Minha conta
    Capitã Marvel: Jude Law pode interpretar dois personagens (Teoria)
    Por Vitória Pratini — 3 de jan. de 2019 às 18:30

    Amigo ou inimigo?

    O próximo filme do Universo Cinematográfico Marvel a chegar aos cinemas será Capitã Marvel. Enquanto os fãs seguem empolgados com o primeiro longa do estúdio protagonizado por uma heroína, ainda há uma pergunta que não quer calar: quem é o personagem que Jude Law interpreta?

    Uma teoria sugere que Law vá interpretar dois personagens distintos em Capitã Marvel. Tanto Mar-Vell quanto Yon-Rogg. Ou, no caso, uma mistura dos dois. Uma diferença brutal que definiria se ele é um vilão ou um herói.

    O que sabemos até agora sobre o personagem de Jude Law

    Marvel

    Mesmo que estejamos cada vez mais próximos da estreia de Capitã Marvel, pouco se sabe sobre o personagem de Law. Ele foi descrito como um líder de uma unidade de elite Kree conhecida como Starforce, uma equipe que está na linha de frente da guerra entre os Kree e o Império Skrull. O Comandante da Starforce parece estar ativo no campo e ter um forte vínculo com os membros de sua equipe; particularmente com Vers — nome de Carol Danvers (Brie Larson) na Starforce.

    Mas ainda não sabemos ao certo seu nome...

    Quando Law foi originalmente escalado para Capitã Marvel, surgiram especulações de que ele estava interpretando o super-herói de Kree, Mar-Vell — o alienígena que, nos quadrinhos, inspirou Carol Danvers a se tornar uma super-heroína. Isso fazia sentido, já que Mar-Vell é um querido personagem dos quadrinhos e está intimamente ligado à origem de super-heróis de Danvers.

    Quem é Mar-Vell?

    Marvel

    Criado por Stan Lee e Gene Colan em 1967, Mar-Vell é um guerreiro Kree que foi enviado à Terra para monitorar a humanidade, e que até traíra seu próprio povo em defesa da raça humana. Ele foi popularizado por Jim Starlin e, em uma estranha reviravolta, é mais conhecido por uma morte icônica e inesquecível dos quadrinhos. A HQ "A Morte do Capitão Marvel" mostrou o herói Kree morrendo após perder uma batalha contra uma forma agressiva de câncer. Mar-Vell foi o primeiro herói a se chamar Capitão Marvel, com Carol Danvers assumindo a identidade em sua homenagem.

    Marvel

    No entanto, tanto a Marvel quanto Law pareciam curiosamente relutantes em confirmar essa informação. Quando um site da Disney nomeou o personagem de Law como Mar-Vell, foi rapidamente editado. Naturalmente, as reticências da Marvel levaram muitos a acreditar que o ator fora escolhido para outro papel.

    Mas qual?

    A teoria mais popular é que Law seja na verdade um personagem Kree chamado Yon-Rogg, que também tem ligações com a história de origem de super-heróis de Carol Danvers. Ao contrário de Mar-Vell, Yon-Rogg é um vilão. Em um arco dos quadrinhos, escrito por Kelly Sue DeConnick a partir de 2012, ele atormentava a heroína, manipulando suas memórias e, finalmente, lhe dando amnésia.

    Quem é Yon-Rogg?

    Marvel

    Yon-Rogg foi o maior inimigo de Mar-Vell. Líder da equipe da Força Expedicionária Kree que se dirigia para a Terra, e fazia parte de uma conspiração sinistra para derrubar a Inteligência Suprema e devolver os Kree aos seus antigos modos de guerra. Ele odiava a humanidade com uma paixão amarga e desejava subjugar a Terra sob o Império Kree.

    Nas HQs, a disputa entre Mar-Vell e Yon-Rogg foi o que levou Carol Danvers a se tornar uma super-heroína. Yon-Rogg tentou usar um dispositivo Kree conhecido como Psyche-Magnetron, e Carol — chefe de segurança em uma instalação da NASA nas proximidades — estava muito perto quando o dispositivo explodiu. Enquanto Yon-Rogg foi dado como morto, posteriormente foi revelado que sua psique estava ligada a de Carol.

    Crescem as evidências...

    Marvel

    Quando o primeiro trailer de Capitã Marvel sugeriu que Danvers tinha perdido a memória, reforçou a teoria de que Law fosse Yon-Rogg.

    Outra evidência que alimenta tal especulação são os produtos temáticos da série. Tanto bonecos Funko quanto figuras de ação da Marvel Legends, da Hasbro, traziam "Yon-Rogg" escrito. Um deles ainda trazia a descrição: "Líder da equipe Starforce, Yon-Rogg é um herói entre os Kree e um ativo fundamental na guerra da Suprema Inteligência contra os Skrulls".

    E se Jude Law for uma mescla dos dois personagens?

    A descrição da Marvel Legends sugere que a Marvel transformou o personagem de Law, misturando Yon-Rogg com alguns aspectos do próprio Mar-Vell.

    Como a versão de quadrinhos de Yon-Rogg, ele é um líder Kree, mas comanda a unidade Starforce de Elite dos Kree. E parece ser extremamente manipulador e, possivelmente, teria influenciado na perda de memória de Carol Danvers.

    Entretanto, as diferenças entre o Yon-Rogg de Capitã Marvel e o dos quadrinhos também são claras. Isso sugere que a Marvel o simplificou ao incorporar alguns elementos do Mar-Vell.

    Marvel

    Como Mar-Vell, esse personagem foi descrito como um herói Kree, confiável e respeitado, e trabalhando em nome da Inteligência Suprema. Até agora, nada sugere que Yon-Rogg tenha planos separados de seus próprios comandantes, muito menos que ele possa estar cometendo traição conspirando contra eles. Além do mais, o relacionamento de mentor e aluna que ele construiu com Carol Danvers parece muito com o clássico Mar-Vell.

    Considerando que, nas HQs, Carol Danvers era originalmente o interesse amoroso de Mar-Vell, ainda é possível que a Marvel aposte em um romance entre Yon-Rogg e Capitã Marvel.

    Seria possível, então, que de fato Law esteja interpretando dois personagens diferentes? Ou que ele realmente tenha morrido e só Carol o veja, já que suas psiques estão ligadas? Ou que um Skrull esteja se passando por ele?

    O que isso significa para Carol Danvers?

    Marvel

    Até agora, a Marvel está tentando vender seu próximo blockbuster como se os Kree fossem heróis e os Skrulls fossem vilões. Na realidade, se de fato Jude Law está interpretando Yon-Rogg, então isso indicaria que ambas as raças alienígenas são más, ou seja, inimigas da protagonista. Carol Danvers é provavelmente uma vítima da manipulação de Yon-Rogg, enganada para servir os Kree. Quando ela descreve a raça como "nobres guerreiros e heróis", isso comprova que ela mesma foi completamente enganada.

    A fusão dos dois personagens parece simplificar Yon-Rogg, mas dá ao seu papel em Capitã Marvel um grau maior de complexidade. Ele pode ser tanto o criador e mentor de Carol Danvers quanto seu agressor e manipulador. Ele supostamente será apresentado como um aliado, um comandante que lidera Starforce na batalha contra os Skrulls e pode até estar em um relacionamento com a heróina.

    Marvel

    Como o movimento #MeToo destacou, muitas vezes os maiores abusadores são pessoas que parecem honrosas, homens que estão em uma posição de autoridade ou confiança, e ainda usam esse poder contra as mulheres. Os trailers ainda revelam uma cena em que Yon-Rogg diz a Carol que ela não é tão poderosa quanto pensa que é — uma tentativa de enfraquecê-la.

    E o que dizem as HQs sobre isso?

    Marvel

    Há um forte precedente de quadrinhos para esse tipo de história envolvendo Carol Danvers. Nas HQs, Carol cresceu vítima de um pai violento, e sua mãe só ficou com a família para sustentar seus filhos. Em um arco dos Vingadores, Carol foi manipulada por uma força cósmica para se tornar sua amante. Os Vingadores, chocantemente, celebraram isso como se fosse um relacionamento estável e permitiram que Carol partisse para as profundezas do espaço com um ser sinistro. Quando Carol finalmente retornou à Terra, ela inicialmente não queria ter nada a ver com os Vingadores, e eventualmente os criticou por suas ações.

    O futuro do UCM é feminino

    Marvel

    Caso esta teoria esteja correta, então, ao combinar Mar-Vell e Yon-Rogg, a Marvel Studios criou um vilão bastante atual: um homem forte e poderoso que se aproveita de uma mulher vulnerável, manipulando-a para que ela faça sua vontade. Ao superar Yon-Rogg, Capitã Marvel também se tornará uma heroína para o nosso tempo, uma defensor do poder feminino contra o abuso.

    Isso tem um impacto enorme na interpretação de Carol Danvers no Universo Cinematográfico Marvel. A origem da Capitã Marvel se torna uma história de abuso, com a protagonista reconhecendo — e vencendo — seus agressores. Em uma celebração do empoderamento feminino. Sem dúvida, esse é o tipo de personagem que Brie Larson adoraria interpretar, e a Marvel tomaria uma decisão muito ousada ao se posteriormente transformar a Capitã Marvel como um dos heróis da linha de frente em Vingadores: Ultimato.

    Temos que aguardar para ver. Capitã Marvel tem estreia marcada para o dia 7 de março. Já Vingadores: Ultimato chegará aos cinemas no dia 25 de abril.

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top