Minha conta
    Festival Varilux de Cinema Francês divulga filmes e séries selecionados; confira os destaques da programação (Exclusivo)
    31 de mai. de 2022 às 12:01
    Lara Deus
    Lara Deus
    -Coordenadora
    Jornalista e maratonista de séries. Ama descobrir filmes sobre os quais ninguém está falando e fica triste quando os amigos não assistem às suas indicações.

    No evento, que ocorre entre 21 de junho e 6 de julho em cinemas de todo o Brasil, Molière será homenageado.

    O Festival Varilux de Cinema Francês divulgou a seleção para seu 13º ano: serão 17 longas-metragens recentes e sete séries, exibidos entre os próximos dias 21 de junho e 6 de julho em todo o Brasil. Além dos filmes inéditos, o evento recuperará um clássico da França e uma cine-biografia de Molière, dramaturgo homenageado do ano. 

    Esta será a primeira vez em que o evento também exibirá séries feitas para a TV e o streaming. "Há coisas extraordinárias acontecendo fora das salas de cinema: na França, o talento e a criatividade de roteiristas, diretores e atores recentemente também se concentram em séries", explicou Emmanuelle Boudier, codiretora e curadora do evento.

    Confira a seleção, divulgada com exclusividade ao AdoroCinema:

    FILMES INÉDITOS:
    Contratempos, de Éric Gravel;
    Entre Rosas, de Pierre Pinaud;
    Esperando Bojangles, de Régis Roinsard;
    Golias, de Frédéric Tellier;
    King, Meu Melhor Amigo, de David Moreau;
    Kompromat, de Jérôme Salle;
    O Acontecimento, de Audrey Diwan;
    O Destino de Haffman, de Fred Cavayé;
    O Mundo de Ontem, de Diastème;
    O Próximo Passo, de Cédric Klapisch;
    O Segredo de Madeleine Collins, de Antoine Barraud;
    Os Jovens Amantes, de Carine Tardieu;
    Peter Von Kant, de François Ozon;
    Querida Léa, de Jérôme Bonnell;
    Sentinela do Sul, de Mathieu Gérault;
    Um Herói, de Asghar Farhadi;
    Um Pequeno Grande Plano, de Louis Garrel;

    HOMENAGEM AOS 400 ANOS DE MOLIÈRE:
    As Aventuras de Molière, de Laurent TirardAriane Mnouchkine

    CLÁSSICO DO CINEMA FRANCÊS:
    Papai Noel é um Picareta, de Jean-Marie Poiré;

    SÉRIES FRANCESAS:
    As Sentinelas, de Jean-Philippe Amar;
    Cheyenne & Lola, de Eshref Reybrouck;
    A Corda, de Dominique Rocher;
    O Que Pauline Não Diz, de Rodolphe Tissot;
    Ópera, de Cécile Ducrocq e Benjamin Adam;
    Síndrome E, de Mathieu Missoffe;
    Jogos de Poder, de Jean-Xavier de Lestrade e Antoine Lacomblez.

    A vinheta do Festival, que anuncia os selecionados, é embalada pela música “The Party”, de autoria de Olivier e Claire Manchon. Ela faz parte da trilha sonora de Esperando Bojangles, uma das atrações deste ano. Assista: 

     

    Onde assistir ao Festival Varilux de Cinema Francês?
    As Aventuras de Molière

    Por enquanto, ainda não há a confirmação de onde a programação do Festival Varilux de Cinema Francês será exibida. Em 2021, foram 49 cidades e 94 cinemas de todo o País. A delegação de artistas ligados ao cinema, tradicionalmente trazida pela organização, desembarcará no Rio de Janeiro e em São Paulo. 

    Festival Varilux de Cinema Francês: Ator de Sex Education e filme sobre negacionismo marcam abertura do evento (Entrevista)
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top