Minha conta
    Entenda como Sam Raimi, de Doutor Estranho 2, revolucionou o cinema de super-heróis e o terror
    16 de mai. de 2022 às 01:02
    Bruno Botelho dos Santos
    Bruno Botelho dos Santos
    -Redator | crítico
    Bruno é redator e crítico do AdoroCinema, que divide seu tempo na cultura pop entre tomar susto com os mais diversos filmes de terror, assistir os clássicos do cinema ou os grandes blockbusters e enaltecer o trabalho de David Lynch e Stanley Kubrick.

    Sam Raimi mistura sua experiência no cinema de terror e com super-heróis em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura.

    Doutor Estranho no Multiverso da Loucura marca o retorno do diretor Sam Raimi ao cinema de super-heróis, onde ele ficou conhecido por comandar a trilogia do Homem-Aranha estrelada por Tobey Maguire. Mais do que isso, a sequência de Doutor Estranho no Universo Cinematográfico Marvel também aproveita a maestria de Sam Raimi em trabalhar com o cinema de terror, onde ele iniciou sua carreira e marcou 

    Sam Raimi deixou sua marca no terror com A Morte do Demônio 

    Uma Noite Alucinante - A Morte do Demônio (1981) é considerado um dos melhores filmes do terror de todos os tempos e partiu de um curta-metragem chamado Within the Woods, sendo realizado com baixo orçamento logo no começo da carreira de Sam Raimi, com todos as limtações – mas muita criatividade. 

    Ao longo dos anos, o filme se tornou um clássico cult e um dos mais influentes dentro do gênero por diversos motivos, desde seus efeitos práticos de maquiagem e animações em stop-motion até sua capacidade de misturar terror com comédia, sem falar no estilo de filmagem de Sam Raimi e a presença de Ash Williams (interpretado por Bruce Campbell), que se tornou uma figura icônica no cinema de terror.

    A Morte do Demônio se tornou uma franquia com duas sequências, Uma Noite Alucinante 2 (1987) e Uma Noite Alucinante 3 (1993), um remake de 2013 e a série Ash vs Evil Dead, que acompanha Ash décadas depois de suas caça a monstros e demônios. Depois que Raimi comandou a trilogia do Homem-Aranha, ele retornou para suas raízes do cinema trash com Arraste-me para o Inferno (2009), onde o diretor mostra sua maestria em mesclar humor com terror com o seu melhor em cenas criativas, assustadoras e excêntricas.

    Importância do Homem-Aranha de Sam Raimi e seu retorno em Doutor Estranho

    Sam Raimi sempre foi fã de quadrinhos e super-heróis e criou para os cinemas um herói que poderia alterar sua aparência, inspirado nos monstros da Universal dos anos 30: Darkman. O filme Darkman - Vingança Sem Rosto (1990) mostrou que Sam Raimi era capaz de comandar um filme grande de super-herói e realizou seu sonho ao ser escolhido para comandar um longa-metragem do Homem-Aranha.

    Homem-Aranha (2002), com direção de Sam Raimi, é um dos filmes que mudaram o gênero de super-heróis para sempre e teve um papel fundamental para estabelecer os moldes iniciais para essas produções como conhecemos hoje em dia, ao lado de Blade, o Caçador de Vampiros (1998) e X-Men - O Filme (2000).

    O filme deu início à obsessão pelo Homem-Aranha nas telonas e, muito antes do Universo Cinematográfico Marvel, estabeleceu os moldes para os filmes de heróis como acompanharíamos atualmente, com uma produção capaz de conquistar um público gigante e impactando a cultura popular. Raimi conseguiu com Homem-Aranha apresentar sua personalidade única com personagens bem desenvolvidos e cenas heróicas icônicas. Depois disso, viram duas sequências: Homem-Aranha 2 (2004), que conseguiu superar o primeiro em qualidade, e Homem-Aranha 3 (2007), um fracasso de crítica que frustrou muito o diretor.

    Depois de tantos anos, Sam Raimi retorna ao cinema de super-heróis como o diretor de Doutor Estranho no Multiverso da Loucura. Melhor ainda, o filme mostra o diretor em sua melhor forma, unindo seu conhecimento com super-heróis de Homem-Aranha (e sua relação com os quadrinhos) com suas raízes no terror de A Morte do Demônio e Arraste-me para o Inferno. Mesmo se tratando do MCU, Raimi apresenta a criatividade de sempre e abusa de elementos do terror, assim como referências para suas próprias obras no gênero, como a presença zumbis, maldições + livro amaldiçoado (Darkhold - Necronomicon) e até mesmo a presença de seu amigo Bruce Campbell como uma das participações especiais.

    Seja no terror ou com super-heróis (e até mesmo ambos ao mesmo tempo), Sam Raimi sempre mostrou em sua carreira, e continua mostrando, que é um dos diretores com mais criatividade e autoralidade em uma indústria do cinema com cada vez menos ousadia e personalidade. Obrigado por tudo, Sam Raimi!   

    Doutor Estranho no Multiverso da Loucura
    Doutor Estranho no Multiverso da Loucura
    Data de lançamento 5 de maio de 2022 | 2h 06min
    Criador(es): Sam Raimi
    Com Benedict Cumberbatch, Elizabeth Olsen, Chiwetel Ejiofor, Benedict Wong, Xochitl Gomez
    Imprensa
    3,3
    Usuários
    4,1
    Adorocinema
    4,0
    Assista agora em Disney +
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top