Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Diretores de Vingadores: Ultimato não consideravam a história de WandaVision
    Por Bruno Botelho dos Santos — 2 de mar. de 2021 às 11:21
    facebook Tweet

    Os Irmãos Russo fecharam um ciclo em Ultimato e não pensavam nas próximas produções para montar sua história.

    A Marvel sempre planejou seus filmes com muito cuidado, conectando diversas produções com precisão impressionante. Vingadores: Guerra InfinitaVingadores: Ultimato marcou o fim de um ciclo para os super-heróis e tiveram que considerar os eventos de cada história ambientada no Universo Cinematográfico Marvel que veio antes de seu lançamento. WandaVision deu o pontapé inicial na Fase 4 do UCM e acompanha a história concluída em Ultimato e muitas outras produções da Marvel estreladas por Wanda (Elizabeth Olsen) e Visão (Paul Bettany), mas os roteiristas e diretores das duas partes dos Vingadores não tiveram que olhar para o futuro, de forma alguma, então a história da série do Disney+ não foi considerada durante suas produções.

    "Uma das melhores coisas sobre nosso trabalho em Ultimato foi dar uma sensação de encerramento para uma jornada que estava se desenrolando até aquele momento", disse o co-diretor de Vingadores: Ultimato Anthony Russo ao ComicBook.com em uma entrevista exclusiva.

    "A única coisa sobre o Ultimato para nós que era diferente de Soldado InvernalGuerra Civil e Guerra Infinita é que não tínhamos que pensar sobre o que aconteceu depois dele. E, na verdade, essa foi uma coisa mutuamente acordada que chegamos com a Marvel, porque foi isso que nos libertou, e também estou falando pelos [escritores Christopher] Markus e [Stephen] McFeely, o que os libertou também para pensar sobre o fechamento, pense sobre um fim ao invés de pensar sobre onde ele vai a seguir. E acho que foi realmente um presente criativo para nós. E nós usamos isso."

    WandaVision explica melhor vingança de Capitã Marvel contra Thanos

    WandaVision não era planejada durante produção de Vingadores: Ultimato

    Ou seja, os escritores e cineastas que atualmente contam a história de WandaVision no Disney+ simplesmente receberam o fato de que Visão foi morto em Guerra Infinita pelo vilão Thanos (Josh Brolin) e trabalharam com isso. Os Irmãos Russo e sua equipe de roteiristas não precisaram matar o personagem como meio de montar a nova história, ela surgiu da necessidade de fazer uma produção para desenvolver melhor os personagens Wanda e Visão.

    "Como contadores de histórias, não sei se poderíamos ter feito tão bem com o Ultimato se estivéssemos pensando em um futuro", explicou Anthony Russo. "Então, Ultimato era para trazer tudo para um fim. E sabíamos no fundo de nossas mentes que outra pessoa iria levar isso adiante. Kevin [Feige], a equipe e outros cineastas, haveria pessoas que encontrariam uma maneira de retomar os fios e levar uma narrativa de maneiras maravilhosas como WandaVision. Mas não, não estávamos pensando nisso. E acho que foi um grande presente para nós."

    O próximo trabalho de Joe Russo e Anthony Russo é Cherry, filme original da Apple TV+ que vai acompanhar um ex-médico do exército que sofre de transtorno de estresse pós-traumático ao retornar do Iraque. Ao tentar com a doença, ele vira assaltante de bancos para sustentar seu vício em drogas que o deixa endividado. Ele será protagonizado por Tom Holland, o Peter Parker do UCM, que estará em uma das quatro produções da Marvel para 2021, Homem-Aranha 3.

    As próximas produções da Disney+ serão Falcão e o Soldado Invernal, seguidos por Loki de Tom Hiddleston em 11 de junho, Hawkeye e Ms. Marvel. Nos cinemas, os próximos lançamentos do estúdio são Viúva Negra, Shang-Chi e a Lenda dos Dez AnéisOs Eternos e Homem-Aranha 3, que ganhou seu título de No Way Home.

    Os Eternos: Thanos pode aparecer em filme do novo grupo da Marvel?

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top