Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Westworld: Evan Rachel Wood revela que recebeu salário menor que seus colegas homens nas primeiras temporadas
    Por Katiúscia Vianna — 17 de abr. de 2018 às 13:47

    Mas a situação irá mudar no próximo ano: "Se você recebe menos somente porque é uma mulher, não é justo."

    Evan Rachel Wood é o principal rosto de Westworld. Afinal, sua Dolores tem uma presença essencial no show criado por Jonathan Nolan e Lisa Joy. Porém, a atriz recebeu por uma salário menor que seus colegas homens na duas primeiras temporadas da elogiada produção da HBO.

    Quem fez o anúncio foi a própria Evan Rachel Wood, durante uma entrevista para o The Wrap, onde contou como essa situação só irá mudar numa possível terceira temporada. "Acho que só agora cheguei ao ponto de receber um pagamento igual aos meus colegas. Acabaram de me contar que vou ganhar um salário igual. E quase me emocionei. Isso nunca aconteceu comigo antes."

    Grande ativista do movimento #MeToo, a atriz comentou que entendia a diferença salarial no início do projeto, já que Anthony HopkinsEd Harris são atores do "nível Oscar", mas acredita que a situação mudou ao longo dos anos. "Acredito que estamos tendo a mesma quantidade de trabalho. Agora me sinto muito sortuda. É uma questão de justiça. Se você recebe menos somente porque é uma mulher, não é justo."

    Recentemente, a HBO anunciou que está reparando diferenças salariais em suas produções, com a ajuda da produtora de Big Little Lies, Reese Witherspoon. Viva a igualdade! Westworld retorna em 22 de abril.

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Lara Lannister
      Ceder não, entender.As mulheres precisam dessa igualdade e vão conquista-la da maneira que acharem melhor , seja militando na internet ou no congresso. Ou vc acha que vc , um homem, merece chegar pra nos e dizer como devemos lutar? kkkkSe for o mesmo serviço com a mesma qualificação, merece receber igual SIM.Então num filme onde Margot Robbie é protagonista, ela devera receber menos que Bruce Wilis (que aparece só 10 min no filme) só pq é o Bruce Wilis?mas não precisa as produtoras ficarem criando personagens para eles entrarem nos filmes à força. São minoria, então quando couber na história, entrem. Falou o homem branco que liga a Tv e ve super herois, super espiões, vilões fodas, herois de ação, personagens com carga dramatica incrivel, herois de filmes de luta... etc e etc. ATAAgora me diz, o que cralhos vai de diferença na , por ex, Mulher Maravilha ser Bissexual? Eu vi mtos reclamando quando a DC canonizou isso , mas que diferença faz isso pra vc? Nenhuma(a menos que vc seja preconceituoso). Que diferença isso faz pra uma adolescente lesb/Bi? Tudo.Não vemos manifestações de sexualidade lésbica em todos os ambientes da sociedade (são minoria) Permita-me discordar kkkk. Alem daquelas que não são tão explicitas, tem as que reprimem sua sexualidade. Sabe aquela tua colega de trabalho q nunca fala sobre relacionamento ou se fala, sempre fala sobre uma pessoa um alguem, pois é, ela pode ser lesbica e vc não sabe. :vPor fim, não sei se par romântico diminui a capacidade Olhai nas premiações, atuações que ficaram marcadas...esse tipo de coisa sabe? E me diz quantas eram resumidas a Par Romantico em comparação com o resto. Como estudante de interpretação e teatro , imagino como deve ser brochante vc le um roteiro e ta la par romantico como descrição do seu personagem.Me desculpe mas vc só esta sendo empático com os seus semelhantes. Além de fazer uso de mansplaining sobre feminismo e lgbt , pra mim uma mulher lgbt kkkk
    • Bernardo Bastos Guimarães
      Sou empático, mas isso não significa ceder a tudo que o outro quer, e sim saber ponderar. As mulheres precisam dessa igualdade, então precisam conquistá-la, não exigir mediante contratos trabalhistas com cláusulas pré-estabelecidas nesse sentido como se fosse obrigação receber o mesmo que homens. Aquelas que fazem por onde - Meryl Streep, Julia Roberts, Julie Andrews, Sally Field, Margot Robbie, Amanda Seyfried, Scarlett Johansson, entre tantas e tantas -, conquistaram. As de menor expressão terão que receber o mesmo que essas citadas? O mesmo que Robert de Niro, Bruce Willis, Christopher Plummer,etc, etc? Não, isso não seria o justo.Sim negros, lésbicas, gays, asiáticos, e minorias em geral, existem, mas não precisa as produtoras ficarem criando personagens para eles entrarem nos filmes à força. São minoria, então quando couber na história, entrem. Você quer uma protagonista lésbica... então que se crie um roteiro em que uma lésbica seja protagonista, talvez pinçado da vida real - quem sabe Frida Kahlo? Mas enfiar lésbica nos filmes só para nós a vermos não faz sentido. Não vemos manifestações de sexualidade lésbica em todos os ambientes da sociedade (são minoria), e assim precisa ser retratado num filme.Por fim, não sei se par romântico diminui a capacidade interpretativa de uma atriz. Aí é opinião sua. Sempre gostei desses filmes e aprecio tanto homens quanto mulheres nos papéis. Que tal Simplesmente amor, em que há de tudo um pouco? Achei nota 10.
    • Lara Lannister
      Discordo e mto Acho que as mulheres precisam sim dessa igualmente, seja no campo social ou profissional.Deixa eu te falar um segredo... Negros, gays, asiáticos eles existem e merecem sim espaço no entretenimento e mais ainda de uma boa representatividade, se vc fosse empático como diz ser, saberia disso. É mto fácil falar que a inclusão tá ficando chato quando v está bem representado em tudo que vc assiste. Falando como uma lésbica, eu ainda espero um filme de Aventura bem produzido, onde a protagonista seja lésbica e foda-se. Isso é algo que vc não tem como saber como é pq só o que tem são filmes de aventura bem produzido protagonizados por homens.Sobre a arte, já parou pra pensar que mtas atrizes não são tão reconhecidas como seus colegas homens simplesmente pq eles recebem os papéis fodasticos e elas o papel de par romântico?
    • Bernardo Bastos Guimarães
      Se a gente tiver empatia não precisa ser o outro para sentir o que se passa com ele, basta nos colocarmos no lugar dele, e eu faço isso constantemente. Apenas não podemos passar do extremo que existia até ontem e aceitar cair num extremo oposto a partir de hoje. Mulheres e homens precisam ter as mesmas chances, mesmo reconhecimento, mesma valorização, mas definitivamente não somos iguais, da mesma forma que um homem não é igual a outro, nem uma mulher a outra. Não caiamos no sexismo de mulher tem que ter tudo igual aos homens, porque há muitas variáveis a se levar em conta. Veja, no caso dessa atriz: a atriz recebeu por um salário menor que seus colegas homens na duas primeiras temporadas. Ora, quem sabe o personagem teria que crescer?, até porque a atriz comentou que entendia a diferença salarial no início do projeto, já que Anthony Hopkins e Ed Harris são atores do 'nível Oscar'.Sejamos justos?Paremos de sexismo, agora sempre só a favor das mulheres?Da mesma forma começa essa forçação de barra de ter que ter sempre um gay, uma lésbica, um negro e até um oriental nas produções... Já ficou chato. São minorias, e os produtores estão forçando a barra de enfiar minorias em tudo, quase que elas deixando de ser minoria e enfiando na cabeça das pessoas que precisam ser maioria.No caso do mercado de trabalho em geral, há serviços exatamente idênticos, e os salários devem ser idênticos. Mas no caso das artes, não. Não tem nada a ver. Artistas são mais reconhecidos do que outros. Certamente Meryl Streep ganha mais que todos os atores que contracenam com ela, e nem adianta eles reclamarem.
    • Lara Lannister
      Nesse caso em específico e parece q na s2 o salário vai ser igual. O que é justo visto q a Dolores vai protagonizar mais ainda.Não é justo julgar todo um problema baseado em apenas em um caso .Vc é homem, nunca vai saber como é alguém te desqualificando só por causa de seu gênero. Lucky you
    • Bernardo Bastos Guimarães
      Dois profissionais (vamos simplificar assim?) com a mesma qualificação - e capacidade -, de sexos diferentes, claro que não é justo receberem valores diferentes. Mas ela mesma reconheceu que tinha uma qualificação abaixo dos dois atores (homens e de padrão Oscar), portanto... não cabe o blá blá blá. Certo?
    • Lara Lannister
      Exatamente, sem preconceito. Deixa eu tentar de novo:Tem dois advogados (uma mlr é um homem) ambos com a mesma qualificação, diplomas e blá blá blá... E ainda assim o homem recebe mais. É justo?Melhor , dois cientistas mandam currículos para o seu laboratório. O da menina apresenta mais qualificações e se adequa melhor ao seu lab que o do rapaz, mas ainda assim, vc escolhe o do rapaz. Pq será? Uma coisa é um médico receber mais que uma empregada, outra é ter dois médicos ambos nota 10 e o homem receber mais só pq é homem.É justo?
    • Bernardo Bastos Guimarães
      Vejamos outro exemplo: um pintor de parede... um pedreiro... ou: a cozinheira da sua casa! Merecem o mesmo pagamento (pessoas de sexo diferente no mesmo serviço) só por fazerem o mesmo serviço, ou você saberá pagar mais àquele que faz melhor o trabalho encomendado?... Dou-lhe 1... dou-lhe 2... dou-lhe 3... pensar... pensar... pensar... Mas seja justa! Sem preconceito, por favor... ;)
    • Lara Lannister
      Mas se estão fazendo o mesmo trabalho, a mesma carga horaria, o mesmo tudo, pq apenas um recebe menos? Concordo com a fala dela.Porem o que vemos ai são series com protagonistas femininas como The Crown , onde as atrizes recebem menos q os colegas homens. E ambos os nomes dos atores tem o mesmo peso e as vezes os das mulheres tem até mais e recebem menos.
    • Flower i.
      Muito boa ponderação!
    • Bernardo Bastos Guimarães
      A atriz comentou que entendia a diferença salarial no início do projeto, já que Anthony Hopkins e Ed Harris são atores do 'nível Oscar', mas acredita que a situação mudou ao longo dos anos. 'Acredito que estamos tendo a mesma quantidade de trabalho. Agora me sinto muito sortuda. É uma questão de justiça. Se você recebe menos somente porque é uma mulher, não é justo' - essa fala dela demonstra que compreendeu que assim como não é justo você receber menos somente porque é mulher também não é justo receber o mesmo só porque é mulher. Numa produção artística vai importar o peso de cada artista, não seu sexo.
    • ChadGrey
      Então a actriz entrou num ramo artistico onde o valor de cada um está lado a lado entre o talento/imagem e não quer aceitar isso?! Não querendo denegrir porque até a acho uma muito boa actriz, mas estamos a falar de um elenco bastante pesado, experiente e valioso. Como ela aliás admitiu isso mas foi completamente desnecessária a referência de mulheres ganham menos ou mais, blah blah blah. Tenho a certeza que se uma Jennifer Lawrence ou Emma Stone (se não me falha a memória foram as mais bem pagas no ano passado) aparecessem na série apenas dez minutos num episódio qualquer iriam ganhar mais que ela ao trabalhar a temporada toda.
    Mostrar comentários
    Back to Top