Minha conta
    Vincenzo: Por que assistir ao drama coreano da Netflix estrelado por Song Joong-Ki?
    13 de abr. de 2021 às 13:30
    Nathalia Jesus
    Nathalia Jesus
    -Redatora
    Especialista e consumidora de filmes, séries, música e programas de TV da Coreia do Sul. Dos clássicos cult de Park Chanwook até as farofas protagonizadas por um Park Seojoon 15 anos mais velho que seus personagens, ela aprecia a riqueza artística do país há muitos anos.

    Dirigido pela mesma cineasta responsável por Pousando no Amor, o drama traz referências à cultura italiana e tem conquistado muitos fãs.

    Vincenzo entrou recentemente no catálogo da Netflix e conquistou bastante fãs no Brasil — e isso pode ser observado na quantidade de vezes em que o drama coreano apareceu na lista de produções “em alta” na plataforma. A história é centrada em Vincenzo Cassano, um advogado e consigliere da máfia que saiu da Itália, onde foi adotado ainda jovem após ser traído pela máfia. De volta à Coreia, ele passa a trabalhar ao lado da advogada Hong Chayoung para se vingar de seus inimigos.

    Séries coreanas na Netflix para quem nunca assistiu

    Embora Vincenzo se envolva em situações perigosas para punir cartéis coreanos que não podem ser punidos pela lei, o drama coreano vai além de uma questão em que “o bem vence o mal”. Isto porque o protagonista não se incomoda em recorrer a meios perversos e pouco convencionais para alcançar aos seus objetivos de vingança. Para mergulhar um pouco mais na história do drama, o AdoroCinema preparou uma lista de motivos para assistir à produção na Netflix.

    Protagonistas destemidos e fora da lei

    Vincenzo e Chayoung formam uma dupla de advogados que se unem para garantir que a empresa farmacêutica Babel e a equipe judicial Wusang paguem pelos crimes que cometeram com seus produtos químicos e pela frequente obstrução de justiça que usam para se safar. No entanto, de acordo com os protagonistas, os desfavorecidos não precisam só de advogados, mas também necessitam de "um diabo" fora da lei. E é exatamente a posição em que se propõem estar. Com missões tensas de ação, a série ainda deixa uma pitada de humor na dinâmica entre os dois quando a situação está demasiadamente amarga. Esperem muito dessa dupla, eles não vão te decepcionar. 

    Desenvolvimento interessante entre mãe e filho abandonado

    Ao mesmo tempo em que é típica, a história de Vincenzo é ligeiramente fora da curva quando se fala em situações de abandono em dramas. Em muitas séries coreanas, quando o protagonista é largado pelos pais durante a infância, ele carrega esse trauma de forma profunda e os leva a viver uma vida diferente.

    Embora a mesma premissa tenha sido usada em Vincenzo, após sua mãe o tê-lo abandonado após ser injustamente acusada de assassinato, o mafioso tem mágoa dela, mas seu senso de proteção pela mulher sobrepõe esse sentimento. Quando retorna para a Coreia do Sul, o rapaz fica cara a cara com ela, sem deixá-la saber quem ele é. Nesse tempo, o rapaz segue seu caminho em busca de justiça e vingança pela mãe que foi erroneamente condenada.

    The Box: Conheça o filme coreano estrelado por Park Chanyeol, do grupo EXO

    Elenco de Vincenzo

    Dirigido por Hui-Won Kim, que também foi responsável por comandar o drama Pousando no Amor, Vincenzo é estrelado por Song Joong-Ki, que vive o protagonista mafioso e esteve no recente filme da Netflix, Nova Ordem Espacial. De acordo com a cineasta, a escolha do ator para interpretar Vincenzo foi decidida após assistir O Homem Inocente e ver Joong-Ki dando vida a um personagem multifacetado, que ia da inocência até às trevas facilmente.

    Ao lado de Song Joong-Ki está a atriz Jeon Yeo-bin, que também protagoniza Noite no Paraíso, novo longa-metragem de ação da gigante do streaming. A premiada atriz estrelou anteriormente na série dramática Be Melodramatic e no filme After My Death. Além disso, outro nome de peso no elenco é Ok Taecyeon, membro do grupo de K-Pop 2PM que vive o personagem Jang Joonwoo e mostrou suas habilidades de atuação em outros dramas como Pode Vir, Fantasma e Save Me.

    Referências à cultura italiana

    Apaixonados pela Itália certamente vão se encantar com Vincenzo. Uma das razões pelas quais os fãs foram impactados desde o lançamento do primeiro trailer do drama foi a incrível habilidade de Song Joong-Ki em falar italiano. Geralmente, os dramas coreanos mostram personagens brincando com o uso do inglês, mas nada que costume chegar nem perto da pronúncia excelente de Joong-Ki em um italiano quase perfeito.

    Conheça Do Kyungsoo: O astro de K-pop que se tornou referência no cinema e dramas coreanos

    O ator principal revelou em uma entrevista que, após aprender espanhol para estrelar Nova Ordem Espacial, também aprendeu italiano para a melhor desenvoltura de seu personagem. Ele queria retratar a diferença na cultura, conforme seu personagem retornasse à Coreia do Sul depois de passar a maior parte de sua vida na Itália.

    Na coletiva de imprensa para a divulgação do drama, a cineasta Kim Hee-won também explicou por que desejava que Vincenzo tivesse formação italiana. “Eu queria que o personagem principal fosse um estrangeiro e um estranho [para a Coreia], para que pudesse haver um novo tipo de comédia e química que surgisse do confronto. Eu tentei misturar composições estáveis ​​e instáveis ​​na mise-en-scène e a trilha sonora usa muitas árias de ópera.”

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Carlos Taiti Yaguinuma
      Minha opinião: Assisti os 20 capitulos, normalmente são 16 capitulos e cada com mais de 1 hora de duração. Para quem lê isso acha um filme por capitulo. Mas na verdade é. Cada um com inicio meio e fim. E que conseguiram grudar a atenção de que vê. Há capítulos que passa tão rápido e você vai a mais um capitulo e depois outro e outro. Um roteiro e enredo muito bom, envolvente. Apesar da história não ser uma novidade, mas esta mistura de um mafioso italiano junto com pessoas simples lutando contra gigantes, empresários, políticos, judiciário, mídia, ... Muita manipulação dos gigantes para destruir os pequenos. Isso me fez lembrar o momento que o Brasil passa e a vontade é que exista um Vincenzo aqui no país. Bem que vejo que existe. Lembra também a série #mecanismo que é a #lavajato Acredito que existe muita coincidência com nos brasileiros e isso fez uma grande empatia. E também eles envolvem toda história com ouro. Não vamos dar spoiler. E agora foi confirmado a 2ª temporada.Vale apena assistir? SIMNota: 9,5
    Mostrar comentários
    Back to Top