Minha conta
    Gal Gadot comenta acusações de abuso e canibalismo contra Armie Hammer
    Por Vitória Pratini — 11 de mai. de 2021 às 12:54

    Os dois atores contracenam juntos em Morte no Nilo, continuação de Assassinato no Expresso do Oriente.

    Gal Gadot voltou ao papel de Mulher-Maravilha na versão de Zack Snyder de Liga da Justiça. Mas a atriz tem alguns projetos que ainda não foram lançados, como Cleópatra e Morte no Nilo, continuação de Assassinato no Expresso do Oriente. O problema é que este último filme está com destino incerto, já que um de seus atores principais é Armie Hammer, que recentemente foi acusado de canibalismo e está sendo investigado por agressão sexual. Gadot comentou a polêmica envolvendo o colega de elenco.

    Gal Gadot comenta acusações de estupro de Armie Hammer

    "É muito complexo", disse Gadot ao portal isralense N12. "Se a verdade é que ele fez coisas, não importa [se ele é famoso], a pessoa tem que pagar o preço por suas ações e assumir a responsabilidade. Não sei o que vai acontecer", disse a atriz em relação ao caso e ao filme Morte no Nilo.

    Hammer já abandonou diversos projetos nos cinemas e na TV desde que as acusações vieram à tona e também foi dispensado pela agência que o representava. O astro de Me Chame Pelo Seu Nome tem muitos filmes já gravados, além de Morte no Nilo, incluindo Crisis, ao lado de Gary Oldman e Evangeline Lilly, e Next Goal Wins, comédia de Taika Waititi.

    Entenda o caso de Armie Hammer

    No início deste ano, vazaram online supostas mensagens que Armie Hammer enviou no Instagram — muitas das quais eram violentas e de natureza sexual. Desde então, o ator também foi acusado de agressão sexual, embora Hammer tenha negado as acusações. Pelo menos três ex-parceiras de Hammer dizem que ele usou suas tendências sexuais como cortina de fumaça, acusando-o de abuso emocional, manipulação e coerção. O astro atualmente está sendo investigado por um caso de estupro em Los Angeles, no qual pode enfrentar até oito anos de prisão.

    Confira 10 famosos que possuem "hábitos estranhos"

    Sua equipe nega qualquer acusação de abuso, afirmando que qualquer interação com qualquer parceiro sexual de sua "completamente consensual no sentido de que foram totalmente discutidas, acordados e mutuamente participativos".

    A polêmica rapidamente resultou na retirada do ator de diversos projetos: a comédia romântica Shotgun Wedding, na qual ele foi escalado para contracenar com Jennifer Lopez; o seriado Gaslit, e a produção televisiva da Paramount The Offer, que acompanha os bastidores do clássico O Poderoso Chefão.

    Morte no Nilo vai ser lançado?

    A continuação de Assassinato no Expresso do Oriente, Morte no Nilo, sofreu alguns atrasos em seu lançamento. A adaptação do livro de Agatha Christie estava originalmente previsto para estrear em 19 de dezembro de 2019, mas foi transferido para 9 de outubro de 2020. Então, durante a pandemia do COVID-19, a produção foi adiada para 23 de outubro e depois para 19 de dezembro do mesmo ano. Em novembro passado, a Disney retirou Death on the Nile (no original) e Free Guy do cronograma de lançamento, embora o filme tenha sido remarcado para 17 de setembro de 2021. Desde março deste ano, o filme tem uma data de lançamento para 11 de fevereiro de 2022.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top