Meu AdoroCinema
Totalmente Inocentes
Sessões Trailers em destaque Créditos Críticas dos usuários Críticas da imprensa Críticas do AdoroCinema Fotos
Filmes Online Curiosidades Bilheterias Filmes similares Notícias
Críticas AdoroCinema
1,5 Ruim
Totalmente Inocentes

Pastiche

por Francisco Russo

É possível ter a certeza do sucesso quando algo passa a ser satirizado. Afinal de contas, o objeto em questão se tornou tão popular que é automaticamente identificado pelo público em geral, possibilitando que cópias surjam a partir dele. Por este lado, tanto José Padilha quanto Fernando Meirelles devem se sentir honrados, já que os dois Tropa de Elite e Cidade de Deus são a matéria-prima principal de Totalmente Inocentes, comédia que não existiria se os filmes anteriores não tivessem sido feitos. Prova também da força de parte do cinema nacional recente, por criar ícones tão relevantes a ponto de resultar em um novo filme. O problema é que, por mais que Totalmente Inocentes seja bem intencionado, ele se perde por completo na história e na linguagem proposta.

Querendo capturar o público adolescente, o diretor Rodrigo Bittencourt resolveu dar ao seu filme de estreia uma linguagem pop. Ou seja, há edição videoclipada, há onomatopeias aparecendo na tela – no melhor estilo da antiga série de TV do Batman -, há diversos truques sonoros e visuais de forma a fazer alguma piada rápida. Há também o inacreditável Felipe Neto, em um personagem escancaradamente copiado da série Gossip Girl. Cabe a ele interpretar uma espécie de narrador da trama, que conta o que acontece com os personagens com aquele suingue sangue bom de carioca malandro, carregado no sotaque e nas gírias. Com um detalhe: sempre que ele aparece é possível conferir a barra de rolagem abaixo, para ficar bem nítido que está em uma espécie de videoblog, antenado com o que há de mais moderno. Estiloso, irritante e ridículo, na proposta e na apresentação.

O filme também peca no exagero em certas piadas apelativas, como o flagra de um argentino saindo de um motel com um travesti – o troco do episódio envolvendo Ronaldo Fenômeno? – e a presença de um consolo nas mãos da Diaba Loira, chefe do morro do DCC, ao ser capturada. Curiosamente, no decorrer do filme a história fica cada vez mais infantilizada, já que o trio Da Fé, Bracinho e Torrado ganha espaço na trama. É neste momento que o filme cresce um pouco, já que surgem algumas boas sacadas, como a maldição de Tropa de Elite 2 e a disputa entre o BOPE e a Polícia Militar. Ainda assim, é bem pouco para compensar o lado estridente da primeira metade.

Totalmente Inocentes é um filme pouco criativo, que até acerta na escalação de certos atores – Fábio Porchat, Leandro Firmino da Hora e Fábio Lago -, mas não consegue aproveitá-los dentro da história como um todo. O trio acaba rendendo mais pelo histórico de cada um e os contrastes físicos com os personagens que representam, jamais pelas situações por ele estreladas. O resultado é um filme cansativo, que não explora de forma convincente o material que tem em mãos. Fraco.

Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema

Comentários

  • Thayla thaysa A.

    vAI SER mT 10 eSSE fILME

  • Maycon B.

    esse filme e massa

  • Marlon F.

     Filme muito fraco, história infantil, mas infantil sem noção, porque têm filmes infantis que consegue ter beleza, humor bem encaixado, bons roteiros e etc...esse filme é muito bobo, muito fora do padrão de humor de filmes do gênero!
     Até Cidade de Deus que não é filme de comédia, me fez rir bem mais que este!
     Nota 1, o que eu achei legal foram uns efeitos especiais de animação que o filme têm, aquilo la é interessante, é um recurso que os outros filmes podem explorar com eficiência ^^

  • Vin?cius M.

    Como já disse o crítico do AdoroCinema, o filme começa bem.. a apresentação dos personagens é boa e cômica! Mas com o desenrolar da história o filme se perde na linguagem proposta e além de confundir o espectador perde o "tempero" fica tedioso e cansativo, o final que poderia salvar toda essa confusão inexplicada é simplesmente um final mal elaborado e nada mais. 

  • Thiago Leonardo

    Eu nem consegui terminar d assistir, o filme coloca uns efeitos bosta q aparece do nada e só faz o filme fikar mais sem graça, o roteiro fraco d maais, atuações ruins (pra naum dizer ridiculas). Eu nem me interessei pelo final

  • edu E.

    Não suportei assistir 05min. de filme, nunca vi nada mais sem graça, forçado e sem lógica. Perdi 1000 pontos no meu CINE SKY da SKY pra alugar essa m....

  • Luan G.

    mais 1 lixo Nacional.

  • Ruan R Rock

    Mais uma vez eu pergunto qual a graça desse pseudo-humorista chamado Fábio Porchat?

Mostrar comentários