Minha conta
    Festival de Toronto 2015: Filme do diretor de Livre, com Jake Gyllenhaal, vai abrir o festival
    Por Renato Hermsdorff — 28 de jul. de 2015 às 16:55

    Primeira rodada de títulos anunciados conta com quase 50 filmes, incluindo os novos de Ridley Scott, Tom Hooper, Cary Fukunaga, Jia Zhang-ke e Paolo Sorrentino. Está aberta a temporada pré-Oscar!

    Demolition, do diretor canadense Jean-Marc Vallée, produzido pelo canadense Jason Reitman, vai abrir o maior festival canadense de cinema – e um dos mais importantes do mundo. A 40ª edição do Festival Internacional de Cinema de Toronto (TIFF, em inglês) começa em 10 de setembro – e vai até o dia 20 – com a estreia mundial do drama romântico protagonizado por Jake Gyllenhaal, com Naomi Watts e Chris Cooper.

    Antes que acusem a organização do TIFF de bairrismo, vale lembrar que Vallée é o responsável por Clube de Compras Dallas (Oscar de melhor ator e ator coadjuvante para Matthew McConaughey e Jared Leto, respectivamente) e Livre (indicações para Reese Witherspoon e Laura Dern), só para citar os dois últimos anos – ao passo que, sob a batuta de Jason na direção, Juno levou o Oscar de melhor roteiro (Diablo Cody) e Amor Sem Escalas recebeu seis indicações em 2010. Qual o nosso argumento? Reforçar que o Festival de Toronto é o principal termômetro da corrida pré-Oscar. Demolition conta a história de um investidor, Davis (Gyllenhaal), que perde a esposa em um trágico acidente de carro. Apesar dos estímulos do sogro, ele fica desacreditado da vida. A partir de uma situação banal, uma carta de reclamação que ele envia à empresa responsável por uma daquelas máquinas de venda, Davis se aproxima da moça responsável pelo atendimento ao consumidor – papel de Watts. “Vallée tem uma tradição de apresentar personagens fortes, imersos em uma jornada de auto-descoberta e redenção”, justificou Cameron Bailey, diretor artístico do festival. Julianne Moore, Ridley Scott, Eddie Redmayne e até Michael Moore Ao todo foram anunciados 49 títulos – só nesta fase, que os organizadores chamaram de “primeira rodada” –, entre premières mundiais, americanas e canadenses. Os filmes são divididos em duas categorias, as exibições “de gala”, ou seja, com a presença de parte dos realizadores; e “apresentações especiais”. Vale lembrar que o Festival de Toronto não é competitivo. Quer dizer, mais ou menos. Não há um júri oficial, mas o público vota nas melhores produções – que, geralmente, entram forte na disputa do Oscar. Para se ter uma ideia, nos últimos três anos, o público escolheu O Jogo da Imitação (2014), 12 Anos de Escravidão (2013) e O Lado Bom da Vida (2012).

    Entre as 15 galas estão Freeheld, drama com Julianne MooreEllen Page como um casal em luta por seus direitos civis; Perdido em Marte, o ‘Gravidade’ de Ridley Scott; e o novo de Stephen Frears, The Program, cinebiografia de Lance Armstrong. Entre as exibições especiais, Eddie Redmayne chega como a primeira pessoa a se submeter a uma cirurgia de mudança de gênero (The Danish Girl), filme de Tom Hooper (O Discurso do Rei); Johnny Depp é o trambiqueiro de Black Mass (outra história real); Beasts of No Nation, a primeira produção cinematográfica da Netflix, dirigida por Cary Fukunaga (True Detective); e até Michael Moore, há seis anos sem lançar um filme, retorna com Where To Invade Next, uma sátira geopolítica. A lista completa você confere abaixo. Por ora, nenhum título brasileiro foi anunciado e nada foi dito a respeito das outras (diversas) mostras e homenagens. O AdoroCinema estará presente no TIFF 2015 mais uma vez. APRESENTAÇÕES DE GALA - Beeba Boys, Deepa Mehta, Canada - Demolition, Jean-Marc Vallée, USA - The Dressmaker, Jocelyn Moorhouse, Australia

    - Eye in the Sky, Gavin Hood, United Kingdom - Forsaken, Jon Cassar, Canada - Freeheld, Peter Sollett, USA - Hyena Road (Hyena Road: Le Chemin du Combat), Paul Gross, Canada - LEGEND, Brian Helgeland, United Kingdom - Lolo, Julie Delpy, France - The Man Who Knew Infinity, Matthew Brown, United Kingdom - Perdido em Marte, Ridley Scott, USA - The Program, Stephen Frears, United Kingdom - Remember, Atom Egoyan, Canada - Septembers of Shiraz, Wayne Blair, USA - Stonewall, Roland Emmerich, USA APRESENTAÇÕES ESPECIAIS - Anomalisa, Charlie Kaufman e Duke Johnson, USA - Beasts of No Nation, Cary Fukunaga, USA - Black Mass, Scott Cooper, USA - Brooklyn, John Crowley, United Kingdom/Ireland/Canada - The Club, Pablo Larraín, Chile

    - Colonia, Florian Gallenberger, Germany/Luxembourg/France - The Danish Girl, Tom Hooper, United Kingdom - The Daughter, Simon Stone, Australia - Desierto, Jonás Cuarón, Mexico - Dheepan, Jacques Audiard, France - Families (Belles Familles), Jean-Paul Rappeneau, France - The Family Fang, Jason Bateman, USA - Guilty (Talvar), Meghna Gulzar, India - I Smile Back, Adam Salky, USA - The Idol (Ya Tayr El Tayer), Hany Abu-Assad, United Kingdom/Palestine/Qatar - The Lady in the Van, Nicholas Hytner, USA/United Kingdom - Len and Company, Tim Godsall, USA - The Lobster, Yorgos Lanthimos, Ireland/United Kingdom/Greece/France/Netherlands - Louder than Bombs, Joachim Trier, Norway/France/Denmark - Maggie’s Plan, Rebecca Miller, USA - Mountains May Depart (Shan He Gu Ren), Jia Zhang-ke, China/France/Japan - Office, Johnnie To, China/Hong Kong

    - Parched, Leena Yadav, India/USA - Room, Lenny Abrahamson, Ireland/Canada - Sicario, Denis Villeneuve, USA - Son of Saul (Saul Fia), László Nemes, Hungary - Spotlight, Tom McCarthy, USA - Summertime (La Belle Saison), Catherine Corsini, France - Sunset Song, Terence Davies, United Kingdom/Luxembourg - Trumbo, Jay Roach, USA - Un plus une, Claude Lelouch, France - Victoria, Sebastian Schipper, Germany - Where to Invade Next, Michael Moore, USA - Youth, Paolo Sorrentino, Italy/France/United Kingdom/Switzerland

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top