Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Pais e Filhas
     Pais e Filhas
    19 de maio de 2016 / 1h 56min / Drama
    Direção: Gabriele Muccino
    Elenco: Russell Crowe, Amanda Seyfried, Aaron Paul
    Nacionalidades Itália, EUA
    Ver o trailer
    Assista agora
    Imprensa
    2,4 14 críticas
    Usuários
    4,2 173 notas e 27 críticas
    Adorocinema
    2,0
    Avaliar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Não recomendado para menores de 14 anos
    Nova York, 1988. Novelista mentalmente instável (Russell Crowe) tenta criar sozinho a filha de cinco anos após a morte da esposa. Vinte anos depois, a garota, já adulta (Amanda Seyfried), cuida de crianças com problemas psicológicos e ainda tenta entender sua complicada infância.
    Título original

    Fathers And Daughters

    Distribuidor California Filmes
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 2015
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 2 curiosidades
    Orçamento -
    Idiomas Inglês
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Assista ao filme

    Online
    TeleCinePlay Assista agora
    Veja todos os filmes online

    Críticas AdoroCinema

    2,0
    Fraco
    Pais e Filhas

    Pelas belas, recatadas e do lar

    por Renato Hermsdorff
    Tristeza, morte, surto psicótico, internação e nem cinco minutos de projeção. O início de Pais e Filhas deixa claro porque, com esse título (Fathers and Daughters, no original, a tradução, aqui, é literal), a distribuidora não esperou até o Dia dos Pais para lançar o filme de Gabriele Muccino (À Procura da Felicidade). Trata-se de uma produção sem alma que forçosamente pesa a mão em busca do choro da plateia.Esquemático, o roteiro do estreante Brad Desch conta duas histórias que correm em paralelo. Na primeira delas, que tem início em 1988, vemos o bem-sucedido escritor Jake Davis (Russell Crowe) perder a esposa em um acidente de carro, desenvolver uma condição física que pode evoluir para surtos psicóticos, passar por um período de internação e, apesar dos pesares, dedicar um carinho sem fim à filha pequena (interpretada pela ótima Kylie Rogers). As convulsões servem para Crowe “exercit...
    Ler a crítica
    Pais e Filhas Trailer Legendado 2:05
    Pais e Filhas Trailer Legendado
    26025 visualizações
    Pais e Filhas Trailer Original 2:01
    2179 visualizações
    Pela web

    Elenco

    Russell Crowe
    Personagem : Jake Davis
    Amanda Seyfried
    Personagem : Katie Davis
    Aaron Paul
    Personagem : Cameron
    Diane Kruger
    Personagem : Elizabeth
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    André Z.
    André Z.

    Segui-los Ler as 18 críticas deles

    4,0
    Enviada em 1 de setembro de 2016
    Não esperava nada desde filme, mas aos poucos ele vai envolvendo e em duas linhas de tempo diferente você vai vivendo a emoção dos protagonistas. O filme é muito bom! Bom na parte técnica com as excelentes atuações... Como todo filme bom do gênero ele não dispensa a caixa de lenço de papel do lado.
    Paulo E.
    Paulo E.

    Segui-los 12 seguidores Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 10 de setembro de 2018
    Ignorem a crítica do site. Ótimo filme. Daqueles que quando termina você fica viajando nos créditos, pensamento longe, tocado pela atmosfera que o filme cria. Filme tocante. Aliás, quando estiverem analisando filmes por aqui e verem uma nota baixa do crítico(a) do site, as chances do filme ser bom são muitas. Nunca descartem o filme pela crítica do site.
    Celso M.
    Celso M.

    Segui-los 203 seguidores Ler as 178 críticas deles

    3,0
    Enviada em 25 de agosto de 2016
    Duas histórias que correm em paralelo. Do pai escritor Jake Davis ( Russell Crowe) que perde a esposa em um acidente de carro e adquire problemas neuromotores e da filha Katie Davis ( Amanda Amanda Seyfried), cuidada em excesso, mas afetada por traumas que a faz tornar-se viciada em sexo. O filme é fraco, mas vale pelas excelentes atuações de Russel e Amanda. Diverte e em alguns momentos, emociona. Confira!
    Nelson J
    Nelson J

    Segui-los 22025 seguidores Ler as 1 227 críticas deles

    4,0
    Enviada em 30 de agosto de 2016
    Bom filme com o excelente Crowe. Ele é um escritor que sofre acidente de carro, onde perde a esposa e passa a ter surtos psicóticos com convulsões, mas luta desesperadamente para ficar com a filha que é pretendida pelos tios. O filme funciona em flashback para montar a estória.
    27 Comentários do leitor

    Fotos

    21 Fotos

    Curiosidade das filmagens

    Black List

    O filme figurou, no ano de 2012, na Blacklist - a lista dos roteiros mais interessantes de Hollywood que ainda não haviam sido filmados.

    24601

    Os atores Russel Crowe e Amanda Seyfried já haviam trabalhado juntos na adaptação do musical Les Miserables (2012)

    Últimas notícias

    Estreias de agosto na Netflix
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    quarta-feira, 25 de julho de 2018
    Mogli - O Menino Lobo e Rua Cloverfield, 10 estão disponíveis no Telecine On Demand
    PLAYLIST - Lançamentos
    quinta-feira, 25 de agosto de 2016
    Alugue lançamentos sem sair de casa com o Telecine On Demand. Além de Mogli e Rua Cloverfield, 10, destacam-se Ave,...
    Bilheterias Brasil: X-Men - Apocalipse leva 1,3 milhão de pessoas aos cinemas
    NOTÍCIAS - Negócios
    segunda-feira, 23 de maio de 2016
    Capitão América e Angry Birds completam o top 3.
    5 Notícias e Matérias Especiais

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Senhor Ivan
      Pelo elenco,pela sinopse,pelos trailers e pela capa,eu juro que esperava um dos melhores dramas do ano.Uma pena ser um filme tão vazio,cheio de furos na história,edição horrorosa e uma falta de química tremenda entre os personagens.A direção é outro fiasco.Gabriele Muccino não envolve o espectador,não emociona.Tenta focar apenas nos relacionamentos amorosos da protagonista e deixa de lado a história de seu passado que poderia ter rendido um melhor resultado.Amanda Seyfried está apenas em seu dia normal.Russel Crowe sem inspiração e o restante do elenco vai e vem sem muito destaque.>Maratona Amanda Seyfried - Assistido em 13 de Fevereiro de 2019-Dou nota 5/10
    • Jefferson Bartalo
      filme espetacular, prendeu minha atenção do incio ao fim, como não tinha nenhum personagem lacrador, nenhum trans, negro, imigrante, ou algo do tipo sendo valorizado, o militante do portal resolveu taxa-lo como ruim, ignorem, o filme é sim muito bom!!!
    • Ayslla Linhares
      Amei o filme!!! Me fez ver até problemas ocultos que pensava que não tinha. Chorei muuuuuuuuuito, vale muito a pena vê.
    Mostrar comentários
    Back to Top