Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Jordan Peele diz que não pretende escalar brancos como protagonistas de seus filmes
    Por Ygor Palopoli — 27 de mar. de 2019 às 14:30
    facebook Tweet

    "Já vi esse filme", justificou o diretor de Nós.

    Oscars

    Enquanto vive um excelente momento com a recepção do filme Nós ao redor do mundo, o cineasta Jordan Peele concedeu uma entrevista no Upright Citizens Brigade Theatre, em Nova York, para falar a respeito do seu processo criativo. Uma das declarações que mais chamou a atenção da imprensa foi a de que Peele não se vê escalando uma pessoa branca em um papel de protagonismo. 

    "Não consigo me ver escalando um cara branco para o papel principal em nenhum dos meus filmes. Não é que eu não goste de caras brancos, eu só sinto que já vi esse filme antes", declarou. 

    Jordan comentou também sobre como o seu prestígio na indústria contribui para que ele possa reverter uma situação de predominância em Hollywood. "Eu me sinto em uma posição de privilégio por poder dizer para a Universal que eu quero fazer um filme de terror de US$ 20 milhões sobre uma família negra. E os investidores dizem sim", explicou. 

    Universal Pictures
    Cena de Nós, filme dirigido por Jordan Peele e estrelado por Lupita Nyong'o e Winston Duke.

    Durante o evento, que contava com uma sessão exclusiva para perguntas e respostas, o diretor e roteirista aproveitou para analisar o mercado atual através de uma perspectiva de mudanças. De acordo com ele, o sucesso de filmes como Pantera NegraMoonlight — respectivamente dirigidos por Ryan CooglerBarry Jenkins — mostram que antigos paradigmas sobre lucratividade e representatividade estão sendo repensados pelos estúdios. 

    Chegando a seu segundo fim de semana em exibição, é previsto que Nós chegue a seus US$ 100 milhões em bilheteria ainda no mês de março. No Brasil, ele já foi visto por mais de 170 mil pessoas. Aproveite para conferir o que achamos do filme!

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Igor Albert Canavarro
      Os próprios negros escravizam seus iguais na Africa. Não se deixe levar pelo romantismo dos filmes de Hollywood. O continente africano não é Wakanda.
    • Igor Albert Canavarro
      Racista negro tem fala tirada do contexto. Racista branco merece a cadeia. Dois pesos duas medidas. Que bonito né. Não importa a cor da pele de um racista. É crime de qualquer forma.
    • Wellingta M
      Tens disposição pra anotar? Vários, ao longo da historia do Cinema!
    • Rebeca A.
      Cara, as vzs eu acho q vcs se esforçam pra ñ entender.
    • Illyana Rasputin
      Aí é que tá, são muito melhores que a maioria dos filmes dele, ou seja, whatever fazer filme ruim né, colocando negro então tá tudo bem, eu achava que um filme era feito de varias coisas e não apenas de elenco.
    • Rebeca A.
      Não entendi a referência.... Bruxa e Farol são filmes com atores brancos e um diretor branco... Mas enfim, são mesmo filmes maravilhosos e que eu sou super fã.Ou melhor, vc é negra? Pq pode ser que esteja com uma foto que não é sua, mas esteja falando da sua experiência.
    • Illyana Rasputin
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk a bruxa e o farol são um dos melhores filmes de terror da decada, não vi nenhum peso.
    • Illyana Rasputin
      'não é que eu nao goste de caras brancos' kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk o preconceito mds, ja viu esse filme antes ? sério ? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    • Rebeca
      Acredite se quiser, eu prefiro mil vezes conversar que guerrear. É o que eu mais defendo no meu dia a dia e convivências. Mas tem horas que a conversa não adianta. Então que se parta para uma atitude mais drástica. Há quantos anos a comunidade negra vem lutando por lugar, e quando vem alguém que quer dar UM lugar só para eles é tido como racista.... É até cômico isso.
    • Rebeca
      Pode até ser racismo, mas nunca vai chegar aos pés do racismo contra os negros, né. Dá pra aguentar a dor um pouquinho..! Quem bate tem que saber apanhar tbm.
    • Rebeca
      *espero que vc tenha lido todo o comentário anterior*. Eu entendo o que você está falando, é contra o olho por olho. Mas, sinceramente, José, estamos há décadas tentado explicar a dor do racismo e a comunidade branca não entende. Então que entenda pela dor - e vamos e convenhamos, não vai chegar nem perto do que a comunidade negra vem sofrendo, né. Eu tbm n gosto que os outros passem pela dor que passo pra entender o que sinto (n falo da dor do racismo, mas no geral). Mas na falta de empatia, serve a experiência. É a velha história: não entende pelo amor, vai entender pela dor.Eu tbm sonho com o dia da igualdade, mas sei q sem atitudes pragmáticas (msm sem ser o o ideal) isso não vai acontecer.E na situação do ladrão, eu não assaltaria a família, assaltaria ele.
    • Jose E.
      Como assim equilibrar as coisas ! Vc quer que alguém aprenda a dor do outro sentindo dor também!??? Que péssimo isso! Quer dizer então que se vc é assaltado na rua , vc vai lá e assalta a família do cara ? Pois foi isso que vc disse em outras palavras! Nâo se ensina acabar com racismo ou exclusão fazendo o mesmo!
    • Jose E.
      Coloca aí os nomes dos diretores ou produtores que fazem isso!
    • Jose E.
      Desnecessário é seu pensamento, não se ensina acabar com a guerra querendo mais guerra! Deveriam alguém ter te educado pra saber disso, lamentável que não foi para achar o oposto
    • Jose E.
      Como assim não é ódio! Vc quer que alguém aprenda a dor do outro sentindo dor também!??? Que péssimo isso! Quer dizer então que se vc é assaltada na rua , vc vai lá e assalta a família do cara ? Pois foi isso que vc disse em outras palavras! Nâo se ensina acabar com racismo ou exclusão fazendo o mesmo!
    • João Paulo
      A TRILOGIA do filme HORA DO RUSH é uma grande liçao de como DEVERIA ser o protagonismo nos filme de hollywood, uma pena esse diretor nao pensar assim....
    • João Paulo
      isso nao muda o fato de CONTINUAR SENDO RACISMO querida...ai ai
    • João Paulo
      QUE INTERESSANTE, um negro RACISTA....
    • Rebeca
      Eu não sou tão a favor de ações radicais, mas nesse caso, pra mim, é necessário. É óbvio que sou a favor da igualdade, mas a inclusão dos negros é tão lenta e sem vontade que vejo essa atitude dele como um tapa na cara necessário.
    • Rebeca
      Não é ódio, mano, é consciência. Não li o comentário como racista - como a galera insiste em ver -, vi como uma atitude quase sarcástica diante da leseira e dificuldade que é incluir os negros em papeis importantes.Pra mim é só pensar assim: pode existir racismo contra brancos, no significado do conceito? Pode, óbvio. Mas existe, como existe a contra negros? Não...
    Mostrar comentários
    Back to Top