Minha conta
    Sandman foi inspirado em uma verdadeira epidemia do sono e você nem imaginava
    9 de ago. de 2022 às 11:22
    Bruno Botelho dos Santos
    Bruno Botelho dos Santos
    -Redator | crítico
    Bruno é redator e crítico do AdoroCinema, que divide seu tempo na cultura pop entre tomar susto com os mais diversos filmes de terror, assistir os clássicos do cinema ou os grandes blockbusters e enaltecer o trabalho de David Lynch e Stanley Kubrick.

    Sandman, adaptação da saga nos quadrinhos escrita por Neil Gaiman, está disponível no catálogo da Netflix com 10 episódios.

    Sandman está disponível no catálogo da Netflix, adaptação da aclamada saga em quadrinhos escrita por Neil Gaiman e publicada entre 1989 e 1996 pela Vertigo (antigo selo da DC Comics). O que muitos podem não saber é que o primeiro arco de Sandman, "Prelúdios e Noturnos" – adaptado na 1ª temporada da série – foi inspirado em um evento que aconteceu na vida real, no caso uma epidemia do sono.

    Em Sandman, o mago Roderick Burgess (Charles Dance) tenta capturar a Morte (Kirby Howell-Baptiste), mas acaba prendendo por décadas seu irmão mais novo Morpheus, o Rei dos Sonhos (Tom Sturridge). Após sua fuga, o personagem também conhecido como Sonho ou Sandman, parte em busca de seus poderosos artefatos perdidos: seu elmo clássico, uma algibeira com areia e um rubi. Ele está determinado a trazer de volta a ordem para seu Reino, o Sonhar – lugar que dá forma aos nossos medos e fantasias mais profundos –, e fará o que for preciso para restaurar seu mundo, deteriodado depois de sua longa ausência.

    Sandman realiza o sonho dos fãs com adaptação fiel aos quadrinhos de Neil Gaiman (Crítica da 1ª temporada)
    Conheça a epidemia do sono e sua inspiração para Sandman

    Nos quadrinhos e na série de Sandman na Netflix, o aprisionamento de Sonho por décadas causou estragos no mundo desperto e no reino de Morpheus, o Sonhar, que começou a entrar em colapso quando vários sonhos e pesadelos abandonaram o plano dimensional. No mundo desperto, uma doença do sono se espalhou e afetou milhões de pessoas, que simplesmente adormeceram e não acordaram. Uma delas, Unity Kincaid (Sandra James-Young), foi uma vítima crucial que deveria se tornar o Vórtice dos Sonhos de sua época. Em vez disso, esse poder passou para sua neta, Rose Walker (Vanesu Samunyai).

    A inspiração para Neil Gaiman para a doença do sono presente na 1ª temporada de Sandman veio em uma epidemia real que ocorreu de 1916 (o ano em que Sonho foi capturado por Roderick Burgess) até 1927. Conhecida como encefalite letárgica, uma inflamação do cérebro, a doença do sono atingiu entre 5 e 10 milhões de pessoas em todo o mundo, matando metade delas em pouco tempo.

    O vírus que causou a encefalite letárgica nunca foi claramente identificado. Muitos dos sobreviventes da doença do sono pareciam se recuperar, mas foram incapacitados anos depois por uma síndrome paralisante. O Dr. Oliver Sacks escreveu o livro "Awakenings", que virou o filme Tempo de Despertar (1990) estrelado por Robin Williams, sobre a doença do sono e suas vítimas. Desta forma, Gaiman vinculou a verdadeira epidemia com Sandman, atribuindo a prisão do protagonista pela doença do sono.

    Em Sandman, o retorno de Morpheus ao Sonhar acabou com a doença do sono depois que ele restabelece seu reino da forma original, deixando tudo certo com o mundo desperto novamente até que John Dee (David Thewlis) ameaçou tudo corrompendo o rubi de Sonho, até finalmente ser interrompido por ele.

    Sandman está disponível na Netflix, com 10 episódios em sua 1ª temporada.

    Sandman
    Sandman
    Data de lançamento 5 de agosto de 2022 | min
    Séries : Sandman
    Com Tom Sturridge, Gwendoline Christie, Vivienne Acheampong, Boyd Holbrook, Charles Dance
    Usuários
    4,0
    Assistir em streaming
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top