sem deixar marca de sua presença. No ...
    Leia Mais
    4 Comentários do leitor

    Fotos

    Curiosidades das filmagens

    Baseado nos palcos

    O filme tem como base a peça homônima, de autoria de Oduvaldo Vianna Filho.

    Festival do Rio

    Selecionado para a mostra Première Brasil: Hors Concours da 20ª edição do Festival do Rio.

    Mostra de São Paulo

    O filme é um dos selecionados para a 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

    Últimas notícias

    Dicas do Dia: The Handmaid’s Tale e Kingsman são os destaques
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    sábado, 15 de junho de 2019
    Dicas do Dia: Oito Mulheres e um Segredo e Rasga Coração são os destaques
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    sábado, 27 de abril de 2019
    O Diabo Veste Prada também está na programação.
    Dicas do Dia: Moana - Um Mar de Aventuras e A Proposta são os destaques
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    terça-feira, 5 de fevereiro de 2019
    Velozes & Furiosos: Operação Rio também está na programação.
    9 Notícias e Matérias Especiais

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Thiago Soares Mota
      - 99º filme de 2.019 - Visto em 30/03 (sétimo filme da maratona do cinema nacional)...- Faça tudo pelo seu filho; deixe-o usar vestido, saia e maquiagem; se ele virar vegetariano ou vegano (expressão Nutella) banque esse caro hábito; compre a pasta de babosa para ele escovar os dentes porque as gengivas são sensíveis; ensine a ele a peitar as regras, e não respeitá-las; se ele sofrer bullyng (mais uma expressão Nutella) deixe ele se vitimizar e mande-o ao programa da Fátima Bernardes, etc, etc, etc! Temos aí a receita para criar um monstro! E depois não sabemos o porque do mundo estar criando uma geração de pessoas que se vitimizam por tudo, que só querem direitos, não querem deveres e não aceitam regras! Mas pelo menos aqui nesse filme, temos a esperança de que essa situação pode mudar, quando o pai toma a única atitude que um pai deveria tomar nessa situação! Antes tarde do que nunca! Esse é um filme que poderia ter sido melhor, mas a narrativa com indas e vindas prejudica um pouco o ritmo! Temos aqui um dos personagens mais chatos da história do nosso cinema, o Bundinha (George Sauma), que fica cansativo e repetitivo já na segunda cena! A tentativa da Globo de fazer do Chay Suede um bom ator ainda não está dando resultado, nem a Luisa Arraes consegue evoluir de um papel pro outro! Salvam-se os sempre competentes Marco Ricca e Drica Moraes! Ao final da sessão, somando-se os prós e os contras, temos um filme razoável...- Nota: 5,5/10 (razoável, mas poderia ter sido melhor)...
    Mostrar comentários
    Back to Top