Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    As Vantagens de Ser Invisível
     As Vantagens de Ser Invisível
    19 de outubro de 2012 / 1h 43min / Comédia dramática, Romance
    Direção: Stephen Chbosky
    Elenco: Logan Lerman, Emma Watson, Ezra Miller
    Nacionalidade EUA
    Ver o trailer
    Assista agora
    Imprensa
    3,8 11 críticas
    Usuários
    4,5 4527 notas e 235 críticas
    Adorocinema
    4,0
    notar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Charlie (Logan Lerman) é um jovem que tem dificuldades para interagir em sua nova escola. Com os nervos à flor da pele, ele se sente deslocado no ambiente. Seu professor de literatura, no entanto, acredita nele e o vê como um gênio. Mas Charlie continua a pensar pouco de si... até o dia em que dois amigos, Patrick (Ezra Miller) e Sam (Emma Watson), passam a andar com ele.
    Título original

    The Perks of Being a Wallflower

    Distribuidor PARIS FILMES
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 2012
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 3 curiosidades
    Orçamento 13,000,000 USD
    Idiomas Inglês
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Assista ao filme

    Online
    Assista agora
    Alugar
    Veja todos os filmes online

    Críticas AdoroCinema

    4,0
    Muito bom
    As Vantagens de Ser Invisível

    Desajustes da juventude

    por Lucas Salgado
    Nos últimos tempos, a comédia dramática independente norte-americana passou a ser tratada quase como um gênero cinematográfico. Mais do que um produto fresco de baixo orçamento, passou a retratar clichê que poderiam ser considerados bonitinhos pelo publico sedento por personagens desajustados. Felizmente, As Vantagens de Ser Invisível é tudo, menos banal. Segue a fórmula indie atual, mas o faz sem largar mão de um roteiro inteligente, delicado, divertido e, muitas vezes, duro. Charlie é um jovem solitário que já passou por traumas em sua vida. Ele convive com o suicídio recente de um amigo e as lembranças da morte da tia em um acidente. Começando o ensino médio, ele tem dificuldades em encontrar novos amigos, ainda mais que todas as panelinhas do colégio já estão formadas. Com o tempo acaba conhecendo Patrick e sua meia-irmã Sam, com quem passa a conviver diariamente. Ele descobre a feli...
    Ler a crítica
    As Vantagens de Ser Invisível Trailer Legendado 2:41
    As Vantagens de Ser Invisível Trailer Legendado
    104 953 visualizações
    Pela web

    Elenco

    Logan Lerman
    Personagem : Charlie
    Emma Watson
    Personagem : Sam
    Ezra Miller
    Personagem : Patrick
    Erin Wilhelmi
    Personagem : Alice
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Mayara H.
    Mayara H.

    Segui-los 2 seguidores Ler as 2 críticas deles

    5,0
    Enviada em 20 de junho de 2013
    "As Vantagens de Ser Invisível" é o tipo de filme que não pode deixar de ser visto, mesmo que no fim o público acabe odiando. Por mais que seja tentador assistir a qualquer outro filme cheio de sangue, morte, sustos e tiros, a suavidade com que o filme foi produzido faz valer a pena cada minuto do que se passou com cada personagem. De início, soa como um filme em que se encontra em qualquer esquina, um draminha colegial qualquer, que já ...
    Leia Mais
    Rafael A.
    Rafael A.

    Segui-los 14 seguidores Ler as 40 críticas deles

    5,0
    Enviada em 4 de maio de 2013
    Stephen Chbosky escreveu em 1999 um livro chamado “As Vantagens de ser Invisível” (The Perks of Being a Wallflower), no qual um menino de 15 anos escreve cartas para uma pessoa anônima afim de contar suas passagens, quase como um jornal. As cartas exploram temas da adolescência, como entrar no colegial, apaixonar-se, encontrar amigos, ter as primeiras experiências sexuais, uso de drogas e homossexualidade. No Brasil, o livro foi publicado ...
    Leia Mais
    Gabriela K.
    Gabriela K.

    Segui-los 13 seguidores Ler a crítica deles

    3,0
    Enviada em 7 de dezembro de 2013
    Esperava mais, principalmente depois de ter lido o livro... muita coisa que eu considerava importante ficou de fora. De qualquer jeito, bom filme!! Algumas partes me fizeram lembrar de "Clube dos Cinco"
    Jonas Furtado Bittencourt
    Jonas Furtado Bittencourt

    Segui-los 1209 seguidores Ler as 546 críticas deles

    4,0
    Enviada em 18 de outubro de 2019
    Aqui, os jovens descolados são os deslocados; infinitos, os invisíveis. Drama adolescente sincero, em que um Lerman maduro surpreende num personagem complexo e Miller rouba cada cena, num papel que parece feito pra si. Update de Clube dos Cinco. Upgrade! Aquele filme que transmite tanto carinho dos envolvidos que parece que foi feito especialmente para nós. Poucos dos dramas indies recentes compreenderam tão bem seus personagens e a passagem ...
    Leia Mais
    235 Comentários do leitor

    Fotos

    36 Fotos

    Curiosidades das filmagens

    17 anos depois

    Stephen Chbosky já havia dirigido um longa metragem independente em 1995, chamado The Four Corners of Nowhere.

    Acumulando funções

    A Mr. Mudd Productions (produtora de Juno) tinha a intenção de contratar Stephen Chbosky, autor do romance em que o filme se baseia, apenas para escrever o roteiro do longa. Os produtores John Malkovich, Lianne Halfon e Russell Smith sugeriram que Chbosky não somente adaptasse sua obra para as telonas, mas que também fosse responsável pela direção do filme.

    Classificação indicativa

    Inicialmente, o filme recebeu a classificação "Rated R" pelo MPAA (órgão responsável por classificar a adequação do conteúdo de um longa para determinados públicos nos Estados Unidos), o que significa que ele não era aconselhado para menores de 17 anos, por conta de "uso de álcool e drogas por adolescentes e algumas referências sexuais". Posteriormente o MPAA voltou atrás e diminuiu a classificação para PG-13, com um aviso de que parte do materia... Leia Mais

    Últimas notícias

    Quase Uma Rockstar e outras 5 boas adaptações adolescentes
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    terça-feira, 1 de setembro de 2020
    Rocky Horror Picture Show 45 anos: Relembre outras versões do filme
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    sexta-feira, 21 de agosto de 2020
    De um musical em Glee até uma reimaginação do longa de 1975, lembramos que clássicos nunca morrem.
    Amazon Prime Video: Mais indicações de filmes para cada gênero
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    quarta-feira, 5 de agosto de 2020
    Selecionamos um pouco de cada coisa para não faltar nada na sua listinha!
    47 Notícias e Matérias Especiais

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Thiago Soares Mota
      (Obs. 3: o filme As Vantagens de Ser Invisível (2.012) foi o 192º filme de 2.020, visto pela terceira vez no dia 11/05 (as outras duas vezes estão descritas acima), desse vez, depois de finalmente ler o livro! Ambos tem a mesma nota: 10...)
    • Senhor Ivan Sou Gay Gente
      Um dos filmes mais dramáticos daquele ano.Cenas emocionantes,atuais e tudo isso com pontas de humor leve.O trio principal é simplesmente admirável.-Dou nota 8/10
    • Thiago Soares Mota
      340º filme de 2.019 - Visto pela segunda vez em 17/10 (terceira reprise do mês; visto anteriormente em 05/06/2.013)...- Finalmente consegui adquirir esse filme, por R$ 9,99 o blu-ray, numa grande rede varejista, filme que eu considero o melhor filme que eu assisti em 2.013 (entre 388 filmes, sendo 289 inéditos e 99 reprises)! Não posso dizer se é fiel ao livro porque não o li, mas depois dessa sessão, vou comprar para ler, com certeza, mas é um filme bem dirigido, bem montado, com ótimas atuações de todo o elenco e uma das melhores trilhas sonoras de todos os tempos, que vai de Temptation, by New Order, a maravilhosamente brega All Out of Love, by Air Suplly (só pela trilha sonora já vale a pena ver o filme)! Não entendo como a Academia despreza um filme assim, já que ele aborda temas muito sérios, como abuso sexual e pedofilia, bullyng, depressão e isolamento entre jovens e adolescentes, entre outros! Será que só os filmes que abordam temas tão complexos entre adultos é que podem ser levados a sério? Porque esse filme é melhor, repito, MELHOR, do que todos os indicados ao Oscar 2.013 (todos produzidos e lançados nos EUA em 2.012): melhor do que os ótimos Argo, As Aventuras de Pi, Django Livre e O Lado Bom da Vida, melhor que os chatissimos A Hora Mais Escura e Lincoln, melhor que o insuportável Os Miseráveis e melhor do que os super estimados Amor e Indomável Sonhadora (hã, que filme é esse mesmo?)! Por favor, Academia, já passou da hora de aposentar muitos dos seus membros e mudar os critérios! A belíssima Nina Dobrev, junto com a Mae Whitman e o Paul Rudd são bons coadjuvantes, mas é o trio principal que atrai toda a atenção, sendo difícil imaginar outros atores nesses papéis: o Logan Lerman consegue transmitir toda a angústia e todo sofrimento do personagem, o Ezra Miller é um furacão em cena e a Emma Watson... Ah, Emma Watson! Ficou para trás a criança e adolescente que roubava as cenas na cinessérie Harry Potter, dando lugar a uma mulher apaixonante, cativante, uma das mulheres mais bonitas do mundo e uma grande atriz! Impossível tirar os olhos dela durante a projeção! A futura Bela dá um show em cena, da adolescente insegura a atriz amadora desencanada nos palcos a menina mulher que aceita o amor que ela acha que merece! O filme flui de uma maneira que passeia por diversos gêneros, e termina num piscar de olhos, deixando o gostinho de quero mais! E, ao final, ao som da clássica Heroes, do camaleão David Bowie, fica a certeza de ter assistido a uma obra prima do cinema moderno! Esse vai para minha lista dos melhores de todos os tempos e vale várias sessões...- Nota: 10/10 (obra prima)...(Obs.: o 341º filme de 2.019, visto no dia 18/10, foi o péssico e tosco filme sueco Thriller (1.973), com a maravilhosa Christina Lindberg, sem registro aqui no site, portanto, sem nota)...(Obs. 2: o 342º filme de 2.019, visto no dia 19/10, foi a co-produção IRL/REU The Scandalous Lady W, com a belíssima Natalie Dormer, sem registro aqui no site, portanto, sem nota)...
    • Diego Harlen
      Só agora em 2019 eu vim aqui comentar kkk.. Vi esse filme no cinema, foi aclamado pela crítica naquele ano, é com certeza um dos melhores filmes dessa década, considerado um dos melhores do gênero. É um filme especial pq conseguiu tratar de forma direta e objetiva o drama da adolescência e da juventude dos anos 90 ( a historia se passa em 1991 e 1992), falando de auto estima, depressão, abuso na infância, problemas de sociabilidade e primeiras descobertas, juntando isso tudo com uma trilha sonora perfeita que trouxe músicas dos anos 70, 80 e 90. Quem é ou já foi adolescente vai se identificar muito com a historia deles com certeza pq ele se conecta diretamente com o telespectador independente da idade, é incrível.
    • Diego Harlen
      Cara, chato é esse teu comentário. É um dos filmes mais aclamados do genero! De boa, vai assistir os filmes da marvel então hahahahahahaha
    • Giovanna B.
      pipipi popopo é obv, o livro é bem mais completo, isso é uma adaptação, não espere a copia exata do livro q isso nunca vai acontecer com nenhum filme/livro
    • Senhor Ivan
      Um dos filmes mais dramáticos daquele ano.Cenas emocionantes,atuais e tudo isso com pontas de humor leve.O trio principal é simplesmente admirável.-21 de Março de 2018-Dou nota 8/10
    • CJ E
      Esse filme é muito bom. Recomendo a todos que gostam de cinema, adoro as musicas também...
    • Rodolfo A.
      norte-americana*
    • Rodolfo A.
      Filme chato, tedioso e previsível. O filme aborda o que milhares de outros filmes abordam: o drama da adolescência americana.
    • Monic M.
      Filme sério. Trata de assuntos da adolescência de forma realista e sem drama. Se você esperar por um filme “bonitinho” e “romântico”, não será isso que assistirá. A narrativa traz problemáticas que fomentam a reflexão crítica desse período na sociedade em que vivemos. Esteja bem para assisti, é o que eu recomendo.
    • Gwen Stacy
      Achei esse filme mais ou menos, água com açúcar...
    • William Matheus
      Um filme que entra na minha lista de favoritos, sem dúvidas!
    • Mery Tchekalokha
      Vantagens de Ser Invisível,tem uma grande vantagem.Mostrar de uma forma bem clara as situações vividas,por muitas pessoas no dia a dia.E de forma bem clara ,o diretor,Stephen Chbosky,tenta passar de uma maneira bem simples.Uma boa direção,já que foi sua estréia em longa.Mas,talvez não precisou de muito,sendo que tinha em mãos,um elenco promissor.Logan Lerman e Emma Watson,nos passa segurança naquilo que realmente interessa em ver.Um dos melhores filmes do ano,sem dúvidas.
    • Marciio Oz
      Quando surgiu filmes para ser adaptado de Livros, lhe digo que foi uma ótima ideia isso. As Vantagens de ser Invisível foi o filme que conquistou Adolescentes e Adultos, pode se dizer que esse filme não só leva a vantagem de ser merecido um Oscar, mas como um Globo. Emma Watson ( A Maravilhosa Hermione, de Harry Potter ) fez um ótimo papel ao lado de Logan Lerman ( Semi-Deus, de Percy Jackson ), filme que realmente emociona o telespectador, fazendo que o chore e sonhe com o filme. Filme que não pode deixar de ser visto! Emma Watson
    • Max S.
      esse filme é incrível!Se comunica com o telespectador, a gente se familiariza com os personagens, com o enredo, com a historia!Vi esse filme, e no outro dia vi de novo!
    • Billie G.
      É raro quando um filme se comunica diretamente com o seu telespectador, conversa diretamente com você, e as palavras simplesmente fazem todo sentido do mundo. Todos não importa sua idade que um dia tiveram dificuldades crescendo, aqueles que não tiveram uma adolescência fácil, que já se sentiram sentiu excluídos, ou que não pertenciam à aquele lugar, que foi aquela pessoa zoado por todos, ou simplesmente porque você era retraído, esse filme fala com vocês. Um filme que mostra os dilemas da vida de um garoto depressivo, assombrado por suas lembranças, e ao entrar no colegial, e mostram a dificuldade de seu dia dia, em não ser o cara popular, em não ser o bonitão, vivendo com medo do passado e do presente. Esse filme mostra da forma mais honesta e verdadeira, a dificuldade de ser um adolescente com problemas, de não se sentir bem consigo mesmo, de não se sentir aceito, de se sentir um fracasso, de se sentir preso em seus pensamentos, se perguntando quando você irá piorar de novo, até mesmo dos dilemas do amor na adolescência. O filme apesar de tratar de temas pesados como depressão, suicidio, abuso, o filme ao mesmo tempo passa uma mensagem de esperança, de recomeço, que não importa quem você era no passado, mas sim quem você é agora, mostra que na vida há coisas que fazem tudo valer a pena, há momentos que fazem a vida ser bela e bonita de ser vivida, mostra a importancia da amizade e a diferença que ela faz na vida de uma pessoa, mostra que as pessoas não precisam ser iguais para se amarem, com o grupo de amigos se auto entitulando os "desajustados" elas mostram que as diferenças são irrelavantes e o que importa é o que eles passam juntos e como se sentem, e tudo isso de uma forma sincera, sem ser clichê, sem ser superficial, com atuações soberbas e impecáveis com um excelente elenco com destaque para espetacular performance de Logan Lerman, sem falar na ótima química com Emma Watson. Stephen Chbosky consegue entregar uma obra honesta e capaz de tocar as pessoas sentimentalmente, o filme baseado em livro que ele mesmo escreveu te proporciona momentos de nostalgia, tristeza e alegria, excelente diálogos, performances soberbas, trilha sonora perfeita,e uma narrativa excepcional carregam esse filme, uma obra que merece ser assistida, ser apreciada, na minha opinião é algo simplesmente especial.Nota: 10.0
    • Billie G.
      Eu não esperava muito coisa e me surpreendi, filme espetacular, roteiro extremamente bem escrito, atuações impecáveis, trilha sonora espetacular, uma narrativa excepcional, e mais importante um filme extremamente sincero, que demonstra de foram honesta as dificuldades de ser um adolescente com problemas, o filme aborda temas emocionais que muitas pessoas irão se identificar, e isso é especial, isso diferencia o filme, simplesmente excelente.
    • Billie G.
      Ela abusou dele sexualmente.
    • Alexandra ..
      Muito ruim.Cheio de clichês como o seriado glee
    Mostrar comentários
    Back to Top