Minha conta
    Lupin ou La Casa de Papel: Qual série da Netflix é melhor?
    Por Amanda Brandão — 12 de fev. de 2021 às 10:23

    As duas produções possuem muitas similaridades mas são diferentes e o AdoroCinema pode provar!

    Lupin estreou na Netlix em 2021 e rapidamente apareceu no Top 10 da plataforma, de outro lado tem La Casa de Papel que é uma das séries de maior sucesso da gigante do streaming e já acumula milhões de fãs ao redor do planeta.

    Ambas as tramas são policiais e possuem semelhanças entre si, principalmente por conta dos planos e motivações dos protagonistas, o Professor (Alvaro Morte) e Assane Diop (Omar Sy). No entanto, a série espanhola está focada no planejamento e coordenação enquanto a francesa foca no fator vingança sem tantos detalhes no planejamento.

    Afinal, qual delas é melhor? Para chegar a essa conclusão, o AdoroCinema separou as principais diferenças entre Lupin e La Casa de Papel, revelando o que é melhor em cada uma delas.

    Lupin: Com data de estreia confirmada, o que podemos esperar da Parte 2 da série da Netflix?



    La Casa de Papel é uma série de ação



    Se o que você procura é ação, com certeza La Casa de Papel ganha essa disputa com Lupin. Isso porque todos os roubos são muito eletrizantes, apesar de bem planejados, e a tensão acontece justamente pelo medo de que algo saia errado. Para se ter uma ideia, os principais personagens já morreram na série.

    Lupin, por outro lado, tem uma trama sem armas e violência, com pouca ação durante os roubos. O foco ali são os disfarces super bem bolados de Lupin.

    A redenção dos personagens



    La Casa de Papel tem uma ótima história, mas embora os telespectadores possam sentir a paixão que o Professor tem pelo trabalho, de certa forma, ele parece egoísta. Já na trama de Lupin isso é diferente, e o sucesso da série se dá aos atos de vingança de Assane.

    Para Lupin, tudo gira em torno da redenção e o protagonista faz isso com suas próprias mãos. O personagem sabe que seu pai é inocente e quer que seu nome seja limpo. Os arcos pessoais são mais divertidos que em La Casa de Papel.

    Cenas impossíveis em Lupin



    Tanto em La Casa de Papel quanto em Lupin há algumas cenas que são simplesmente inacreditáveis. O que acontece é que a série francesa pesa um pouco na mão e acaba sendo irreal demais às vezes.

    Embora o Professor seja inteligente, ele parece saber tudo e como sair de todas as situações. Já Lupin tem algumas cenas impossíveis como invadir uma prisão, simular sua morte, desaparecer e ninguém procurar por ele. Há algumas cenas que acabam criando uma desconexão com a série. Ponto para La Casa de Papel.

    Trama familiar mais elaborada



    Diversas vezes a essência da família surge na trama de Lupin, ao contrário de La Casa de Papel. Assane está fazendo tudo isso pelo pai e até o vilão da série tem a filha ao seu lado.

    O que é legal de ver é que Assane está ensinando a seu filho a mesma moral que seu pai lhe ensinou quando era jovem. O vínculo deles e até mesmo dele e de sua ex-esposa é o que dá a Lupin aquele toque pessoal que La Casa de Papel deixa de lado ao longo de sua corrida de quatro temporadas.

    Em Lupin o personagem é duro na queda



    Ao contrário do Professor, Assane Diop é bom de briga. O protagonista de Lupin esteve em algumas cenas de luta em apenas 5 episódios de série, enquanto isso o Professor não é para confronto.

    O personagem de Omar Sy lutará para escapar se for encurralado, enquanto o Professor tentará traçar um plano ou falar para sair de uma situação. Personagens, como Rio (Miguel Hérran) e Tóquio (Ursula Corberó), são mais adequados para o contato físico. Lupin fez um ótimo trabalho ao tornar seu personagem principal como um "durão".

    Lupin: Conheça a carreira de Omar Sy, o protagonista da série da Netflix



    Lupin não tem tanto suspense quanto La Casa de Papel



    A qualquer momento algo pode dar muito errado em La Casa de Papel. Por mais que o Professor adore planejar, ainda é difícil prever o imprevisível. Como, por exemplo, a morte de Nairobi.

    Já em Lupin, a tensão é mais lúdica e sem suspense suficiente. Quando o filho de Assane foi sequestrado na praia, os telespectadores o viram chegando a um quilômetro de distância - não teve suspense.

    Lupin tem um tom de comédia



    Os fãs podem contar em uma mão só quantas vezes esboçaram um sorriso ao assistir La Casa de Ppael. É uma série cheia de ação onde os movimentos são bem pensados ​​e as cenas são feitas para trazer suspense, não tem um tom de comédia.

    Já Lupin prova que algum suspense misturado com um pouco de humor pode ser igualmente impactante. Como o cachorro que só late ao ouvir o nome de Pellegrini.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Nádia Lamas
      Engraçado, gosto não se discute mesmo. Achei La Casa de Papel bem melhor, mais original e divertida. Lupin é mais do mesmo, você já viu vários filmes parecidos, desde o clássico Conde de Monte Cristo, a ficção está cheia de histórias de vingança. Discordo de que a motivação do Professor seja mais egoísta que a de Lupin, ele passou a infância num hospital e o pai não tinha grana para pagar o tratamento e planejou o roubo, que não chegou a executar. Cada uma daquelas pessoas tinha uma razão para estar ali e o dinheiro seria distribuído entre elas sem prejudicar ninguém. Casa de Papel pra mim só foi divertida até a morte do Berlim (até eles saírem da casa), depois assisti a mais uma temporada que achei bem chata, e aí desisti. Já Lupin eu talvez nem assista à segunda temporada.
    Mostrar comentários
    Back to Top