Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Quase Uma Rockstar e outras 5 boas adaptações adolescentes
    Por Ygor Palopoli — 1 de set. de 2020 às 18:00
    facebook Tweet

    O sucesso de Quase Uma Rockstar mostra que estamos de vez na era dos Coming of Age.

    Recentemente estreou na Netflix o filme Quase Uma Rockstar, produção original do streaming, adaptada da obra infanto-juvenil de Matthew Quick. Talvez você não esteja adaptado com o título do subgênero, mas o "Coming of Age" — obra que retrata a fase de amadurecimento e crescimento da adolescência para a fase adulta — tem sido cada vez mais reaproveitado e adaptado aos cinemas e à TV.

    Pegando o próprio gancho de Quase Uma Rockstar, que tem agrado bastante os espectadores, o AdoroCinema separou uma lista com outras interessantes adaptações recentes de livros com a pegada Coming of Age (ou apenas adolescente, caso queira resumir). Aproveite e prepare para fazer aquela lista especial!

    QUASE UMA ROCKSTAR

    Quase Uma Rockstar | Conheça o novo filme da Netflix

    Em Quase uma Rockstar, Amber Appleton (Auli'i Cravalho) tem dezessete anos e está no ensino médio. Ela mora em um ônibus escolar junto com a sua mãe alcóolatra e seu leal vira-lata, Bobby Big Boy, após serem expulsas de casa pelo ex-namorado da mãe. Mesmo tendo uma vida difícil, a jovem mantém a sua boa energia e otimismo, focando em ajudar as pessoas ao seu redor. Quando uma tragédia ocorre em seu mundo, a vida da jovem é drasticamente afetada, mudando sua maneira de enxergar as coisas.

    Dirigido por Brett Haley, o mesmo do controverso Por Lugares Incríveis, Quase Uma Rockstar é inspirado no livro de Matthew Quick, talentoso escritor por trás O Lado Bom da Vida, que também tem uma adaptação de bastante sucesso. Ao contrário de Por Lugares Incríveis, o filme teve uma recepção bem interessante, o que até pode gerar outras adaptações do Quick, que fala muito sobre o assunto do amadurecimento.

    AS VANTAGENS DE SER INVISÍVEL

    Resenha | As Vantagens de Ser Invisível (2012) - Entreter-se

    Dirigido pelo mesmo Stephen Chbosky que também escreveu o filme, As Vantagens de ser Invisível conta a história do solitário e deslocado Charlie (Logan Lerman), que precisa aprender a conviver com a nova rotina do Ensino Médio e a lidar com suas crises de ansiedade, depressão e estresse pós-traumático. No entanto, tudo muda quando ele conhece novos amigos de outra turma. 

    Praticamente uma unanimidade entre os fãs do subgênero, o longa estrelado ainda por Ezra MillerEmma Watson manteve-se fiel à obra original (talvez por contar com o autor na direção) e realizou uma excelente escalação, cumprindo todos os requisitos para uma adaptação que funcione tanto como releitura quanto como obra independente. Além, é claro, de te dar aquela sensação de ser...infinito.

    SE ENLOUQUECER, NÃO SE APAIXONE

    Se enlouquecer, não se apaixone | Netflix

    Craig (Keir Gilchrist), estressado com as demandas de ser um adolescente e assustado com sua tendência suicida, decide buscar ajuda em uma clínica psiquiátrica. Internado por uma semana, ele logo é acolhido por Bobby (Zach Galifianakis), que se torna seu mentor, e se encanta com Noelle (Emma Roberts).

    Existem vários lugares e maneiras para se descobrir, amadurecer e se apaixonar. Às vezes, um hospital psiquiátrico é o melhor deles. Originalmente escrito por Ned Vizzini, que recentemente faleceu em decorrência a um suicídio, o livro Uma História Meio que Engraçada fala justamente sobre encontrar pessoas que te entendem e estão lá por você quando passa pelo momento de entender seu local no planeta.

    ME CHAME PELO SEU NOME

    Livro sequência de

    O sensível e único filho da família americana com ascendência italiana e francesa Perlman, Elio (Timothée Chalamet), está enfrentando outro verão preguiçoso na casa de seus pais na bela e lânguida paisagem italiana. Mas tudo muda quando Oliver (Armie Hammer), um acadêmico que veio ajudar a pesquisa de seu pai, chega.

    Indicado ao Oscar e inclusive saindo vencedor com o prêmio de Melhor Roteiro Adaptado, Me Chame Pelo Seu Nome mostra que foi certificadamente uma adaptação muito bem feita e bastante sensível, falando sobre se descobrir e se entregar no período da adolescência até que, por fim, possamos entender as coisas ao nosso redor.

    ADORÁVEIS MULHERES

    Mulheres no cinema: 'Little Women', de Greta Gerwig, tem Emma Watson e  Saoirse Ronan no elenco - Casa Vogue | Arte do Cinema

    Dirigido por Greta Gerwig e estrelado por Saoirse RonanEmma WatsonFlorence Pugh e Eliza ScanlenAdoráveis Mulheres conta a história de quatro irmãs que amadurecem na virada da adolescência para a vida adulta enquanto os Estados Unidos atravessam a Guerra Civil. Com personalidades completamente diferentes, elas enfrentam os desafios de crescer unidas pelo amor que nutrem umas pelas outras.

    Também indicado ao Oscar, o filme mostra que obras clássicas, de décadas e décadas atrás, também podem muito bem falar a respeito do que significa amadurecer e encontrar o seu lugar no mundo, especialmente quando se está cercado por pessoas tão amadas mas tão diferentes.

    COM AMOR, SIMON

    Com Amor, Simon': já vimos e te contamos tudo! - Quem | Séries e filmes

    Todos merecem uma história de amor! Essa é a frase que explica muito bem a premissa de Com Amor SimonNa trama, aos 17 anos de idade, Simon Spier (Nick Robinson) aparentemente leva uma vida comum, mas sofre por esconder um grande segredo: nunca revelou ser gay para sua família e amigos.

    E tudo fica mais complicado quando ele se apaixona por um dos colegas de escola, anônimo, com quem troca confidências diariamente via internet. Leve, apaixonante e identificável para aqueles que passaram por situações parecidas na adolescência, o filme é uma celebração à própria identidade e o amor livre dentro desta perspectiva.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top