Minha conta
    Preciosa - Uma História de Esperança
    Média
    4,2
    510 notas
    Você assistiu Preciosa - Uma História de Esperança ?

    47 Críticas do usuário

    5
    13 críticas
    4
    12 críticas
    3
    7 críticas
    2
    13 críticas
    1
    1 crítica
    0
    1 crítica
    Suh
    Suh

    Seguir usuário Ler as 28 críticas

    2,5
    Enviada em 30 de agosto de 2021
    Não dou nota melhor pq a história é muitooo triste, da uma dózinha da Preciosa, muito sofrida tadinha.
    Adriana
    Adriana

    Seguir usuário 4 seguidores Ler as 49 críticas

    5,0
    Enviada em 3 de julho de 2021
    Um roteiro muito bem elaborado, tema duro, extremamente difícil, mas abordado com muita humanidade. Preciosa se mostrou uma pessoa doce, uma pessoa que apesar de tudo, tinha um coração puro e sonhador. Lição muito forte e bonita do filme: os encontros que temos pela vida, as pessoas que não são nosso sangue, mas que vão nos dar carinho, amor, apoio incondicionais na nossa jornada. Emocionante de todas as formas possíveis, excelente atuação, filme dolorosamente lindo.
    Daniele Costa
    Daniele Costa

    Seguir usuário Ler as 2 críticas

    4,5
    Enviada em 17 de abril de 2021
    Inicialmente, gostaria de esclarecer que não sou grande conhecedora de cinema, então essa é uma crítica regada de pessoalidade. O filme "Preciosa" é um daqueles filmes que nos deixa com um "nó na garganta". Toda desgraça que pode recair sobre um ser humano, recai sobre a personagem principal, Gabourey Sidibe, a "Preciosa". Abusos sexuais, psicológicos, tortura, maus -tratos, moléstia grave, e por ai vai... Parece que toda desgraça é pouca. Li algumas críticas falando sobre como a personagem é "acomodada" com sua situação , todavia, acredito que esses "críticos" não perceberam a realidade em que a adolescente está inserida. Acredito que esperavam que a Preciosa se refugiasse nos estudos para mudar sua situação, fugisse de casa, ou tomasse qualquer atitude a seu favor, no entanto, nos deparamos com uma adolescente de 16 anos que não sabe ler e escrever, não trabalha (nem procura por emprego), vive de auxílios do governo, e deixa a mãe cometer milhares de barbáries contra ela. Contudo, nobres leitores, não acredito que a personagem é "acomodada", como apontam alguns. Na minha visão, o que acontece é que ela é tão estigmatizada, depreciada e humilhada, que ela não consegue (e não por sua culpa) se enxergar como alguém capaz de ser algo mais que "uma gorda, vadia, burra, que não serve para nada" ,adjetivos constantemente utilizados por sua genitora que, inclusive, é um DEMÔNIO. Durante toda sua existência Preciosa ouviu dizerem o quanto era inútil como ser humano, ela recebeu um "comando" para acreditar verdadeiramente que é uma inútil, então como acreditar que poderia ser algo diferente daquilo que afirmavam? É muito difícil. Ainda devemos levar em consideração, que a maioria das crianças e adolescentes que sofrem abuso sexuais e bullying tem sérias dificuldades no aprendizado e socialização, portanto, não acredito que devemos cobrar que uma pessoa nessas situações tenha uma postura de decisão e resiliência. Muito embora, na minha visão, particularmente, tenha percebido tais características na personagem desde o inicio do filme, e acredito que a grande maioria de vocês também. Enfim, o filme para mim, merece uma nota melhor que "3", pois, apesar de não inovar, como apontam alguns, é um ótimo enredo, faz ótimas críticas e nos faz questionar assuntos extremamente complexos. Uma ótima cena é a que ela (Preciosa) esta na casa de sua salvadora, a professora Sra. Rain, interpretada por Paula Patton, e percebe que ela é gay, e vendo como estava sendo muito bem acolhida, afirma que a mãe dizia a ela que "gays são gente ruim" (detalhe importante: o filme se passa em 1987), então faz uma crítica direcionada "a sua mãe" onde diz que os gays não abusaram dela e nem a deixaram fora da escola. Essas e outras discursões importantes como aparência física, cor de pele e a importância de apoio educacional, deixam o enredo bastante interessante. Mas como disse no início, não sou expert em cinema, é uma crítica bastante pessoal. Minha nota para o filme são, merecidos, 4.5 estrelas. Para aqueles que não viram o filme, recomendo que o faça, acredito que vão gostar. No mais, fiquem com o questionamento : TUDO é realmente dádiva do universo? Abraços! :)
    Yanko Rodrigues
    Yanko Rodrigues

    Seguir usuário 223 seguidores Ler as 249 críticas

    4,5
    Enviada em 23 de junho de 2020
    Um filme forte, que fala de preconceito, violência doméstica, estupro, brigas familiares, gravidez na adolescência, enfim, um filme completo. Com atuações maravilhosas de Gabourey Sidibe e Mo´Nique. O filme só peca no final, ficou muito vago, uma pena. Me segue no Adorocinema para não perder nenhuma crítica minha.
    Eduardo Buss
    Eduardo Buss

    Seguir usuário 10 seguidores Ler as 87 críticas

    3,5
    Enviada em 17 de maio de 2018
    Não é aquela coisa, apenas conta uma história triste, e infelizmente real.
    Não gostei muito, o filme é b em chocante, e confesso que não me entreti durante o mesmo.
    Sidney  M.
    Sidney M.

    Seguir usuário 21.707 seguidores Ler a crítica

    3,0
    Enviada em 19 de fevereiro de 2018
    Filme forte pesado e realista, que mostra como é a sociedade de hoje e que muita das vezes decidimos ignorá-la
    Gustavo B.
    Gustavo B.

    Seguir usuário Ler as 3 críticas

    3,0
    Enviada em 22 de janeiro de 2018
    Filme forte, porém achei meio desconexo e com final pouco surpreendente. Vale a pena ver, porém não indicaria para qualquer um
    Igor S
    Igor S

    Seguir usuário 2 seguidores Ler as 29 críticas

    4,0
    Enviada em 27 de setembro de 2017
    Assisti e confesso que achei algumas cenas sem sentido. O filme as vezes apela para a um humor forçado e que não é necessário, corta totalmente o clima da cena. Mas tirando isso, os diálogos são bons, a narrativa boa, a construção dos personagens é bem trabalhada e o desfecho é bom.
    RICARDO C.
    RICARDO C.

    Seguir usuário Ler as 3 críticas

    5,0
    Enviada em 20 de março de 2017
    Um filme para se emocionar, para quem gosta do "cinema sofrência". O filme só não é totalmente pesado porque Preciosa insiste em sonhar, refugiando-se na negação para que continue seguindo em frente com sua vida de miserável/discriminada/abusada.
    Apesar de não ter muita coisa original, conforme a crítica do Adorocinema, a atuação de Mo'Nique é sem igual, e a penúltima cena, onde sua personagem é confrontada pelas personagens Preciosa e a assistente social (vivida pela quase irreconhecível Mariah Carey) é das melhores dos últimos tempos. Vale as cinco estrelas.
    Camila C.
    Camila C.

    Seguir usuário Ler as 2 críticas

    5,0
    Enviada em 16 de maio de 2016
    a atuação é ótima, o filme é lindo mostra um exemplo de superação de uma garota com a vida bem difícil, adorei????
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    • Melhores filmes
    • Melhores filmes de acordo a imprensa
    Back to Top