Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Paraísos Artificiais
    Paraísos Artificiais
    Data de lançamento 4 de maio de 2012 (1h 36min)
    Direção: Marcos Prado
    Elenco: Nathalia Dill, Luca Bianchi, Lívia de Bueno mais
    Gênero Drama
    Nacionalidade Brasil
    Imprensa
    2,7 16 críticas
    Usuários
    3,7 366 notas e 31 críticas
    Adorocinema
    3,5
    notar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Não recomendado para menores de 16 anos

    Erika (Nathalia Dill) é uma DJ de relativo sucesso e muito amiga de Lara (Lívia de Bueno). Juntas, durante um festival onde Erika trabalhava, elas conheceram Nando (Luca Bianchi) e, juntos, vivem um momento intenso. Entretanto, logo em seguida o trio se separa. Anos depois Erika e Nando se reencontram em Amsterdã, onde se apaixonam. Só que apenas Erika se lembra do verdadeiro motivo pelo qual eles se afastaram pouco após se conhecerem, anos antes.

    Distribuidor Nossa Distribuidora
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 2012
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades -
    Bilheteria no Brasil 386 276 entradas
    Orçamento -
    Idiomas Português
    Formato de produção 35 mm
    Cor Colorido
    Formato de áudio Dolby Digital
    Formato de projeção 2.35 : 1 Cinemascope
    Número Visa -

    Críticas AdoroCinema

    3,5
    Bom
    Paraísos Artificiais

    Mais que mil palavras

    por Roberto Cunha
    O maior desafio para o produtor Marcos Prado, de Ônibus 174, Tropa de Elite e Tropa de Elite 2 (os mais conhecidos), era estrear como diretor de ficção, livre do peso que essas obras pudessem jogar em suas costas. Afinal, a cobrança por algo de calibre semelhante, quer ele queira ou não, é um caminho natural. E a primeira coisa que dá para dizer de Paraísos Artificiais é mesmo não sendo tão forte como os outros, ainda assim existe algo em sua pegada que pode fazer efeito no público. Na história, um jovem se deixou levar pela ideia do dinheiro fácil para solucionar problemas difíceis e ao bancar a mula para traficantes internacionais acabou perdendo anos de sua vida atrás das grades. Já livre, ele vê seu irmão trilhar caminho parecido, fazendo com que reflita sobre seu passado sem imaginar que uma antiga paixão, também daquele mundo, se fará presente. Com uma narrativa não linear, o rotei...
    Ler a crítica

    Trailer

    Pela web

    Elenco

    Nathalia Dill
    Personagem : Érika
    Luca Bianchi
    Personagem : Nando
    Lívia de Bueno
    Personagem : Lara
    Bernardo Melo Barreto
    Personagem : Patrick
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Alessandro G.
    Alessandro G.

    Segui-los 3 seguidores Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 5 de janeiro de 2013
    Primeiro, destaco a fotografia primorosa de Lula Caravlho, é uma delíca de ver. Caprichou nas escolhas dos angulos, luzes e sombras e dos sets. A trilha sonora está compondo muito bem com clima do filme, e Nathallia Dill está muito convincente no papel. A montagem está um pouco cansativa em algumas cenas, mas isso passa a ser uma viagem em algumas delas. O Luca Bianchi oscilou na performance mas tem boa fotogenia para esse tipo de filme. O ...
    Leia Mais
    Carlos A.
    Carlos A.

    Segui-los 11 seguidores Ler as 59 críticas deles

    3,5
    Enviada em 19 de dezembro de 2012
    Bom filme! Passa uma mensagem muito forte. Mostra como atitudes inconsequentes em busca do constante prazer e sensação de liberdade pode nos trazer no futuro. Recomendo pra quem se atém a mensagem do filme, e não recomendo pra quem se choca com cenas de sexo explícito e consumo de drogas.
    Bruno H.
    Bruno H.

    Segui-los 11 seguidores Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 19 de setembro de 2013
    Filme ótimo, muito realista sobre a cena eletrônica, mostrando toda a cultura por trás dos festivais e sobre o consumo de sintéticos. Esse filme só poderia ser do Marcos Prado, a fotografia nem se fala! O final deu a entender que terá uma continuação, e merece muito!
    Aron Oliveira
    Aron Oliveira

    Segui-los 4 seguidores Ler as 25 críticas deles

    2,5
    Enviada em 9 de junho de 2013
    O enredo do filme não convence e deixa a desejar em diversos aspectos. No entanto, a vontade de continuar assistindo-o permanece viva com cenas que fazem juz à temática do filme. A fotografia cumpre seu papel e proporciona belas imagens.
    31 Comentários do leitor

    Fotos

    20 Fotos

    Curiosidades das filmagens

    Estreando em nova praia

    Produtor de sucessos como Tropa de Elite, Tropa de Elite 2 e Ônibus 174, Marcos Prado estreia como diretor de um longa de ficção. Seus dois primeiros trabalhos na função foram os documentários Estamira (2004) e Brazil's Vanishing Cowboys (2003), este feito para a televisão.

    A praia como cenário

    As filmagens foram realizadas entre os dias 18 de outubro e 25 de novembro na Praia do Paiva, no Recife, e também no Rio de Janeiro, na tradicional Praia do Arpoador.

    Filmando a tribo

    A sequência que reproduz uma boate de música eletrônica numa antiga fábrica de chocolates, no bairro do Santo Cristo (RJ), mobilizou mais de cem figurantes.
    5 curiosidades

    Últimas notícias

    Dicas do Dia: Sete Minutos Depois da Meia-Noite é a maior estreia na TV
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    sábado, 12 de maio de 2018
    Filmes na TV: Hoje tem Procurando Dory e Detona Ralph
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    sábado, 8 de julho de 2017
    Para completar a programação, acompanhe as aventuras de Harry, Rony e Hermione em uma Maratona Harry Potter.
    Filmes na TV: Hoje tem A Incrível História de Adaline e Paraísos Artificiais
    PLAYLIST - Lançamentos
    sexta-feira, 6 de janeiro de 2017
    De Wallace Nascimento. Entre as opções do dia na telinha estão também Lara Croft: Tomb Raider e Hellboy. Prepare a pipoca...
    18 Notícias e Matérias Especiais

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Cavalcante Victor
      Otimo filme, eu o descreveria com uma palavra: redenção.
    • Tijana M.
      O fim do filme me deixou pensar por que não sei o que realmente aconteceu... Gostei da estética do filme, atores, a história muito interessante é real mais o tudo isso merece um fim muito mais claro. Mais a minha conclusão quando acabei de assistir o filme é que o filme termina no mesmo lugar onde começou. Ainda nesse mundo artificial das drogas, êxtase e alegria artificial. Como é que Erica é tão certa no fim do filme, igual no início?! Uma pessoa que anda nesse mundo como ela pode separar a realidade e ficção... Igual o Nando. Me deixa triste o fim por que a história deles merece ser mais concreta. O filho dela e o filho de Nando? Eles vão ficar juntos de novo ? Eles vão acabar com essa história entre eles enfim ?! Muito confuso
    • Andrezza ..
      Comecei a ver o filme e Zzzzzzzzzzz,como a maioria dos filmes nacionais.
    • M?rcio McNamara M.
      O filme mostra que a Dj Erika e a escritora Lara tinham entre elas (principalmente) um enorme tesão, tinham entre elas um enorme respeito e tinham entre elas uma enorme afinidade intelectual e musical. Não bastasse tudo isso, a Dj Erika e a escritora Lara tinham uma enorme necessidade de apimentar o amor e o erotismo delas com cogumelos e drogas químicas para poderem  viajar juntas e, se não bastasse tudo isso, a Dj Érika, num determinado momento do filme, diz para Lara que queria apimentar o amor que havia entre elas colocando um cara para elas o dividirem na cama. Por isso eu chego á conclusão de que a Dj Erika e a escritora Lara não viviam em nenhum paraiso artificial mas buscavam efetivar sua pansexualidade de uma forma absolutamente real.
    • ana paula M.
      paraiso artificiais e um filme muito bom pois aborda como e realmente a nossa juventude , sem mascaras pois todos nos ja fomos jovens e todos temos os mesmos conflitos atos de rebeldia so que agora com a diferenca que esta tudo mais moderno mais os jovens continuam iguais so precisam de atencao de amor e carinho de seus pais que muitas vezes estao mais preocupados com o futuro de seus filhos do que com o seu presente por isso muitas vezes perdem os seus filhos para as drogas para a prostituicao etc.nos pais temos que parar mais de impor limites regras e criticas aos nossos filhos e aprender a dar mais valor a momentos com a familia participar mais da vida se seus filhos saber com quem ele realmente anda como foi seu dia se ele esta indo bem na escola coisas que parecem futeis para a gente e muito importante para eles e essa forma de rebeldia e uma maneira que eles encontram para chamar nossa atencao e paraiso artificiais e uma forma de repensarmos nossos atos a maneira como estamos nos conportando e tratando nossos filhos porque muitas vezes as palavras sao anas mais os exemplos sao gigantescos por isso fiquem ligados.
    Mostrar comentários
    Back to Top