Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Debi & Lóide 2
    Críticas AdoroCinema
    2,5
    Regular
    Debi & Lóide 2

    Fazer por fazer

    por Lucas Salgado

    20 anos separam Debi & Lóide 2 do original Debi & Lóide - Dois Idiotas em Apuros, lançado em 1994. Geralmente, quando se leva tanto tempo para se realizar uma continuação, os envolvidos apontam como justificativa o fato de terem esperado pela história certa e que após tanto sucesso não valia a pena fazer uma continuação apenas por fazer.

    Debi & Lóide 2 - FotoPois bem, pelo visto, eles fizeram apenas por fazer. Esta continuação não traz nada de novo e também não oferece uma história interessante o suficiente para prender a atenção do público. O resultado é uma sucessão de esquetes bobas e desinteressantes, que só não é completamente dispensável diante da excelente química entre os protagonistas Jim Carrey e Jeff Daniels.

    Neste 20 anos que passaram, os atores viram suas carreiras mudar bastante. Carrey fez bonito em dramas ou dramédias como O Show de Truman e Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças, enquanto que Daniels se manteve como um ator versátil, mas focando seus projetos mais na área dramática, com destaque para a série The Newsroom. Agora, voltam a trabalhar lado a lado e demonstram estar completamente à vontade nos papéis.

    Debi & Lóide 2 - FotoKathleen Turner, Rob Riggle, Laurie Holden, Steve Tom e Rachel Melvin completam o elenco da produção. Conhecida por filmes como Tudo Por Uma Esmeralda e Mamãe É de Morte, Turner tem um papel discreto e desinteressante, enquanto que Riggle e Holden (a Andrea de The Walking Dead) surgem como os principais antagonistas, em papéis rasos e nada ameaçadores. Melvin fecha o time como uma espécie de versão feminina de Debi e Lóide. É bonitinha e carismática, mas também não se destaca muito.

    A trama coloca Harry (ou Debi, na versão brasileira) visitando Lloyd na clínica onde ele está internado há 20 anos. Após um desabafo, o primeiro descobre que tudo não passou de uma brincadeira do segundo, que sempre esteve consciente. Ao retornar para casa, a dupla encontra uma carta direcionada a Harry há vários anos, que dizia que ele seria pai. A partir daí, eles investem em uma jornada para encontrar a menina. Enquanto Harry sonha com uma relação com a filha, Lloyd sonha em conquistá-la, uma vez que se encanta com sua beleza.

    Tudo é muito simples e superficial. O espectador com certeza irá rir em alguns momentos da produção, mas as gargalhadas serão escassas. Após ameaçarem tomar o posto de mais importantes diretores de comédias de Hollywood, os irmãos Bobby Farrelly e Peter Farrelly parecem em um estado permanente de piloto automático. Não arriscam ou inovam. Debi & Lóide 2 é mais do mesmo.

    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema

    Comentários

    • Luis Fabio
      Horrível...Péssimo...inassistível...Um verdadeiro caça níquel não vi graça nenhuma no filme!Jim Carrey que já me proporcionou horas de risos tá sofrível, não passa de um bobão que força demasiadamente a barra nas caricaturas!Enfim vou dar nota 1 na generosidade somente p/ Carrey e pela nostalgia do primeiro....
    Mostrar comentários
    Back to Top