Minha conta
    7 personagens famosos que são LGBTQIAP+ e você provavelmente não sabia
    3 de jul. de 2022 às 15:00
    Gabriel Magarão
    Gabriel Magarão
    -Redator
    Apaixonado por cinema de terror, séries de comédia e Julia Louis-Dreyfus

    Com cenas sutis e dicas implícitas, o roteiro mostrou que esses sete personagens amados da cultura pop são LGBTQIAP+. Você conseguiu perceber?

    Embora a diversidade LGBT no cinema e na televisão ainda não seja ideal, ela certamente aumentou nos últimos anos. Hoje temos alguns ótimos exemplos de séries e filmes com protagonismo LGBTQIAP+. Mas muitos personagens conhecidos do público tiveram suas orientações sexuais apenas implícitas e, por isso, talvez tenha passado batido por alguns fãs.

    Mês do Orgulho LGBT: Os filmes e séries preferidos da redação do AdoroCinema sobre gênero e sexualidade

    Seja pela época da série ou simplesmente porque os roteiristas não sentiram necessidade de assumir suas sexualidades, esses protagonistas tiveram parte de suas vidas apenas implícitas em cena, mas definitivamente não são heterossexuais. Relembre sete personagens famosos que você provavelmente não sabia que são LGBTQIAP+.

    PHOEBE BUFFAY

    Durante as dez temporadas, Friends não trouxe muita diversidade em seu elenco principal. Mas o que muitos não sabem, é que pelo menos um membro dos seis amigos, na verdade, era bissexual. Embora o público conhece apenas os relacionamentos românticos de Phoebe com o gênero oposto, em diversas ocasiões, Friends dá indícios inegáveis que a personagem não é heterossexual.

    Na sétima temporada, quando a prima de Monica vem visitá-los para o casamento, assim como Ross e Chandler, Phoebe também fica completamente encantada pela beleza de Cassie, completamente sem reação quando a vê pela primeira vez e considera até mesmo convidá-la para sair. Em outro episódio, Phoebe encontra Monica em seu apartamento esperando por Chandler com um vestido sensual e não consegue disfarçar o desejo pelo corpo da amiga.

    GUS FRING

    Lembrado como um bem-sucedido empresário do ramo alimentício e um traficante implacável, Gus Fring não teve sua vida pessoal explorada com tanta profundidade. Durante as temporadas em que esteve presente em Breaking Bad e, posteriormente, em Better Call Saul, ficou claro como Gus é um homem extremamente estrategista e inteligente, mas também cruel e desumano.

    Mas seu lado sentimental aparece em seu relacionamento com Max Arcienega. Embora a série nunca deixe completamente exposto a relação entre os dois, fica implícito que os dois eram mais que apenas amigos e parceiros de negócios. O próprio criador Vince Gilligan afirmou que se o público os visse como um casal homoafetivo não estariam errados.

    Mesmo sendo apenas subentendido, Gus ainda é um personagem importante por fugir de estereótipos mais óbvios, especialmente em um momente onde produções com protagonismo LGBT negro ainda eram escassas.

    CHUCK BASS

    Diferente da antecessora, o reboot de Gossip Girl tem bastante diversidade em seu elenco. Mas mesmo não sendo muito diversa, nem todos os protagonistas da série original eram heterossexuais.

    Chuck sempre foi apresentado em Gossip Girl como um mulherengo, com a única exceção sendo relacionamento com Blair Waldorf. Mas embora tenha feito muito sucesso com as mulheres durante as seis temporadas da série, Chuck também teve encontros com homens.

    Durante o quarto episódio da terceira temporada, depois que beija um cara para ajudar a namorada em um de seus esquemas, Chuck afirma que aquela não é a primeira vez que se relaciona com alguém do mesmo gênero. E como os fãs mais fiéis devem lembrar, nos livros de Cecily Von Ziegesar o personagem é abertamente bissexual.

    LISA SIMPSON

    Conhecida por ser a pessoa mais inteligente de sua família, Lisa Simpson também não é heterossexual. Mesmo tendo apenas oito anos, durante as mais de trinta temporadas de Os Simpsons, vemos Lisa ter alguns relacionamentos românticos ao decorrer da série, em especial com Millhouse e Nelson.

    Mas em uma das sequências de abertura da animação, temos acesso ao futuro da família Simpson através de fotos comemorativas e é possível perceber em algumas delas que Lisa tem relacionamentos românticos com outras mulheres, provando que eventualmente Lisa irá se assumir bissexual.

    Viva o amor! 25 casais LGBT marcantes do cinema
    XENA E GABRIELLE

    Uma das maiores heroínas da televisão, Xena é lembrada por ser excelente em combate e sempre vencer seus inimigos. Mas o que alguns fãs podem não ter percebido é a intensidade do relacionamento entre a princesa guerreira e sua fiel companheira Gabrielle. 

    Durante as seis temporadas, o roteiro nunca deixa explícito a natureza da relação entre as duas, mas em diversas ocasiões é possível notar como Xena e Gabrielle nutrem muito mais que apenas uma forte amizade uma pela outra. A própria atriz Lucy Lawless, intérprete de Xena, afirmou que as duas eram, de fato, um casal. 

    BOB BELCHER

    Durante as primeiras temporadas de Bob’s Burgers, é fácil para o público acreditar que Bob seja heterossexual como tantos outros patriarcas de séries de comédia. Mas durante o quinto episódio da quarta temporada de animação fica claro que o pai da família Belcher também tem interesse em pessoas do mesmo gênero.

    Depois de precisar voltar ao mercado inúmeras vezes para comprar um novo peru de Ação de Graças, o atendente do açougue acredita que Bob está interessado nele. Após ser convidado para sair com o homem, Bob fica inicialmente pensativo, porém obviamente rejeita por ser casado. Mas revela que de qualquer forma não daria certo entre os dois, pois o açougueiro é bonito demais para ele. Assim, deixando explícito que se fosse solteiro, definitivamente haveria uma possibilidade ali.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top