Meu AdoroCinema
Paraísos Artificiais
Sessões Vídeos Créditos Críticas dos usuários Críticas da imprensa Críticas do AdoroCinema Fotos
Paraísos Artificiais
Data de lançamento 4 de maio de 2012 (1h 36min)
Direção:
Elenco: Nathalia Dill, Luca Bianchi, Lívia de Bueno mais
Gênero Drama
Nacionalidade Brasil
Ver o trailer
Assista online
Imprensa 2,8 16 críticas
Usuários 3,7325 notas e 30 críticas
Adorocinema 3,5

Sinopse e detalhes

Não recomendado para menores de 16 anos

Erika (Nathalia Dill) é uma DJ de relativo sucesso e muito amiga de Lara (Lívia de Bueno). Juntas, durante um festival onde Erika trabalhava, elas conheceram Nando (Luca Bianchi) e, juntos, vivem um momento intenso. Entretanto, logo em seguida o trio se separa. Anos depois Erika e Nando se reencontram em Amsterdã, onde se apaixonam. Só que apenas Erika se lembra do verdadeiro motivo pelo qual eles se afastaram pouco após se conhecerem, anos antes.

Distribuidor Nossa Distribuidora
Ver detalhes técnicos
Ano de produção 2012
Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades 5 curiosidades
Orçamento -
Idiomas Português
Formato de produção 35 mm
Cor Colorido
Formato de áudio Dolby Digital
Formato de projeção 2.35 : 1 Cinemascope
Número Visa -

Sessões

Filmes Online

Assista online aos maiores sucessos dos cinemas, só aqui! Grátis para assinantes dos canais Telecine.
Paraísos artificiais
Alta definição
Ver opções
  • Assista online
Veja todas as ofertas on demand

Críticas AdoroCinema

3,5 Bom
Paraísos Artificiais

Mais que mil palavras

por Roberto Cunha
O maior desafio para o produtor Marcos Prado, de Ônibus 174, Tropa de Elite e Tropa de Elite 2 (os mais conhecidos), era estrear como diretor de ficção, livre do peso que essas obras pudessem jogar em suas costas. Afinal, a cobrança por algo de calibre semelhante, quer ele queira ou não, é um caminho natural. E a primeira coisa que dá para dizer de Paraísos Artificiais é mesmo não sendo tão forte como os outros, ainda assim existe algo em sua pegada que pode fazer efeito no público. Na história, um jovem se deixou levar pela ideia do dinheiro fácil para solucionar problemas difíceis e ao bancar a mula para traficantes internacionais acabou perdendo anos de sua vida atrás das grades. Já livre, ele vê seu irmão trilhar caminho parecido, fazendo com que reflita sobre seu passado sem imaginar que uma antiga paixão, também daquele mundo, se fará presente. Com uma narrativa não linear...
Ler a crítica
<strong>Paraísos Artificiais</strong> Trailer Dublado 2:23
29 377 visualizações

Elenco

Nathalia Dill
Nathalia Dill
Personagem : Érika
Luca Bianchi
Luca Bianchi
Personagem : Nando
Lívia de Bueno
Lívia de Bueno
Personagem : Lara
Bernardo Melo Barreto
Bernardo Melo Barreto
Personagem : Patrick
Ficha completa

Críticas da imprensa

  • Cinema com Rapadura
  • O Globo
  • Gazeta do Povo
  • Cinética
  • Rubens Ewald
  • Cineweb
  • Omelete
  • A Tarde
  • Diário de Pernambuco
  • Cinepop
  • Estado de São Paulo
  • Estado de São Paulo
  • Folha de São Paulo
  • CineClick
  • Cineplayers
  • Revista Interlúdio
16 Artigos de imprensa

Críticas de usuários

Alessandro G.
Crítica positiva mais útil

por Alessandro G., em 05/01/2013

5,0Obra-prima

Primeiro, destaco a fotografia primorosa de Lula Caravlho, é uma delíca de ver. Caprichou nas escolhas dos angulos, luzes... Leia mais

Senhor Ivan
Crítica negativa mais útil

por Senhor Ivan , em 24/08/2015

1,5Ruim

Pode até parecer que "Paraísos Artificiais" é um bom filme nacional.Isso tudo pelo o começo ser bem movimentado,e tal.Com... Leia mais

Todas as críticas de usuários
13% 4 críticas 27% 8 críticas 33% 10 críticas 13% 4 críticas 3% 1 crítica 10% 3 críticas
30 Críticas de usuários

Fotos

20 Fotos

Curiosidades das filmagens

Estreando em nova praia

Produtor de sucessos como Tropa de Elite, Tropa de Elite 2 e Ônibus 174, Marcos Prado estreia como diretor de um longa de ficção. Seus dois primeiros trabalhos na função foram os documentários Estamira (2004) e Brazil's Vanishing Cowboys (2003), este feito para a televisão.

A praia como cenário

As filmagens foram realizadas entre os dias 18 de outubro e 25 de novembro na Praia do Paiva, no Recife, e também no Rio de Janeiro, na tradicional Praia do Arpoador.
5 curiosidades

Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

Mais filmes similares

Comentários

  • ana paula M.

    paraiso artificiais e um filme muito bom pois aborda como e realmente a nossa juventude , sem mascaras pois todos nos ja fomos jovens e todos temos os mesmos conflitos atos de rebeldia so que agora com a diferenca que esta tudo mais moderno mais os jovens continuam iguais so precisam de atencao de amor e carinho de seus pais que muitas vezes estao mais preocupados com o futuro de seus filhos do que com o seu presente por isso muitas vezes perdem os seus filhos para as drogas para a prostituicao etc.nos pais temos que parar mais de impor limites regras e criticas aos nossos filhos e aprender a dar mais valor a momentos com a familia participar mais da vida se seus filhos saber com quem ele realmente anda como foi seu dia se ele esta indo bem na escola coisas que parecem futeis para a gente e muito importante para eles e essa forma de rebeldia e uma maneira que eles encontram para chamar nossa atencao e paraiso artificiais e uma forma de repensarmos nossos atos a maneira como estamos nos conportando e tratando nossos filhos porque muitas vezes as palavras sao anas mais os exemplos sao gigantescos por isso fiquem ligados.

  • M?rcio McNamara M.

    O filme mostra que a Dj Erika e a escritora Lara tinham entre elas (principalmente) um enorme tesão, tinham entre elas um enorme respeito e tinham entre elas uma enorme afinidade intelectual e musical. Não bastasse tudo isso, a Dj Erika e a escritora Lara tinham uma enorme necessidade de apimentar o amor e o erotismo delas com cogumelos e drogas químicas para poderem  viajar juntas e, se não bastasse tudo isso, a Dj Érika, num determinado momento do filme, diz para Lara que queria apimentar o amor que havia entre elas colocando um cara para elas o dividirem na cama. Por isso eu chego á conclusão de que a Dj Erika e a escritora Lara não viviam em nenhum paraiso artificial mas buscavam efetivar sua pansexualidade de uma forma absolutamente real.

  • Andrezza ..

    Comecei a ver o filme e Zzzzzzzzzzz,como a maioria dos filmes nacionais.

  • Tijana M.

    O fim do filme me deixou pensar por que não sei o que realmente aconteceu... Gostei da estética do filme, atores, a história muito interessante é real mais o tudo isso merece um fim muito mais claro. Mais a minha conclusão quando acabei de assistir o filme é que o filme termina no mesmo lugar onde começou. Ainda nesse mundo artificial das drogas, êxtase e alegria artificial. Como é que Erica é tão certa no fim do filme, igual no início?! Uma pessoa que anda nesse mundo como ela pode separar a realidade e ficção... Igual o Nando. Me deixa triste o fim por que a história deles merece ser mais concreta. O filho dela e o filho de Nando? Eles vão ficar juntos de novo ? Eles vão acabar com essa história entre eles enfim ?! Muito confuso

Mostrar comentários