Minha conta
    Will Smith finalmente vai ganhar o Oscar por King Richard? Entenda as chances do ator na premiação
    Por Bruno Botelho dos Santos — 2 de dez. de 2021 às 11:44

    Will Smith interpreta Richard Williams no filme King Richard: Criando Campeãs, o pai das tenistas Vênus e Serena Williams.

    King Richard: Criando Campeãs estreou nos cinemas brasileiros e apresenta o ator Will Smith no papel principal da cinebiografia que conta a história real de Richard Williams, o pai das tenistas Vênus Williams e Serena Williams. Smith já foi indicado ao Oscar duas vezes em sua carreira, mas nunca saiu vitorioso, e deve receber sua terceira indicação na premiação por sua atuação em King Richard – uma das mais elogiadas da temporada. Será que Will Smith finalmente vai ganhar seu primeiro Oscar em 2022?

    Will Smith faz doações a colegas após decisão polêmica de estúdio: Ator investiu 40 milhões de dólares em novo filme

    As duas primeiras indicações ao Oscar de Will Smith vieram com interpretações de personagens da vida real no cinema: o boxeador Cassius Clay/ Muhammad Ali no filme Ali (2002) e Christopher Gardner em À Procura da Felicidade (2006), o que são bons indícios para as chances do ator ser indicado novamente. 

    Quais são as chances de Will Smith ganhar o Oscar por King Richard?

    King Richard: Criando Campeãs é um filme biográfico inspirado em Richard Williams, pai das famosas tênistas Serena Williams e Venus Williams. Destinado a fazer de suas filhas futuras campeãs de tênis, Richard (Will Smith) usa métodos próprios e nada convencionais, seguindo sua visão clara que construiu para as filhas Serena (Demi Singleton) e Venus (Saniyya Sidney). Determinado, o pai das garotas vai fazer de tudo para fazer com que elas saiam das ruas de Compton para as quadras do mundo todo.

    Na categoria de Melhor Ator no Oscar 2022, Will Smith provavelmente vai enfrentar atores que foram indicados anteriormente, e até mesmo sairam vencedores, na premiação. Nomes como Andrew Garfield (Tick, Tick…Boom!), Benedict Cumberbatch (Ataque dos Cães), Joaquin Phoenix (C'mon C'mon) e Denzel Washington (A Tragédia de Macbeth) são os mais cotados. Apesar de mostrar como uma ano concorrido e difícil de prever, o desempenho de Will Smith coloca ele como um dos favoritos para sair vitorioso.

    A atuação de Will Smith em King Richard: Criando Campeãs é, sem dúvidas, o maior desempenho de sua carreira, o que se mostra como a melhor chance do ator sair vitorioso do Oscar (até o momento). No filme, ele ganha destaque pela perfeição vocal e física em interpretar Richard Williams, conseguindo passar toda a metodologia, determinação e inspiração dele ao público. Esse retrato perfeito no cinema de figuras da vida real coloca um favoritismo em Smith pelo prêmio de Melhor Ator no Oscar. Isso acontece pelo histórico da Academia em premiar as atuações de destque em cinebiografias: sete dos últimos onze vencedores de Melhor Ator eram de cinebiografias, o que é um bom indício para uma vitória de Will Smith.

    Em entrevista ao The Graham Norton Show, Will Smith comentou sobre seu papel em King Richard. "Foi uma oportunidade para mergulhar na vida desta família e passar um tempo descobrindo sua história incrível. Ele previu que Venus e Serena seriam as jogadoras de tênis femininas número um e número dois do mundo dois anos antes eles nasceram! Ele escreveu um plano de 78 páginas. Foi uma profecia realmente maluca e tão incrível que é difícil de compreender", disse o ator, que também revelou que Venus e Serena Williams esperaram até assistir ao filme para dar sua bênção para a produção.

    King Richard: Criando Campeãs está em exibição nos cinemas brasileiros.

    King Richard: Criando Campeãs
    King Richard: Criando Campeãs
    Data de lançamento 2 de dezembro de 2021 | 2h 18min
    Criador(es): Reinaldo Marcus Green
    Com Will Smith, Saniyya Sidney, Demi Singleton, Jon Bernthal, Aunjanue Ellis
    Usuários
    4,0
    Adorocinema
    4,0
    Ver sessões
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top