Minha conta
    Allison Mack, atriz de Smallville, pede desculpas por envolvimento em seita sexual
    Por Vitória Pratini — 26 de jun. de 2021 às 17:22

    Relembre o caso que virou tema de The Vow, série documental da HBO.

    caso da seita de escravas sexuais organizada pela atriz de SmallvilleAllison Mack, ganhou mais um capítulo. A estrela, que interpretou a queridinha Chloe Sullivan na popular série de TV dos anos 2000está em prisão domiciliar há três anos por envolvimento com tráfico sexual e conspiração de trabalho escravo. Agora, ela quer que sua pena seja renunciada pois está completamente focada em sua reabilitação, afirmando ter sofrido uma espécie de lavagem cerebral. A atriz ainda se desculpou por suas ações. Confira abaixo.

    Entenda o caso bizarro da seita sexual
    Everett Collection

    Allison Mack se declarou culpada em abril de 2019 diante das acusações. De acordo com uma investigação do FBI, a atriz teve papel essencial no esquema criminoso de Keith Raniere, que passou duas décadas explorando vítimas de tráfico sexual, usando a organização NXIVM como fachada, em locais como Estados Unidos, México, Canadá e América do Sul. Mack chamava garotas para participar de um suposto grupo de empoderamento feminino e um programa de autoajuda. Inclusive, algumas informações apontam que ela tentou recrutar nomes de Hollywood, como Emma Watson e Kristin Kreuk, a Lana Lang de Smallville. Além de sofrerem abuso sexual, algumas participantes até se submeteram à mutilação por meio da marca humana de um símbolo que incorporou as iniciais de Raniere, como se fossem gado.

    9 documentários sobre crimes reais que vão te deixar chocado
    Atriz de Smallville afirma estar focada em sua reabilitação

    Allison Mack e seus advogados pediram a um juiz federal que renunciasse à pena de prisão por seus crimes em conexão com Keith Raniere e o caso do culto sexual NXIVM, dizendo que sua vida foi "revertida" depois de se reconectar com sua família e estudar na Universidade de Califórnia em Berkeley.

    De acordo com informações da Variety, o memorando de condenação de Mack enfatiza que ela renunciou totalmente à sua crença em Raniere. A atriz está em prisão domiciliar na casa de sua família em Orange County há mais de três anos e está "seriamente dedicada à sua reabilitação", segundo os documentos. Os promotores buscam uma mudança na condenação, já que as diretrizes exigem uma sentença de 14 a 17 anos.

    Allison Mack em Smallville.

    Desde sua prisão em abril de 2018, Mack, 38, trabalhou para uma empresa de catering, obteve um diploma de associado de uma faculdade comunitária não identificada e se inscreveu para obter um diploma de bacharel na Universidade de Berkeley.

    Como tal, Mack "respeitosamente pede ao Tribunal que lhe permita continuar neste caminho de crescimento e reforma impondo uma sentença sem encarceramento, e que lhe permitiria continuar seus estudos acadêmicos."

    Confira 10 famosos que possuem "hábitos estranhos"
    Allison Mack pediu desculpas por seu envolvimento na seita e diz ter sofrido "lavagem cerebral completa"

    Em uma carta ao juiz que foi arquivada com os documentos de condenação, Mack se desculpou por suas ações. "Agora é de suma importância para mim dizer, do fundo do meu coração, sinto muito", afirma a carta da atriz. "Eu me joguei nos ensinamentos de Keith Raniere com tudo o que tinha. Eu acreditava, de todo o coração, que sua orientação estava me levando a uma versão melhor e mais iluminada de mim mesma. Dediquei minha lealdade, meus recursos e, no final das contas, minha vida a ele. Este foi o maior erro e arrependimento da minha vida."

    "Com a lavagem cerebral completa, a Sra. Mack concordou com as fantasias doentias de Raniere e, para seu pesar interminável, tornou-se um 'mestre' e também uma 'escrava' de Raniere. O fato de Raniere ter sido capaz de transformar a Sra. Mack em uma agente de trauma é terrível, mas consistente com a estrutura e função de cultos como o NXIVM", afirma o memorando, dizendo que a atriz levou alguns meses para sair das garras de Raniere. "Agora que as vendas do culto NXIVM foram removidas, a Sra. Mack reconhece que suas ações foram abomináveis. A Allison Mack de hoje mal reconhece quem ela era durante aqueles tempos sombrios", diz o documento.

    Keith Raniere foi condenado a 120 anos de prisão na mesma época, após sua condenação por tráfico sexual, conspiração e extorsão. Além dele, vários outros ligados ao NXIVM foram condenados por extorsão e outras acusações.

    Seita sexual com atriz de Smallville foi tema da série The Vow

    caso da seita NXIVM ganhou as telas na série documental da HBO, The Vow, que estreou em agosto do ano passado. A produção já foi renovada para a segunda temporada.

    seita de Keith Raniere também foi tema do telefilme ficcional Escaping the NXIVM Cult, inspirado no livro "Captive", de Catherine Oxenberg, que conta a história real de uma atriz cuja filha acabou sendo recrutada para o tal culto.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top