Minha conta
    Avatar - A Lenda de Aang: Criadores do desenho abandonam série da Netflix
    Por Katiúscia Vianna — 13 de ago. de 2020 às 11:16

    Michael DiMartino e Bryan Konietzko fizeram fortes declarações contra a plataforma.

    Lembra que a Netflix estava desenvolvendo uma série live-action de Avatar: A Lenda de Aang? Pois saiba que tal projeto sofreu uma grande perda, já que os criadores do desenho original, Michael DiMartino e Bryan Konietzko, abandonaram a produção da plataforma. Agora, resta esperar que não seja por causa de questões problemáticas nível O Último Mestre do Ar, longa fracassado de M. Night Shyamalan.

    "Em junho deste ano, após dois anos de desenvolvimento, Bryan Konietzko e eu tomamos a difícil decisão de deixar a série. Olha, isso acontece. Produções são desafiadoras, eventos inesperados surgem, planos tem que mudar. E quem sabe? A adaptação da Netflix pode ser boa. Pode virar um show que muitos de vocês gostem, mas posso garantir que, seja lá qual versão aparecer na tela, não será o que Bryan queríamos", confessou DiMartino.

    Ver essa foto no Instagram

    @bryankonietzko also wrote a statement concerning our departure. 🌊⛰🔥🌪 . . . . . . #avatar #avatarthelastairbender #michaeldantedimartino #legendofKorra #avataraang #avatarkorra #avatarfandom #fantasytvseries #korra #uncleiroh #iroh #stoicphilosophy #irohquotes

    Uma publicação compartilhada por Michael Dante DiMartino (@mike_dante_d) em



    Konietzko também divulgou uma declaração oficial, falando que a Netflix prometeu apoiar a visão da dupla, mas não cumpriu o trato, criando um espaço negativo de produção. "Para deixar claro, não era questão de nós não conseguirmos as coisas do jeito que queríamos, Mike e eu somos pessoas colaborativas, não precisamos ter todas as ideias. Se elas fossem alinhadas com o espírito e a integridade de Avatar, aceitaríamos elas com alegria."

    Ver essa foto no Instagram

    Well, friends... there you have it. Big sigh. 💔⬇️💔 I’m sure many of you will understandably want to know more and will ask me questions in the comments, here and on subsequent posts and live-streams and in-person encounters and everywhere else ad infinitum. I wish I could explain things in greater detail, but the above statement is really all I can say about the matter so I won’t be answering any of those. I encourage you to head over to my partner Michael DiMartino’s account to get his take on our departure too: @mike_dante_d Thank you from the bottom of my heart to all of the Avatar: The Last Airbender fans, and I’m sorry our involvement in the live-action project did not work out. Time to get on with my life. Onward and upward. 💙 Love, Bryan #avatarthelastairbender #cocreators #michaeldimatino #bryankonietzko #bryke #atla #liveactionseries #netflix

    Uma publicação compartilhada por Bryan Konietzko (@bryankonietzko) em



    Em resposta, a Netflix soltou um breve comunicado, afirmando que tem "respeito e admiração" pelos criadores. "Embora eles tenham decidido deixar o projeto, confiamos na nossa equipe criativa e sua adaptação".

    Exibida entre 2005 e 2008, Avatar: The Last Airbender (no original) gira ao redor de Aang, menino de 12 anos responsável por garantir o equilíbrio entre os quarto elementos: água, terra, fogo e ar, precisando impedir uma guerra com a Nação do Fogo. Desde então, a obra gerou uma continuação, The Legend of Korra, e uma série de graphic novels. A série da Netflix não ganhou previsão de lançamento.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top