Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    13 Reasons Why segue botando o dedo na ferida, mas perde força com trama irregular (Crítica da 2ª temporada)
    Por Katiúscia Vianna — 17 de mai. de 2018 às 10:22

    Fique tranquilo: o texto é sem spoilers!

    Nota: 2,5 / 5,0

    Ame ou odeie, 13 Reasons Why foi um dos lançamentos mais populares de 2017. Sem medo de falar sobre alguns assuntos bem pesados no universo adolescente, a série rapidamente se tornou um grande fenômeno nas redes sociais, ao mesmo tempo que causou muita polêmica entre os adultos. Diante de tamanho sucesso, a Netflix não perdeu tempo em anunciar a renovação do show. Porém, a primeira temporada era uma história completa por si só (apesar de ter alguns ganchos abertos) e adapta todo o livro homônimo de Jay Asher. Agora, fica a pergunta que não quer calar: a continuação é realmente necessária?

    Ambientada alguns meses após o suicídio de Hannah (Katherine Langford), a trama retorna com o julgamento do processo promovido por Olivia Baker (Kate Walsh, excelente) contra o colégio de sua filha, buscando justiça pela morte da jovem. Os seus colegas, que ainda estão lidando com as consequências de tal tragédia, serão chamados para depor e isso vai revelar uma série de segredos, além de mostrar os acontecimentos sob uma nova perspectiva. E estaria tudo bem se o show focasse apenas na vibe "toda história tem dois lados", porém não é isso que os produtores têm em mente...

    Se a primeira temporada tinha as benditas fitas, o drama volta a investir em seu lado "vintage" com fotos polaroid, a fim de apresentar um novo mistério. Jura? Os vários problemas enfrentados por Hannah já não eram suficientes para intrigar o espectador? Na realidade, tal arco só parece ser um artifício para jogar Clay (Dylan Minnette) em posição central na narrativa. A partir disso, o jovem volta a ter visões com Hannah, numa justificativa pouco criativa para manter Katherine Langford no elenco (além dos flashbacks). Apesar das incríveis atuações de ambos os protagonistas, a ideia serve apenas como um simples recurso narrativo, ao invés de realmente abordar os efeitos emocionais que tal perda singificou para a sanidade mental de Clay. Aliás, porque esse garoto precisa ficar com rosto machucado em toda temporada?

    Mas ainda surgem críticas bem bacanas, representadas através de Jessica (Alisha Boe, o destaque do elenco) tentando seguir sua vida após ser vítima de estupro. O show acerta ao mostrar as dificuldades de superar esse trauma, principalmente no atual mundo tóxico e machista. Por exemplo, uma frase da jovem que define a importância de trazer esse debate para as telinhas: "As garotas são jogadas em estereótipos, enquanto os garotos tem a chance de definir a si mesmos." O assédio sexual segue sendo um tema marcante de 13 Reasons Why (com destaque para uma cena incrível no episódio final), mas é fácil perceber como o show investe em certos diálogos educativos, focando na necessidade de procurar ajuda - provavelmente, por conta das fortes críticas que recebeu em sua primeira temporada.

    A série também abocanhou a responsabilidade de acompanhar o que acontece nas vidas dos '13 motivos' e nem tudo apresenta a mesma qualidade. Se as jornadas de Alex (Miles Heizer), Justin (Brandon Flynn), Bryce (Justin Prentice) e até Mr Porter (Derek Luke) são interessantes para expandir a história criada por Asher, as tramas de Tyler (Devin Druid), Tony (Christian Navarro) e Zach (Ross Butler) parecem bem forçadas, enquanto os outros são praticamente esquecidos no churrasco. E como os depoimentos do julgamento não seguem a ordem das fitas, é difícil encaixar todos os "novos arcos", se você não lembra direito da primeira temporada.

    O grande problema surge quando a adaptação traz sérios erros de roteiro, fazendo furos na história contada até então, além de produzir diálogos fracos e previsíveis. Isso sem falar que alguns momentos parecem ser claramente inspirados em filmes como As Vantagens de Ser Invisível e Meninas Malvadas. Felizmente, o show consegue retormar parte de sua magia na reta final, engrenando um bom ritmo e com críticas necessárias sobre violência sexual, bullying, suicídio e controle de armas. Mas nem tem tempo para desenvolvê-los, pois enrolou tanto ao longo da temporada. Já é possível dizer que certas coisas vão "causar" novamente, principalmente no episódio final. Os fãs vão se emocionar, os conservadores vão reclamar, mas o importante é que o debate vai começar.

    Resumindo, 13 Reasons Why perde seu estilo singular e, por vezes, o espectador parece estar diante de uma outra série adolescente qualquer. Pelo lado positivo, o elenco funciona, a trilha sonora é cativante e a coragem de colocar o dedo na ferida segue ali. O que faz tal experiência ainda valer a pena é justamente quando a narrativa explicita aquilo que há de errado na sociedade, mas temos medo de falar em voz alta. É sempre importante usar a cultura para começar uma conversa, mas tal mensagem já tinha sido bem eficiente em sua primeira temporada. A continuação surge como botar água no feijão... Dura mais, porém não é exatamente aquilo que você esperava.

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Tim Meme
      Ficou muito dependente da primeira temporada porém continua boa.
    • Luis
      O primeiro episódio estava tao ruim que dormi 2x pra terminar ele, e assisti até o 3o... Pretendo nem ver mais de tão lento que está... A série deveria ter acabado na primeira temporada com um desfecho melhor, agora fica nesse lenga lenga pra arrecadar dinheiro e criar uma nova baleia azul
    • Lara Lannister
      Minha critica foi baseada só mesmo nesses episodios que eu vi , que me desencorajaram a ver o resto kkkk Posso ta errada mas fazer o q kkk
    • Alexandre Dias
      Final meia-boca feito nas coxas! Hannah Gasparzinha?! (chamem os irmaos Winchester!)A cena final da violencia viceral contra o Tyler foi de extremo mau-gosto (virou cena de seriado de cadeia a nivel do velho OZ), se era pra gerar revolta e polemica, antes tivessem matado o nerdinho no banheiro de tanta porrada...No geral, ficou a impressao de que o crime compensou, o mal venceu o bem (assim como na vida real). O Bryce se safou porque é filho de politico e tem uma legiao de escravos que o obedecem cegamente. O Marcus, outro tranqueira, saiu pela tangente sem ser devidamente punido. E no final das contas, de santinha a Hannah nao tinha nada: era uma tremenda mulher de malandro, ou seja, era louca pra dar pros macho-alfa da escola, e fazia ** doce com os caras bonzinhos que realmente gostavam dela...
    • Jax
      Como vc critica sem assistir? kkk
    • Melficeee
      Terminei agora de assistir e o que posso dizer é: LIXO!!! Pura encheção de linguiça, personagens que somem do nada e histórias sem sentido que sequer deram indícios na primeira temporada.
    • Renan Rodrigues
      Concordo com a critica, terminei de ver a segunda temporada e me arrependi por ter perdido meu domingo assistindo, muita cena desnecessária, pesada, o menino que desde a primeira temporada que vive machucado continua machucado, um drama péssimo dos personagens, a injustica do estrupador não levar a devida punição, e por fim ter mais um gancho pra 3 temporada, nota 1 pra segunda temporada e pretendo nem assistir a 3
    • Rafael Martinelli
      entao vc concordou que a serie e um lixo? lol
    • Lara Lannister
      Eu vi dois episódios e sinceramente foi o suficiente pra mim.
    • Mateus Vitor
      achei a critica horivel rasa , como vcs dizem que zach e tyler são forçados, são bem disinvolvidos principalmente tyler
    • Mateus Vitor
      não acho porque a serie toma bom caminhos e fecha alguns arcos que presisavam ser fechados e abre novos para futuro
    • Renan Rodrigues
      Critica pesada em, nada a ver, kkkk vcs criticam demais,
    • Gardemi14
      Igual você!
    • Wellington Pereira
      essa série é um lixo!
    • Melficeee
      Esse arco da Hanna tinha que ter acabado já na primeira temporada. Na segunda, deveria ser uma outra história mesmo que com os mesmos atores (a exemplo da American Horror Story).A Netflix errou feio.
    • Josephan
      Crítica absurda e sem fundamento! A segunda temporada mal foi lançada e já estão jogando pedras. Resolveram lançar uma segunda temporada para mostrar o lado de cada um dos personagens, como eles lidaram com os acontecimentos e com a culpa. E também para mostrar que a justiça deve ser feita. Acredito que os fãs terão as respostas que tanto esperam!
    • Lara Lannister
      Temporada desnecessaria
    Mostrar comentários
    Back to Top