Minha conta
    Cuphead: Diabo aparece em novo desenho da Netflix? Entenda a trama da animação infantil criticada por pastor
    23 de fev. de 2022 às 10:36
    Diego Souza Carlos
    Apaixonado por cultura pop, latinidades e karê, Diego ama as surpresas de Jordan Peele, Guillermo del Toro e Anna Muylaert. Entusiasta do MCU, se aventura em estudar e falar sobre cinema, TV e games.

    Cuphead - A Série é uma produção baseada em aclamado game homônimo.

    Conforme anunciado em 2019, o aclamado game Cuphead ganhou uma adaptação seriada pela Netflix. A animação, que recria o estilo gráfico utilizado na obra original e é inspirada em desenhos clássicos da década de 1930, chegou ao catálogo do streaming na última sexta-feira (18).

    Assim como no game, a trama acompanha as desventuras do impulsivo Xicrinho e seu ingênuo irmão Caneco. Simples, despretensiosa e caótica, a série infantil não agradou a todos. Com a presença do próprio Diabo e dos demais vilões do título, incluindo dragões, piratas e sapos boxistas, a produção tem recebido algumas críticas.

    O pastor Rinaldo Silva, da Igreja Impactados, publicou um vídeo em seu Instagram falando sobre o desenho animado. Na legenda do registro, que já recebeu mais de 2,6 milhões de visualizações, ele afirma: "Precisamos estar alertas, para que possamos proteger nossos filhos de todas as astutas ciladas do Diabo!".

    Ele afirma ter conhecido a animação através da filha, que assistia ao conteúdo de indicação livre da Netflix. O religioso diz que ouviu "uma música estranha", ao indicar a canção do Diabo de Cuphead, e foi ao quarto da criança. Ao ter acesso ao trecho do primeiro episódio, relata ter feito uma oração.

    O Diabo em Cuphead

    Na narrativa de Cuphead, o personagem demoníaco não só reproduz parte da história vista no videogame, mas também funciona como contraponto à ingenuidade dos protagonistas, é a representação mais simples do mal, o antagonista da trama. Sua presença ali apresenta o conflito da história, assim como em diversas outras produções da cultura pop.

    Em inúmeras encarnações, a criatura já foi vista em As Meninas Superpoderosas, A Vaca e o Frango, Hora de Aventura, Coragem, o Cão Covarde, Eu sou o Máximo, quadrinhos da DC e da Marvel, entre outras produções voltadas ao público infantil.

    Uma das melhores séries na Netflix está ganhando uma 5ª temporada – mesmo a 4ª decepcionando os fãs

    Importante para a cultura, o Diabo é usado nas múltiplas representações do mal contra o bem, do vilão contra o herói, ou até mesmo em estudos sobre a complexidade humana. Para além de seu significado religioso, ele é um ser mitológico, parte da fantasia e da ficção.

    Game, DLC e futuro da série



    O Studio MDHR ficou responsável pela animação de Cuphead. Os cofundadores Chad e Jared Moldenhauer atuam como produtores executivos ao lado de CJ Kettler, da King Features, e Dave Wasson, que desenvolveu a adaptação para a TV. Disponível na Netflix, a primeira temporada é composta por 12 episódios com duração de aproximadamente 15 minutos cada.

    De acordo com a Animation Magazine, a animação deve ganhar novos capítulos em breve, visto que a Netflix já tem 36 episódios planejados. O portal Screen Rant também afirma que outras duas temporadas estão em desenvolvimento.

    Inventando Anna vai ter “continuação”: Novo projeto sobre a golpista já está sendo desenvolvido

    Destaque do The Game Awards 2017, Cuphead conquistou os prêmios de Melhor Direção de Arte, Melhor jogo Independente e Melhor Jogo de Estreia na edição. O jogo está disponível para PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch e PC. Um conteúdo adicional, com novas fases, será lançado em junho deste ano.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top