Minha conta
    Christina Ricci confessa que Johnny Depp lhe explicou o que é homossexualidade quando tinha nove anos
    Por Lucas Leone — 15 de ago. de 2022 às 23:00

    A conversa aconteceu durante as gravações de seu primeiro filme, Minha Mãe é uma Sereia, em que também contracenou com Winona Ryder e Cher.

    Christina Ricci conheceu Johnny Depp quando tinha nove anos, no set de Minha Mãe É uma Sereia (1990). Foi sua estreia nas telonas e em Hollywood, antes de estourar como Wandinha em A Família Addams (1991). Nos anos seguintes, ela retomou a parceria com o futuro astro de Piratas do Caribe em mais três filmes: Medo e Delírio (1998), A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça (1999) e Por Que Choram os Homens (2000). Tendo contracenado tantas vezes, é de se imaginar que Ricci e Depp viveram momentos inusitados nos bastidores.

    De fato, a atriz revelou que foi o próprio Depp quem lhe ensinou sobre homossexualidsde enquanto gravavam Minha Mãe é uma Sereia, também estrelado por Cher e Winona Ryder. Durante uma participação no programa de rádio de Andy Cohen, Ricci contou que, na ocasião, ouviu uma discussão entre funcionários do estúdio e, em um determinado momento, captou a palavra "homofóbico".

    Ela estava no camarim de Winona, que na época namorava Depp, e lhe perguntou o que aquilo significava. Mas a hoje estrela de Stranger Things ficou sem reação. "Ela disse: 'Eu não sei como explicar...', então me colocou no telefone com o Johnny. E ele me explicou", lembrou Ricci.

    Reprodução/Getty Images
    Winona Ryder, Cher e Christina Ricci em Minha Mãe É uma Sereia.

    Segundo ela, o colega de elenco usou os "termos mais simples que existem" para definir a orientação sexual. "Ele falou: 'É quando um homem quer fazer sexo com outro homem. E quando uma mulher quer fazer sexo com outra mulher.' E eu falei: 'Okay'", continuou a atriz.

    Surpreso com a história, o apresentador chamou a atenção para o fato de que Winona poderia simplesmente ter recorrido a Cher, no trailer ao lado, para esclarecer a dúvida de Ricci. Afinal, a cantora é considerada um ícone da comunidade LGBTQIAPN+ e tem uma atuação notável na defesa dos direitos desse grupo.

    Rindo da provocação, a entrevistada concordou: "Sim, eu sei, deveríamos ter corrido para o camarim de Cher."

    Stranger Things: Criadores da série tiveram que reescrever roteiro mais de uma vez por causa de Winona Ryder

    Vale destacar que Ricci poderá ser vista em breve na série Wandinha, spin-off de A Família Addams dirigido por Tim Burton e focado na filha mais velha de Gomez e Mortícia. Jenna Ortega assume a personagem-título, enquanto Luis Guzmán e Catherine Zeta-Jones encarnam seus pais.

    Em relação ao papel de Ricci, ainda não foram divulgadas muitas informações. Sabe-se apenas que ela interpretará uma personagem inédita, e não uma versão adulta da irmã de Feioso. A estreia está marcada para o final de 2022, na Netflix.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top