Minha conta
    Festival de Gramado: Julia Dalavia estrela filme histórico e relembra gravações como Guta, em Pantanal (Entrevista exclusiva)
    Por Aline Pereira — 17 de ago. de 2022 às 15:35

    A atual edição do Festival de Gramado segue com programação intensa até 20 de agosto.

    A 50ª edição do Festival de Cinema de Gramado, que acontece até 20 de agosto, trouxe uma lista de produções de peso para a disputa pelos troféus Kikito, e muitas personalidades conhecidas no cinema e na televisão já passaram pelo tapete vermelho do evento – uma delas é Julia Dalavia. A atriz de 24 anos foi uma das aparições de destaque no festival: além do sucesso como Guta, no remake da novela Pantanal, ela também é uma das estrelas de O Pastor e o Guerrilheiro.

    Festival de Gramado: O Clube dos Anjos é baseado em livro de Luis Fernando Veríssimo e diretor relembra “pânico” ao mostrar filme para o escritor (Entrevista Exclusiva)

    O longa assinado por José Eduardo Belmonte (Carcereiros) concorre ao prêmio de Melhor Longa-Metragem e acompanha a história do jovem revolucionário João (Johnny Massaro) preso em 1968, durante a ditadura militar. Na prisão, ele conhece Zaqueu (César Mello), um pastor evangélico que foi capturado por engano. Em meio às torturas a que João é submetido, os dois homens criam uma conexão profunda e marcam de se encontrar 27 anos depois, à meia-noite da virada do milênio.

    João morre antes do encontro e entra em cena Juliana (Julia Dalavia), uma jovem cujo passado está ligado ao regime militar, mas que está determinada a levar a história do pastor e do guerrilheiro adiante. Em entrevista ao AdoroCinema, Julia ressalta que o filme é também um registro importante, relembrando aqueles que dedicaram suas vidas à busca por justiça. “O filme é muito importante como registro da memória de pessoas que lutaram pelo nosso país pela democracia”, diz.

    Para a atriz, os mais de 50 anos que separam o período em que a história começa e os dias atuais também são importantes para entender a trama de O Pastor e o Guerrilheiro e conectá-lo à realidade que vivemos agora. “Ainda mais neste momento em que cada um está encontrando sua forma de resistência. É um filme importante para o Brasil de 2022. E é muito importante estar aqui no festival”, explicou.

    O Pastor e o Guerrilheiro
    O Pastor e o Guerrilheiro
    1h 55min
    Criador(es): José Eduardo Belmonte
    Com Johnny Massaro, Cesar Mello, Julia Dalavia, Gabriela Correa, Ana Hartmann
    Adorocinema
    3,5
    Julia Dalavia interpreta Guta, em Pantanal
    Rede Globo

    E é claro que a atriz também falou sobre sua experiência no papel de Guta, no remake da novela Pantanal - e contou ao AdoroCinema que está de olho nas reações à personagem.“Eu acompanho muito pelo Twitter os memes. Acho muito engraçado e é muito carinhoso. Fico muito feliz por ver a novela tendo esse impacto, esse retorno, que é divertido e que está gerando debates”, comentou.

    Para interpretar Guta, Julia Dalavia viveu durante algum tempo na região do Pantanal, onde parte da novela é gravada e relembrou o contato direto com a natureza - que também trouxe alguns momentos inusitados. “Eu adoro, me acostumei fácil com a convivência com os bichos, o clima. A gente vai reverenciando a natureza. Então, era entrar no rio, sermos picados por peixes e nadar com jacarés do lado”, relembrou.

    Mais de 30 anos após o lançamento da obra original, o remake de Pantanal traz mudanças importantes para as histórias. "Por termos pego uma obra fechada, tivemos a oportunidade de ver de fora o que poderíamos acrescentar e trazer para o presente de 2022. Então, os conflitos da Guta mudaram muito, assim como os do Jove e da Juma. A Maria Bruaca também faz várias mulheres se reconhecerem na história. É ótimo estar vivendo este momento”, pontuou.

    Filme A Mãe é destaque no Festival de Gramado e atriz relembra gravações: “Uma das cenas mais fortes que já vivi” (Entrevista Exclusiva)
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top