Minha conta
    Game of Thrones: Nikolaj Coster-Waldau revela qual cena acha que foi a mais cruel da série
    Por Vitória Pratini — 2 de jul. de 2018 às 08:49

    Dica: não é da nova temporada.

    HBO

    Game of Thrones certamente tem sua cota de cenas horríveis, controversas e simplesmente perturbadoras durante as sete temporadas. Porém, para Nikolaj Coster-Waldau, intérprete de Jaime Lannister, há dois momentos em particular que, aparentemente, ele não suportou assistir.

    Durante uma entrevista à Variety no Festival de Criatividade de Cannes (via Time), o Regicida revelou que uma sequência da quinta temporada da série da HBO foi demais para ele. Trata-se do momento em que Stannis Baratheon (Stephen Dillane) permite que Melisandre (Carice van Houten) queime sua filha Shireen (Kerry Ingram) viva.

    "Eu achei que [foi] simplesmente cruel", explicou ele. "Isso fez sentido na história e entendo porque eles fizeram isso. Mas eu simplesmente não consegui assistir. Foi difícil até ler isso."

    HBO

    Coster-Waldau acrescentou que ele também teve problemas em assistir às cenas em que a irmã de Catelyn Stark (Michelle Fairley), Lysa Arryn (Kate Dickie), amamenta seu filho de 10 anos, Robin (intepretado pelo brasileiro Lino Facioli). "Era tão estranho e errado em todos os níveis", disse ele.

    Porém, ele vê o motivo de isso ter sido mostrado nas telas. "Acho que a beleza disso tudo é que fez sentido. Mesmo as coisas mais extremas foram conduzidas pela história", disse ele e comentou que todos esses anos de séries fizeram os espectadores se envolvessem por cada um dos personagens. Coster-Waldau então se calou, temendo revelar algo sobre o desfecho da produção.

    HBO

    O ator anteriormente havia revelado que o sigilo em torno do final da série é tanto que os roteiros da oitava temporada sumiram após serem filmados.

    Game of Thrones retorna às telinhas em 2019.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top